Vésperas de Sábado Santo

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém

Hino

Ó Cristo, concedei,
autor da salvação,
que os homens todos colham
os frutos da Paixão.

Na cruz vencendo a morte,
da vida sois Senhor;
calcais o vil demônio,
da morte causador.

Só uma vez morrendo,
da morte triunfais;
aos mortos visitando,
livrastes nossos pais.

Do Pai agora à destra,
ó vítima de amor,
ouvi aos que lavastes
no sangue redentor.

Saibamos erguer alto
o lábaro da cruz,
que aos filhos do pecado
tornou filhos da luz.

Rendamos todos glória
ao Pai e seu Amor,
ao Cristo, morto e vivo,
se eleva igual louvor.

Salmodia

Ant. 1 Ó morte, eu serei a tua morte!
Ó inferno, eu serei tua ruína!

Salmo 115(116B)

– 10Guardei a minha fé, mesmo dizendo: *
‘É demais o sofrimento em minha vida!’
– 11Confiei, quando dizia na aflição:*
‘Todo homem é mentiroso! Todo homem!’

– 12Que poderei retribuir ao Senhor Deus *
por tudo aquilo que ele fez em meu favor?
– 13Elevo o cálice da minha salvação, *
invocando o nome santo do Senhor.
– 14Vou cumprir minhas promessas ao Senhor *
na presença de seu povo reunido.

– 15É sentida por demais pelo Senhor *
a morte de seus santos, seus amigos.
=16Eis que sou o vosso servo, ó Senhor, †
vosso servo que nasceu de vossa serva; *
mas me quebrastes os grilhões da escravidão!

– 17Por isso oferto um sacrifício de louvor, *
invocando o nome santo do Senhor.
– 18Vou cumprir minhas promessas ao Senhor *
na presença de seu povo reunido;
– 19nos átrios da casa do Senhor, *
em teu meio, ó cidade de Sião!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Ó morte, eu serei a tua morte!
Ó inferno, eu serei tua ruína!

Ant. 2 Jonas esteve por três dias e três noites
no ventre de um peixe;
assim também o Filho do Homem ficará
no coração da nossa terra.

Salmo 142(143),1-11

– 1Ó Senhor, escutai minha prece, *
ó meu Deus, atendei minha súplica!
– Respondei-me, ó vós, Deus fiel, *
escutai-me por vossa justiça!

=2Não chameis vosso servo a juízo, †
pois diante da vossa presença *
não é justo nenhum dos viventes.

– 3O inimigo persegue a minha alma, *
ele esmaga no chão minha vida
– e me faz habitante das trevas, *
como aqueles que há muito morreram.
– 4Já em mim o alento se extingue, *
o coração se comprime em meu peito! –

=5Eu me lembro dos dias de outrora †
e repasso as vossas ações, *
recordando os vossos prodígios.
=6Para vós minhas mãos eu estendo; †
minha alma tem sede de vós, *
como a terra sedenta e sem água.

– 7Escutai-me depressa, Senhor, *
o espírito em mim desfalece!
= Não escondais vossa face de mim! †
Se o fizerdes, já posso contar-me *
entre aqueles que descem à cova!

– 8Fazei-me cedo sentir vosso amor, *
porque em vós coloquei a esperança!
– Indicai-me o caminho a seguir, *
pois a vós eu elevo a minha alma!
– 9Libertai-me dos meus inimigos, *
porque sois meu refúgio, Senhor!

– 10Vossa vontade ensinai-me a cumprir, *
porque sois o meu Deus e Senhor!
– Vosso Espírito bom me dirija *
e me guie por terra bem plana!

– 11Por vosso nome e por vosso amor *
conservai, renovai minha vida!
– Pela vossa justiça e clemência, *
arrancai a minha alma da angústia!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Jonas esteve por três dias e três noites
no ventre de um peixe;
assim também o Filho do Homem ficará
no coração da nossa terra.

Ant. 3 Destruí este templo, disse Cristo,
e em três dias haverei de reerguê-lo.
Ele falava do templo do seu corpo.

Cântico Fl 2,6-11

=6Embora fosse de divina condição, †
Cristo Jesus não se apegou ciosamente *
a ser igual em natureza a Deus Pai.

