Vésperas – Memória de Santo André Dung-Lac, presbítero, e seus Companheiros, mártires

0 comentário


V.
 Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Dos que partilham a glória dos santos,
queremos juntos cantar louvores
e celebrar as ações gloriosas
da nobre estirpe de tais vencedores.

Temeu o mundo e os lançou na prisão,
por desprezarem os seus atrativos
como de terra sem água e sem flores,
e vos seguiram, Jesus, Rei dos vivos.

Por vós, contenda feroz enfrentaram
sem murmurar, nem queixar-se de ofensa,
de coração silencioso e espírito
bem consciente, em fiel paciência.

Que verbo ou voz poderá descrever
o prêmio eterno que aos mártires dais?
Louros vermelhos, brilhantes de sangue,
são seus ornatos, troféus imortais.

A vós, ó Deus Uno e Trino, pedimos:
dai-nos a paz, a ventura e o bem,
lavai a culpa, afastai todo o mal.
Vós que reinais pelos séculos. Amém.

Salmodia

Ant. 1 Aguardemos a bendita esperança
e a vinda gloriosa do Senhor.

Salmo 61(62)

A paz em Deus

Que o Deus da esperança vos encha da alegria e da paz em vossa vida da fé (Rm 15,13).

2 Só em Deus a minha alma tem repouso, *
porque dele é que me vem a salvação!
3 Só ele é meu rochedo e salvação, *
a fortaleza, onde encontro segurança!

4 Até quando atacareis um pobre homem, *
todos juntos, procurando derrubá-lo,
– como a parede que começa a inclinar-se, *
ou um muro que está prestes a cair?

5 Combinaram empurrar-me lá do alto, *
e se comprazem em mentir e enganar;
– enquanto eles bendizem com os lábios; *
no coração, bem lá do fundo, amaldiçoam.

6 Só em Deus a minha alma tem repouso, *
porque dele é que me vem a salvação!
7 Só ele é meu rochedo e salvação, *
a fortaleza, onde encontro segurança!

8 A minha glória e salvação estão em Deus; *
o meu regio e rocha firme é o Senhor!
=9 Povo todo, esperai sempre no Senhor, †
e abri diante dele o coração: *
nosso Deus é um refúgio para nós!

10 Todo homem a um sopro se assemelha, *
o filho do homem é mentira e ilusão;
– se subissem todos eles na balança, *
pesariam até menos do que o vento:

11 Não confieis na opressão, na violência *
nem vos gabeis de vossos roubos e enganos!
– E se crescerem vossas posses e riquezas, *
elas não prendais o coração!

=12 Uma palavra Deus falou, duas ouvi: †
“O poder e a bondade a Deus pertencem, *
pois pagais a cada um conforme as obras”.

Ant. Aguardemos a bendita esperança
e a vinda gloriosa do Senhor.

Ant. 2 Que Deus nos  a sua graça e sua bênção,
e sua face resplandeça sobre nós! †

Salmo 66(67)

Todos os povos celebram o Senhor

Sabei que esta salvação de Deus já foi comunicada aos pagãos (At 28,28).

2 Que Deus nos  a sua graça e sua bênção, *
e sua face resplandeça sobre nós!
3 † Que na terra se conheça o seu caminho *
e a sua salvação por entre os povos.

4 Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, *
que todas as nações vos glorifiquem!

5 Exulte de alegria a terra inteira, *
pois julgais o universo com justiça;
– os povos governais com retidão, *
e guiais, em toda a terra, as nações.

6 Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, *
que todas as nações vos glorifiquem!

7 A terra produziu sua colheita: *
o Senhor e nosso Deus nos abençoa.
8 Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe, *
e o respeitem os confins de toda a terra!

Ant. Que Deus nos  a sua graça e sua bênção,
e sua face resplandeça sobre nós!

Ant. 3 Em Cristo é que tudo foi criado,
e é por ele que subsiste o universo.

Cântico Cf. Cl 1,12-20

Cristo, o Primogênito de toda a criatura
e o Primogênito dentre os mortos

=12 Demos graças a Deus Pai onipotente, †
que nos chama a partilhar, na sua luz, *
da herança a seus santos reservada!

(R. Glória a vós, primonito dentre os mortos!)

=13 Do imrio das trevas arrancou-nos †
e transportou-nos para o reino de seu Filho, *
para o reino de seu Filho bem-amado,
14 no qual nós encontramos redenção, *
dos pecados remissão pelo seu sangue.

(R.)

15 Do Deus, o Invisível, é a imagem, *
o Primonito de toda criatura;
=16 porque nele é que tudo foi criado, †
o que há nos céus e o que existe sobre a terra, *
o vivel e também o invisível.

(R.)

= Sejam Tronos e Poderes que há nos céus, †
sejam eles Principados, Potestades: *
por ele e para ele foram feitos.
17 Antes de toda criatura ele existe, *
e é por ele que subsiste o universo.

(R.)

=18 Ele é a Cabeça da Igreja, que é seu Corpo, †
é o prinpio, o Primogênito entre os mortos, *
fim de ter em tudo a primazia.
19 Pois foi do agrado de Deus Pai que a plenitude *
habitasse no seu Cristo inteiramente.

(R.)

20 Aprouve-lhe também, por meio dele, *
reconciliar consigo mesmo as criaturas,
= pacificando pelo sangue de sua cruz †
tudo aquilo que por ele foi criado, *
o que há nos céus e o que existe sobre a terra.

(R.)

Ant. Em Cristo é que tudo foi criado,
e é por ele que subsiste o universo.

Leitura breve             1Pd 4,13-14

Caríssimos, alegrai-vos por participar dos sofrimentos de Cristo, para que posais também exultar de alegria na revelação da sua glória. Se sofreis injúrias por causa do nome de Cristo, sois felizes, pois o Espírito da glória, o Espírito de Deus, repousa sobre vós.

Responsório breve

R. Regozijai-vos no Senhor,
* Ó justos, exultai! R. Regozijai-vos.
V. Corações retos, alegrai-vos!* Ó justos.
Glória ao Pai. R. Regozijai-vos.

Cântico evangélico, ant.

Alegrem-se nos céus os amigos do Senhor,
que seguiram seus passos;
derramaram o seu sangue por amor a Jesus Cristo,
e com ele reinarão.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor * 
47 e se alegrou o meu esrito em Deus, meu Salvador
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, * 
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

49 O Poderoso fez por mim maravilhas * 
Santo é o seu nome! 
50 Seu amor, de geração em geração, * 
chega a todos que o respeitam; 

51 demonstrou o poder de seu braço, * 
dispersou os orgulhosos; 
52 derrubou os poderosos de seus tronos * 
e os humildes exaltou;

53 De bens saciou os famintos, * 
e despediu, sem nada, os ricos. 
54 Acolheu Israel, seu servidor, * 
fiel ao seu amor

55 como havia prometido aos nossos pais, * 
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

= Demos glória a Deus Pai onipotente
e a seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, †
e ao Esrito que habita em nosso peito, *
pelos culos dos culos. Amém.

ant. Alegrem-se nos céus os amigos do Senhor,
que seguiram seus passos;
derramaram o seu sangue por amor a Jesus Cristo,
e com ele reinarão.

Preces

Nesta hora em que o Rei dos mártires ofereceu sua vida na última Ceia e a entregou na cruz, demos-lhe graças, dizendo:

R. Nós vos louvamos e bendizemos, Senhor!

Nós vos agradecemos, ó Salvador, fonte e exemplo de todo martírio, porque nos amastes até o fim:  R.  

Porque viestes chamar os pecadores arrependidos para o prêmio da vida eterna: R.

Porque destes à vossa Igreja, como sacrifício para a remissão dos pecados, o Sangue da nova e eterna Aliança: R.

Porque a vossa graça nos mantém até hoje perseverantes na fé: R.

(intenções livres)

Porque associastes à vossa morte, neste dia, muitos de nossos irmãos e irmãs: R.

Pai nosso…

Oração

Ó Deus, fonte e origem de toda paternidade, que destes aos santos mártires André e seus companheiros serem fiéis à cruz do vosso Filho até a efusão do sangue, concedei, por sua intercessão, que, propagando o vosso amor entre os irmãos, possamos ser chamados vossos filhos e filhas e realmente o sejamos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *