Laudes do II Domingo da Quaresma

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém

Hino

Humildes, ajoelhados
na prece que a fé inspira,
ao justo Juiz roguemos
que abrande o rigor da ira. 

Ferimos por nossas culpas
o vosso infinito amor.
A vossa misericórdia
do alto infundi, Senhor. 

Nós somos, embora frágeis,
a obra de vossa mão;
a honra do vosso nome
a outros não deis, em vão. 

Senhor, destruí o mal,
fazei progredir o bem;
possamos louvar-vos sempre,
e dar-vos prazer também. 

Conceda o Deus Uno e Trino,
que a terra e o céu sustém,
que a graça da penitência
dê frutos em nós. Amém. 


Salmodia

Ant. 1 A mão direita do Senhor fez maravilhas,
a mão direita do Senhor me levantou!

Salmo 117(118)

Canto de alegria e salvação

Ele é a pedra que vós, os construtores, desprezastes, e que se tornou a pedra angular (At 4,11).

1 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *
“Eterna é a sua misericórdia!”

2 A casa de Israel agora o diga: *
“Eterna é a sua misericórdia!”
3 A casa de Aarão agora o diga: *
“Eterna é a sua misericórdia!”
4 Os que temem o Senhor agora o digam: *
“Eterna é a sua misericórdia!”

5 Na minha angústia eu clamei pelo Senhor, *
e o Senhor me atendeu e libertou!
6 O Senhor está comigo, nada temo; *
o que pode contra mim um ser humano?
7 O Senhor está comigo, é o meu auxílio, *
hei de ver meus inimigos humilhados.

8 “É melhor buscar refúgio no Senhor, *
do que pôr no ser humano a esperança;
9 é melhor buscar refúgio no Senhor, *
do que contar com os poderosos deste mundo!”

10 Povos pagãos me rodearam todos eles, *
mas em nome do Senhor os derrotei;
11 de todo lado todos eles me cercaram, *
mas em nome do Senhor os derrotei;
=12 como um enxame de abelhas me atacaram, †
como um fogo de espinhos me queimaram, *
mas em nome do Senhor os derrotei.

13 Empurraram-me, tentando derrubar-me, *
mas veio o Senhor em meu socorro.
14 O Senhor é minha força e o meu canto, *
e tornou-se para mim o Salvador.

15 “Clamores de alegria e de vitória *
ressoem pelas tendas dos fiéis.
=16 A mão direita do Senhor fez maravilhas, †
a mão direita do Senhor me levantou, *
a mão direita do Senhor fez maravilhas!”

17 Não morrerei, mas, ao contrário, viverei *
para cantar as grandes obras do Senhor!
18 O Senhor severamente me provou, *
mas não me abandonou às mãos da morte.

19 Abri-me vós, abri-me as portas da justiça; *
quero entrar para dar graças ao Senhor!
20 “Sim, esta é a porta do Senhor, *
por ela só os justos entrarão!”
21 Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes *
e vos tornastes para mim o Salvador!

22 “A pedra que os pedreiros rejeitaram, *
tornou-se agora a pedra angular.
23 Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: *
Que maravilhas ele fez a nossos olhos!
24 Este é o dia que o Senhor fez para nós, *
alegremo-nos e nele exultemos!

25 Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, *
ó Senhor, dai-nos também prosperidade!”
26 Bendito seja, em nome do Senhor, *
aquele que em seus átrios vai entrando!
– Desta casa do Senhor vos bendizemos. *
27 Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine!

– Empunhai ramos nas mãos, formai cortejo, *
aproximai-vos do altar, até bem perto!
28 Vós sois meu Deus, eu vos bendigo e agradeço! *
Vós sois meu Deus, eu vos exalto com louvores!
29 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *
“Eterna é a sua misericórdia!”

Ant. A mão direita do Senhor fez maravilhas,
a mão direita do Senhor me levantou!



Ant. 2 Como os jovens no meio das chamas,
cantemos um hino ao Senhor!

Cântico Dn 3,52-57

Louvor das criaturas ao Senhor

O Criador é bendito para sempre (Rm 1,25).

52 Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!
– Sede bendito, nome santo e glorioso. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!

53 No templo santo onde refulge a vossa glória. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!
54 E em vosso trono de poder vitorioso. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!

55 Sede bendito, que sondais as profundezas. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!
– E superior aos querubins vos assentais. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!

56 Sede bendito no celeste firmamento. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!
57 Obras todas do Senhor, glorificai-o. *
A Ele louvor, honra e glória eternamente!

Ant. Como os jovens no meio das chamas,
cantemos um hino ao Senhor!


Ant. 3 Louvai o Senhor Deus no alto céu de seu poder.

Salmo 150

Louvai o Senhor

Salmodiai com o espírito e salmodiai com a mente, isto é: glorificai a Deus com a alma e com o corpo (Hesíquio).

1 Louvai o Senhor Deus no santuário, *
louvai-o no alto céu de seu poder!
2 Louvai-o por seus feitos grandiosos, *
louvai-o em sua grandeza majestosa!

3 Louvai-o com o toque da trombeta, *
louvai-o com a harpa e com a cítara!
4 Louvai-o com a dança e o tambor, *
louvai-o com as cordas e as flautas!

5 Louvai-o com os címbalos sonoros, *
louvai-o com os címbalos de júbilo!
– Louve a Deus tudo o que vive e que respira, *
tudo cante os louvores do Senhor!

Ant. Louvai o Senhor Deus no alto céu de seu poder.

Leitura breve             Ne 8,9b.10b
Este é um dia consagrado ao Senhor, nosso Deus! Não fiqueis tristes nem choreis. Pois este dia é santo para o nosso Senhor. Não fiqueis tristes, porque a alegria do Senhor será a vossa força.

Responsório breve
R. A alegria do Senhor é nossa força e amparo.
* Sois bendito, Senhor Deus, de geração em geração.
R. A alegria.
V. Seja bendito vosso nome glorioso,
que céu e terra vos exaltem, sem cessar! * Sois bendito.
Glória ao Pai. R. A alegria.

Cântico evangélico, ant.

Disse Pedro a Jesus:
Ó Mestre, como é bom nós estarmos aqui!
Façamos três tendas: Será tua a primeira,
de Moisés a segunda e a terceira de Elias.

O Messias e seu Precursor

68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, * 
porque a seu povo visitou e libertou
69 e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor

70 como falara pela boca de seus santos, * 
os profetas desde os tempos mais antigos, 
71 para salvar-nos do poder dos inimigos * 
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, * 
recordando a sua santa Aliança 
73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, * 
de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo, 

= a ele nós sirvamos sem temor † 
75 em santidade e em justiça diante dele, * 
enquanto perdurarem nossos dias. 
=76 Serás profeta do Alssimo, ó menino, † 
pois irás andando à frente do Senhor * 
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

77 anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados; 
78 pela bondade e compaixão de nosso Deus, * 
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente, 

79 para iluminar a quantos jazem entre as trevas *
e na sombra da morte estão sentados 
– e para dirigir os nossos passos, * 
guiando-os no caminho da paz

ant. Disse Pedro a Jesus:
Ó Mestre, como é bom nós estarmos aqui!
Façamos três tendas: Será tua a primeira,
de Moisés a segunda e a terceira de Elias.

Preces


Glorifiquemos a Deus, cuja bondade é infinita e, por Jesus Cristo, que vive eternamente intercedendo por nós junto ao Pai, rezemos; e digamos:

R. Acendei em nós, Senhor, o fogo do vosso amor!

Deus de misericórdia, fazei-nos viver hoje generosamente a prática do amor fraterno,
– para que todos sintam em nós os efeitos da vossa bondade.
R.
Vós, que na arca salvastes Noé das águas do dilúvio,
–  salvai os catecúmenos nas águas do batismo.
R.
Saciai-nos não apenas de pão,
–  mas de toda palavra que sai de vossa boca.
R.
Afastai todo sentimento de discórdia e divisão,
– para que reinem sempre entre nós a caridade e a paz.
R.
(intenções livres)

Pai nosso…

 

Oração

Ó Deus, que nos mandastes ouvir o vosso Filho amado, alimentai nosso espírito com a vossa palavra, para que, purificado o olhar de nossa fé, nos alegremos com a visão da vossa glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Um comentário em “Laudes do II Domingo da Quaresma”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.