Laudes de Domingo da 2ª Semana do Advento

0 comentário


V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Em meio à treva escura,
ressoa clara voz.
Os sonhos maus se afastem,
refulja o Cristo em nós. 

Despertem os que dormem
feridos de pecado.
Um novo sol já brilha,
o mal vai ser tirado. 

Do céu desce o Cordeiro
Que traz a salvação.
Choremos e imploremos
Das culpas o perdão. 

E ao vir julgar o mundo
No dia do terror,
Não puna tantas culpas,
Mas venha com amor. 

Ao Pai e ao seu Filho
poder e majestade,
e glória ao Santo Espírito
por toda a eternidade. 

Salmodia

Ant. 1 Nossa cidade invencível é Sião,
sua muralha e sua trincheira é o Salvador.
Abri as portas: o Senhor está conosco. Aleluia.

Salmo 117(118)

Canto de alegria e salvação

Ele é a pedra, que vós, os construtores, desprezastes, e que se tornou a pedra angular (At 4,11).

1 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *
“Eterna é a sua misericórdia!”

2  A casa de Israel agora o diga: *
“Eterna é a sua misericórdia!”
3 A casa de Aarão agora o diga: *
“Eterna é a sua misericórdia!”
4 Os que temem o Senhor agora o digam: *
“Eterna é a sua misericórdia!”

5 Na minha angústia eu clamei pelo Senhor, *
e o Senhor me atendeu e libertou!
6 O Senhor está comigo, nada temo; *
o que pode contra mim um ser humano?
7 O Senhor está comigo, é o meu auxílio, *
hei de ver meus inimigos humilhados.

8 “É melhor buscar refúgio no Senhor, *
do que pôr no ser humano a esperança;
9 é melhor buscar refúgio no Senhor, *
do que contar com os poderosos deste mundo!”

10 Povos pagãos me rodearam todos eles, *
mas em nome do Senhor os derrotei;
11 de todo lado todos eles me cercaram, *
mas em nome do Senhor os derrotei;

=12 como um enxame de abelhas me atacaram, †
como um fogo de espinhos me queimaram, *
mas em nome do Senhor os derrotei.

13 Empurraram-me, tentando derrubar-me, *
mas veio o Senhor em meu socorro.
14 O Senhor é minha força e o meu canto, *
e tornou-se para mim o Salvador.
15 “Clamores de alegria e de vitória *
ressoem pelas tendas dos fiéis.

=16 A mão direita do Senhor fez maravilhas, †
a mão direita do Senhor me levantou, *
a mão direita do Senhor fez maravilhas!”

17 Não morrerei, mas, ao contrário, viverei *
para cantar as grandes obras do Senhor!
18 O Senhor severamente me provou, *
mas não me abandonou às mãos da morte.

19 Abri-me vós, abri-me as portas da justiça; *
quero entrar para dar graças ao Senhor!
20 “Sim, esta é a porta do Senhor, *
por ela só os justos entrarão!”
21 Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes *
e vos tornastes para mim o Salvador!

22 “A pedra que os pedreiros rejeitaram, *
tornou-se agora a pedra angular.
23 Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: *
Que maravilhas ele fez a nossos olhos!
24 Este é o dia que o Senhor fez para nós, *
alegremo-nos e nele exultemos!

25 Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, *
ó Senhor, dai-nos também prosperidade!”
26 Bendito seja, em nome do Senhor, *
aquele que em seus átrios vai entrando!
– Desta casa do Senhor vos bendizemos. *
27 Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine!

– Empunhai ramos nas mãos, formai cortejo, *
aproximai-vos do altar, até bem perto!
28 Vós sois meu Deus, eu vos bendigo e agradeço! *
Vós sois meu Deus, eu vos exalto com louvores!
29 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *
“Eterna é a sua misericórdia!”

Ant. Nossa cidade invencível é Sião,
sua muralha e sua trincheira é o Salvador.
Abri as portas: o Senhor está conosco. Aleluia.


Ant. 2 Quem tem sede, venha à fonte!
Buscai hoje o Senhor,
que se deixa encontrar. Aleluia.

Cântico Dn 3,52-57

Louvor das criaturas ao Senhor

O Criador é bendito para sempre (Rm 1,25).

52 Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!
– Sede bendito, nome santo e glorioso. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!

53 No templo santo onde refulge a vossa glória. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!
54 E em vosso trono de poder vitorioso. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!

55 Sede bendito, que sondais as profundezas. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!
– E superior aos querubins vos assentais. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!

56 Sede bendito no celeste firmamento. *
A vós louvor, honra e glória eternamente!
57 Obras todas do Senhor, glorificai-o. *
A Ele louvor, honra e glória eternamente!

Ant. Quem tem sede, venha à fonte!
Buscai hoje o Senhor,
que se deixa encontrar. Aleluia.


Ant. 3 Nosso Deus há de vir com poder
iluminar nosso olhar. Aleluia.

Salmo 150

Louvai o Senhor

Salmodiai com o espírito e salmodiai com a mente, isto é: glorificai a Deus com a alma e o corpo (Hesíquio).