(R. Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai!)

=7Porém esvaziou-se de sua glória †
e assumiu a condição de um escravo, *
fazendo-se aos homens semelhante. (R.)

= Reconhecido exteriormente como homem, †
8humilhou-se, obedecendo até à morte, *
até à morte humilhante numa cruz. (R.)

=9Por isso Deus o exaltou sobremaneira †
e deu-lhe o nome mais excelso, mais sublime, *
e elevado muito acima de outro nome. (R.)

=10Para que perante o nome de Jesus †
se dobre reverente todo joelho, *
seja nos céus, seja na terra ou nos abismos. (R.)

=11E toda língua reconheça, confessando, †
para a glória de Deus Pai e seu louvor: *
‘Na verdade Jesus Cristo é o Senhor!’ (R.)

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Destruí este templo, disse Cristo,
e em três dias haverei de reerguê-lo.
Ele falava do templo do seu corpo.

Leitura breve                 1Pd 1,18-21


Sabeis que fostes resgatados da vida fútil herdada de vossos pais, não por meio de coisas perecíveis, como a prata ou o ouro, mas pelo precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem mancha nem defeito. Antes da criação do mundo, ele foi destinado para isso, e neste final dos tempos, ele apareceu, por amor de vós. Por ele é que alcançastes a fé em Deus. Deus o ressuscitou dos mortos e lhe deu a glória, e assim, a vossa fé e esperança estão em Deus.

Em lugar do responsório se diz:


Ant. 
Jesus Cristo se humilhou e se fez obediente,
obediente até à morte, e morte de cruz.
Por isso Deus o exaltou sobremaneira em sua glória,
e deu-lhe o nome mais sublime,
muito acima de outro nome.

CÂNTICO EVANGÉLICO (MAGNIFICAT) Lc1,46-55


Ant. 
Agora foi glorificado o Filho do Homem,
e Deus Pai nele foi glorificado,
e em breve lhe dará a sua glória.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor *
47 e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, *
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

49 O Poderoso fez por mim maravilhas *
e Santo é o seu nome!
50 Seu amor, de geração em geração, *
chega a todos que o respeitam;

51 demonstrou o poder de seu braço, *
dispersou os orgulhosos;
52 derrubou os poderosos de seus tronos *
e os humildes exaltou;

53 De bens saciou os famintos, *
e despediu, sem nada, os ricos.
54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

55 como havia prometido aos nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Agora foi glorificado o Filho do Homem,
e Deus Pai nele foi glorificado,
e em breve lhe dará a sua glória.

Preces

Adoremos com sincera piedade a Cristo, nosso Redentor, que por nós sofreu a Paixão e foi sepultado para ressuscitar ao terceiro dia; e peçamos humildemente:

R. Senhor, tende piedade de nós!

Senhor Jesus, que do vosso lado aberto pela lança deixastes correr sangue e água, admirável sacramento de toda a Igreja,
– pelo mistério da vossa morte, sepultura e ressurreição, renovai a vida do povo de Deus. R.

Senhor Jesus, que vos compadecestes até dos que tinham esquecido vossas promessas de ressurreição,
– lembrai-vos daqueles que não acreditam no vosso triunfo sobre a morte e vivem sem esperança. R.

Cordeiro de Deus, vítima pascal, imolado por todos nós,
– atraí para vós a humanidade inteira.R.

Deus do universo, que dominais todos os confins da terra, e quisestes ser encerado num sepulcro,
– livrai do inferno o gênero humano e dai-lhe a glória da imortalidade. R.

(intenções livres)

Cristo, Filho do Deus vivo, que pregado na cruz abristes as portas do paraíso para o ladrão arrependido,
– associai à glória da vossa ressurreição os nossos irmãos e irmãs falecidos, semelhantes a vós na morte e na ressurreição. R.

Pai nosso…

 

Oração

Ó Deus, que para a vossa glória e nossa salvação constituístes Jesus Cristo sumo e eterno sacerdote, concedei ao vosso povo, resgatado por seu Sangue, que, ao celebrar o memorial de sua Paixão, receba a força redentora de sua cruz e ressurreição. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *