Laudes – 18 de Dezembro

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Os profetas, com voz poderosa,
anunciam a vinda de Cristo,
proclamando a feliz salvação,
que liberta no tempo previsto.

Ao fulgor da manhã radiosa,
arde em fogo o fiel coração,
quando a voz, portadora de glória,
faz no mundo soar seu pregão.

Não foi para punir este mundo
que ele veio na vinda primeira.
Ele veio sarar toda chaga
e salvar quem no mal perecera.

Mas a vinda segunda anuncia
que o Cristo Senhor vai chegar,
para abrir-nos as portas do reino
e os eleitos no céu coroar.

Luz eterna nos é prometida
e se eleva o astro-rei salvador,
que nos chama à grandeza celeste
com a luz do divino esplendor.

Ó Jesus, só a vós desejamos
para sempre no céu contemplar,
e por vossa visão saciados,
glória eterna sem fim vos cantar.

Salmodia

Ant. 1 Das alturas Deus virá! O seu brilho é como o Sol. 
 

Salmo 118(119),145-152

XIX (Coph)

Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

O amor é o cumprimento perfeito da Lei (Rm 13,10).

145 Clamo de todo o coração: Senhor, ouvi-me! *
Quero cumprir vossa vontade fielmente!
146 Clamo a vós: Senhor, salvai-me, eu vos suplico, *
e então eu guardarei vossa Aliança!

147 Chego antes que a aurora e vos imploro, *
e espero confiante em vossa lei.
148 Os meus olhos antecipam as vigílias, *
para de noite meditar vossa palavra.

149 Por vosso amor ouvi atento a minha voz *
e dai-me a vida, como é vossa decisão!
150 Meus opressores se aproximam com maldade; *
como estão longe, ó Senhor, de vossa lei!

151 Vós estais perto, ó Senhor, perto de mim; *
todos os vossos mandamentos são verdade!
152 Desde criança aprendi vossa Aliança *
que firmastes para sempre, eternamente.

Ant. Das alturas Deus virá! O seu brilho é como o Sol. 


Ant. 2 Que os céus, lá do alto, derramem o orvalho,
que chova das nuvens o Justo esperado.
Que a terra se abra e germine o Senhor.

Cântico Sb 9,1-6.9-11

Senhor, dai-me a Sabedoria!

Eu vos darei palavras tão acertadas que nenhum dos inimigos vos poderá resistir (Lc 21,15).

1 Deus de meus pais, Senhor bondoso e compassivo, *
vossa Palavra poderosa criou tudo,
2 vosso saber o ser humano modelou *
para ser rei da criação que é vossa obra,
3 reger o mundo com justiça, paz e ordem, *
e exercer com retidão seu julgamento:

4 Dai-me vossa sabedoria, ó Senhor, *
sabedoria que partilha o vosso trono.
– Não me excluais de vossos filhos como indigno: *
5 sou vosso servo e minha mãe é vossa serva;

– sou homem fraco e de existência muito breve, *
incapaz de discernir o que é justo.
6 Até mesmo o mais perfeito dentre os homens *
não é nada, se não tem vosso saber.

9 Mas junto a vós, Senhor, está a sabedoria, *
que conhece as vossas obras desde sempre;
= convosco estava ao criardes o universo, †
ela sabe o que agrada a vossos olhos, *
o que é reto e conforme às vossas ordens.

10 Enviai-a lá de cima, do alto céu, *
mandai-a vir de vosso trono glorioso,
– para que esteja junto a mim no meu trabalho *
e me ensine o que agrada a vossos olhos!
=11 Ela, que tudo compreende e tudo sabe, †
há de guiar meus passos todos com prudência, *
com seu poder há de guardar a minha vida.

Ant. Que os céus, lá do alto, derramem o orvalho,
que chova das nuvens o Justo esperado.
Que a terra se abra e germine o Senhor.

Ant. 3 Estai preparados, ó filhos de Deus,
 e ide ao encontro do Deus que virá.

Salmo 116(117)

Louvor ao Deus misericordioso

Eu digo: … os pagãos glorificam a Deus, em razão da sua misericórdia (Rm 15,8.9).

1 Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, *
† povos todos, festejai-o!

2 Pois comprovado é seu amor para conosco, *
para sempre ele é fiel!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Estai preparados, ó filhos de Deus,
 e ide ao encontro do Deus que virá.

Leitura breve Rm 13,11-12

Já é hora de despertar. Com efeito, agora a salvação está mais perto de nós do que quando abraçamos a fé. A noite já vai adiantada, o dia vem chegando: despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da luz.

Responsório breve

R. Mesmo as trevas para vós não são escuras,
* Vós sois a luz do mundo, aleluia! R. Mesmo as trevas.
V. Senhor, sondai-me, conhecei meu coração! *Vós sois.
Glória ao Pai. R. Mesmo as trevas.

CÂNTICO EVANGÉLICO(BENEDICTUS) Lc 1,68-79

Ant. Vigiai e estai preparados:
o Senhor nosso Deus está perto.

O Messias e seu Precursor

68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, * 
porque a seu povo visitou e libertou
69 e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor

70 como falara pela boca de seus santos, * 
os profetas desde os tempos mais antigos, 
71 para salvar-nos do poder dos inimigos * 
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, * 
recordando a sua santa Aliança 
73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, * 
de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo, 

= a ele nós sirvamos sem temor † 
75 em santidade e em justiça diante dele, * 
enquanto perdurarem nossos dias. 
=76 Serás profeta do Alssimo, ó menino, † 
pois irás andando à frente do Senhor * 
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

77 anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados; 
78 pela bondade e compaixão de nosso Deus, * 
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente, 

79 para iluminar a quantos jazem entre as trevas *
e na sombra da morte estão sentados 
– e para dirigir os nossos passos, * 
guiando-os no caminho da paz

= Demos glória a Deus Pai onipotente
e a seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, †
e ao Esrito que habita em nosso peito, *
pelos culos dos culos. Amém.

Ant. Vigiai e estai preparados:
o Senhor nosso Deus está perto.

Preces

Rezemos, irmãos e irmãs caríssimos, a nosso Senhor Jesus Cristo, Juiz dos vivos e dos mortos; e digamos:
 

R. Vinde, Senhor Jesus!
 

Senhor Jesus Cristo, que viestes salvar os pecadores,
– defendei-nos contra toda tentação. R.
 

Senhor Jesus Cristo, que vireis cheio de glória para julgar o mundo,
– manifestai em nós o poder da vossa salvação. R.
 

Ajudai-nos a cumprir, na força do Espírito, os mandamentos da vossa lei,
– para que possamos acolher com amor o dia de vossa vinda. R.
 

Senhor Jesus Cristo, que sois eternamente glorificado pelos anjos e santos, ensinai-nos por vossa misericórdia a viver neste mundo com equilíbrio, justiça e piedade,
– aguardando a feliz esperança da vossa vinda gloriosa. R.

 (intenções livres)

 Pai nosso.

 Oração

Ó Deus todo-poderoso, concedei aos que gememos na antiga escravidão, sob o jugo do pecado, a graça de ser libertados pelo novo natal do vosso Filho, que tão ansiosamente esperamos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.