1 Louvai o Senhor Deus no santuário, *
louvai-o no alto céu de seu poder!
2 Louvai-o por seus feitos grandiosos, *
louvai-o em sua grandeza majestosa!

3 Louvai-o com o toque da trombeta, *
louvai-o com a harpa e com a cítara!
4 Louvai-o com a dança e o tambor, *
louvai-o com as cordas e as flautas!

5 Louvai-o com os címbalos sonoros, *
louvai-o com os címbalos de júbilo!
– Louve a Deus tudo o que vive e que respira, *
tudo cante os louvores do Senhor!

Ant. Nosso Deus há de vir com poder
iluminar nosso olhar. Aleluia.

Leitura breve Rm 13,11-12


Já é hora de despertar. Com efeito, agora a salvação está mais perto de nós do que quando abraçamos a fé. A noite já vai adiantada, o dia vem chegando: despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da luz.

Responsório breve


R. Mesmo as trevas para vós não são escuras,
* Vós sois a luz do mundo, aleluia! R. Mesmo as trevas.
Senhor, sondai-me, conhecei meu coração!
* Vós sois. Glória ao Pai. R. Mesmo as trevas.


CÂNTICO EVANGÉLICO(BENEDICTUS) Lc 1,68-79

Ant. João Batista apareceu no deserto
batizando e pregando um batismo
de conversão para o perdão dos pecados.

O Messias e seu Precursor

68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, * 
porque a seu povo visitou e libertou
69 e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor

70 como falara pela boca de seus santos, * 
os profetas desde os tempos mais antigos, 
71 para salvar-nos do poder dos inimigos * 
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, * 
recordando a sua santa Aliança 
73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, * 
de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo, 

= a ele nós sirvamos sem temor † 
75 em santidade e em justiça diante dele, * 
enquanto perdurarem nossos dias. 
=76 Serás profeta do Alssimo, ó menino, † 
pois irás andando à frente do Senhor * 
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

77 anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados; 
78 pela bondade e compaixão de nosso Deus, * 
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente, 

79 para iluminar a quantos jazem entre as trevas *
e na sombra da morte estão sentados 
– e para dirigir os nossos passos, * 
guiando-os no caminho da paz


Em latim:

BENEDICTUS Dominus Deus Israel, *
quia visitavit, et fecit redemptionem plebis suae:
Et erexit cornu salutis nobis *
in domo David pueri sui.
Sicut locutus est per os sanctorum, *
qui a saeculo sunt, prophetarum eius:
Salutem ex inimicis nostris, *
et de manu omnium qui oderunt nos:
Ad faciendam misericordiam cum patribus nostris: *
et memorari testamenti sui sancti:
Iusiurandum, quod iuravit ad Abraham patrem nostrum, *
daturum se nobis;
Ut sine timore, de manu inimicorum nostrorum liberati, *
serviamus illi.
In sanctitate et iustitia coram ipso, *
omnibus diebus nostris.
Et tu puer, propheta Altissimi vocaberis: *
praeibis enim ante faciem Domini parare vias eius:
Ad dandam scientiam salutis plebi eius: *
in remissionem peccatorum eorum:
Per viscera misericordiae Dei nostri: *
in quibus visitabit nos, oriens ex alto:
Illuminare his qui in tenebris et in umbra mortis sedent: *
ad dirigendos pedes nostros in viam pacis.


Ant. João Batista apareceu no deserto
batizando e pregando um batismo
de conversão para o perdão dos pecados.

Preces

Rezemos irmãos caríssimos a nosso Senhor Jesus Cristo, Juiz dos vivos e dos mortos; e digamos:

R. Vinde, Senhor Jesus!

Senhor Jesus Cristo, que viestes salvar os pecadores,
– defendei-nos de toda tentação. R.

Senhor Jesus Cristo, que vireis cheio de glória para julgar o mundo,
– manifestai em nós o poder da vossa salvação. R.

Ajudai-nos a cumprir, na força do Espírito, os mandamentos de vossa lei,
– para que possamos acolher com amor o dia de vossa vinda. R.

Senhor Jesus Cristo, que sois eternamente glorificado pelos anjos e santos,
ensinai-nos por vossa misericórdia a viver neste mundo com equilíbrio, justiça e piedade,
– aguardando a feliz esperança da vossa vinda gloriosa.

(intenções livres)

Pai nosso…


Em Latim:

Pater noster, qui es in caelis
Sanctificétur nomen tuum
Advéniat regnum tuum
Fiat volúntas tua
Sicut in caelo, et in terra

Panem nostrum quotidiánum da nobis hódie
Et dimítte nobis débita nostra
Sicut et nos dimíttimus debitóribus nostris
Et ne nos indúcas in tentatiónem
Sed líbera nos a malo

Amem

Oração

Ó Deus todo-poderoso e cheio de misericórdia, nós vos pedimos que nenhuma atividade terrena nos impeça de correr ao encontro do vosso Filho, mas, instruídos pela vossa sabedoria, participemos da plenitude de sua vida. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias

Comments

  1. Genacéia Alberton disse:

    Cristo nos proteja na conversão diária,afastando-nos do mal,fiéis à palavra do Senhor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *