Vésperas de Terça-feira da 3ª Semana do Advento

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Eterna luz dos homens,
dos astros Criador,
ouvi as nossas preces,
de todos Redentor.

Ao ver compadecido
do mundo a perdição,
em vosso amor viestes
trazer-lhe a salvação.

Se sombra do pecado
a tudo escurecia,
Esposo, vós saístes
do seio de Maria.

Ao simples ecoar
do vosso nome eterno,
joelhos vão dobrando
o céu, a terra, o inferno.

Um dia voltareis,
Juiz e Rei de tudo.
Oh dai-nos hoje a graça,
na tentação escudo.

Ao Pai e ao Filho glória,
ao Espírito também,
louvor, honra e vitória,
Agora e sempre. Amém


Salmodia

Ant. 1 Deus nos cerca de carinho e proteção.

Salmo 124(125)

Deus, protetor de seu povo

A paz para o Israel de Deus (Gl 6,16).

1 Quem confia no Senhor é como o monte de Sião: *
nada o pode abalar, porque é firme para sempre.
=2 Tal e qual Jerusalém, toda cercada de montanhas, †
assim Deus cerca seu povo de carinho e proteção, *
desde agora e para sempre, pelos culos afora.

=3 O Senhor não vai deixar prevalecer por muito tempo †
o donio dos malvados sobre a sorte dos seus justos, *
para os justos não mancharem suas mãos na iniqüidade.

=Fazei o bem, Senhor, aos bons e aos que têm reto coração, †
5 mas os que seguem maus caminhos, castigai-os com os maus! *
Que venha a paz a Israel! Que venha a paz ao vosso povo!

Ant. Deus nos cerca de carinho e proteção.


Ant. 2 Tornai-nos, Senhor, como crianças,
para podermos entrar em vosso Reino!

Salmo 130(131)

Confiança filial e repouso em Deus

Aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração (Mt 11,29).

1 Senhor, meu coração não é orgulhoso, *
nem se eleva arrogante o meu olhar;
– não ando à procura de grandezas, *
nem tenho pretensões ambiciosas!

2 Fiz calar e sossegar a minha alma; *
ela es em grande paz dentro de mim,
– como a criança bem tranqüila, amamentada *
no regaço acolhedor de sua mãe.

3 Confia no Senhor, ó Israel, *
desde agora e por toda a eternidade!

Ant. Tornai-nos, Senhor, como crianças,
para podermos entrar em vosso Reino!


Ant. 3 Fizestes de nós para Deus sacerdotes e povo de reis.

Cântico Ap 4,11; 5,9.10.12

Hino dos remidos

4,11 Vós sois digno, Senhor nosso Deus, *
de receber honra, glória e poder!

(R. Poder, honra e glória ao Cordeiro de Deus!)

=5,9 Porque todas as coisas criastes, †
é por vossa vontade que existem *
e subsistem porque vós mandais.

(R.)

= Vós sois digno, Senhor nosso Deus, †
de o livro nas mãos receber *
e de abrir suas folhas lacradas!

(R.)

– Porque fostes por nós imolado; *
para Deus nos remiu vosso sangue
– dentre todas as tribos e línguas, *
dentre os povos da terra e nações.

(R.)

=10 Pois fizestes de nós, para Deus, †
sacerdotes e povo de reis, *
e iremos reinar sobre a terra.

(R.)

=12 O Cordeiro imolado é digno †
de receber honra, glória e poder, *
sabedoria, louvor, divindade!

(R.)

Ant. Fizestes de nós para Deus sacerdotes e povo de reis.

Leitura breve         1Cor 1,7b-9


Aguardamos a revelação do Senhor nosso, Jesus Cristo. É ele também que vos dará perseverança em vosso procedimento irrepreensível até ao fim, até ao dia de nosso Senhor, Jesus Cristo. Deus é fiel; por ele fostes chamados à comunhão com seu Filho.

Responsório breve


R. Nossa alma espera no Senhor,
* Nele se alegra o nosso coração. R. Nossa alma.
V. Está perto a salvação dos que o repeitam.
* Nele se alegra. Glória ao Pai. R. Nossa alma.


Cântico evangélico, ant.

E antes de viverem juntamente como esposos,

Maria concebeu do Espírito Santo. Aleluia.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor *
47 e exulta meu esrito em Deus, meu Salvador;
48 porque olhou para humildade de sua serva, *
doravante as gerações hão de chamar-me de bendita.

49 O Poderoso fez em mim maravilhas *
Santo é o seu nome!
50 Seu amor para sempre se estende *
sobre aqueles que o temem;

51 manifestou o poder de seu braço, *
dispersou os soberbos;
52 derrubou os poderosos de seus tronos *
e elevou os humildes;

53 saciou de bens os famintos, *
despediu os ricos sem nada.
54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

55 como havia prometido a nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém.

ant. E antes de viverem juntamente como esposos,

Maria concebeu do Espírito Santo. Aleluia.

Preces

Invoquemos a Cristo, Palavra eterna, que inaugurou na terra, através de sua humanidade, um caminho novo para subir ao santuário celeste; e supliquemos humildemente:

R. Vinde, Senhor, salvar-nos!

Deus, em quem vivemos, nos movemos e somos,
– vinde e revelai-nos que somos vosso povo. R.

Vós, que não estais longe de nenhum de nós,
– mostrai-vos sem demora a todos os que vos procuram. R.

Pai dos pobres e consolador dos aflitos,
– dai liberdade aos cativos e alegria aos tristes. R.

Vós, que destruís a morte e amais a vida,
– livrai-nos da morte eterna, a nós e a todos os que em vós adormeceram. R.

(intenções livres)

Pai nosso.


Em Latim:

Pater noster, qui es in caelis
Sanctificétur nomen tuum
Advéniat regnum tuum
Fiat volúntas tua
Sicut in caelo, et in terra

Panem nostrum quotidiánum da nobis hódie
Et dimítte nobis débita nostra
Sicut et nos dimíttimus debitóribus nostris
Et ne nos indúcas in tentatiónem
Sed líbera nos a malo

Amem

Oração

Ó Deus, que por meio do vosso Unigênito nos transfigurastes em nova criatura, considerai a obra do vosso amor, e purificai-nos das manchas da antiga culpa no advento do vosso Filho. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *