II Vésperas do Domingo de Ramos

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém

Hino

Do Rei avança o estandarte,
fulge o mistério da Cruz,
onde por nós foi suspenso
o autor da vida, Jesus. 

Do lado morto de Cristo,
ao golpe que lhe vibraram,
para lavar meu pecado
o sangue e água jorraram. 

Árvore esplêndida e bela,
de rubra púrpura ornada,
de os santos membros tocar
digna só tu foste achada. 

Ó Cruz feliz, dos teus braços
 do mundo o preço pendeu;
balança foste do corpo
que ao duro inferno venceu. 

Salve, ó altar, salve vítima,
eis que a vitória reluz:
a  vida em ti fere a morte,
morte que à vida conduz. 

Salve, ó cruz, doce esperança,
concede aos réus remissão;
dá-nos o fruto da graça,
que floresceu na Paixão. 

Louvor a vós, ó Trindade,
fonte de todo perdão,
aos que na Cruz foram salvos,
dai a celeste mansão.

Salmodia

Ant. 1 Deus Pai exaltou à sua direita
o seu Cristo humilhado e esmagado.

Salmo 109(110),1-5.7

O Messias, Rei e Sacerdote

É preciso que ele reine, até que todos os seus inimigos estejam debaixo de seus pés (1Cor 15,25).

1 Palavra do Senhor ao meu Senhor: *
“Assenta-te ao meu lado direito
– até que eu ponha os inimigos teus *
como escabelo por debaixo de teus pés!”

=2 O Senhor estenderá desde Sião †
vosso cetro de poder, pois Ele diz: *
“Domina com vigor teus inimigos;

=3 tu és príncipe desde o dia em que nasceste; †
na glória e esplendor da santidade, *
como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!”

=4 Jurou o Senhor e manterá sua palavra: †
“Tu és sacerdote eternamente, *
segundo a ordem do rei Melquisedec!”

5 À vossa destra está o Senhor, Ele vos diz: *
“No dia da ira esmagarás os reis da terra!
7 Beberás água corrente no caminho, *
por isso seguirás de fronte erguida!”

Ant. Deus Pai exaltou à sua direita
o seu Cristo humilhado e esmagado. 

Ant. 2 Pelo sangue de Jesus, purificados,
sirvamos ao Deus vivo para sempre!

Salmo 113 B(115)

Louvor ao Deus verdadeiro

Vós vos convertestes, abandonando os falsos deuses, para servir ao Deus vivo e verdadeiro (1Ts 1,9).

=1 Não a nós, ó Senhor, não a nós, †
ao vosso nome, porém, seja a glória, *
porque sois todo amor e verdade!
2 Por que hão de dizer os pagãos: *
“Onde es o seu Deus, onde está?”

3 É nos céus que está o nosso Deus, *
ele faz tudo aquilo que quer.
4 São os deuses pagãos ouro e prata, *
todos eles são obras humanas.

5 Têm boca e não podem falar, *
têm olhos e não podem ver;
6 têm nariz e não podem cheirar, *
tendo ouvidos, não podem ouvir.

=7 Têm mãos e não podem pegar, †
têm pés e não podem andar; *
nenhum som sua garganta produz.
8 Como eles serão seus autores, *
que os fabricam e neles confiam.

9 Confia, Israel, no Senhor. *
Ele é teu auxílio e escudo!
10 Confia, Aarão, no Senhor. *
Ele é teu auxílio e escudo!
11 Vós que o temeis, confiai no Senhor. *
Ele é vosso auxílio e escudo!

12 O Senhor se recorda de nós, *
o Senhor abençoa seu povo.
– O Senhor abençoa Israel, *
o Senhor abençoa Aarão;
13 abençoa aqueles que o temem, *
abençoa pequenos e grandes!

14 O Senhor multiplique a vós todos, *
a vós todos, também vossos filhos!
15 Abençoados sejais do Senhor, *
do Senhor que criou céu e terra!

16 Os céus são os céus do Senhor, *
mas a terra ele deu para os homens.
17 Não vos louvam os mortos, Senhor, *
nem aqueles que descem ao silêncio.
18 Nós, os vivos, porém, bendizemos *
ao Senhor desde agora e nos séculos.

Ant. Pelo sangue de Jesus, purificados,
sirvamos ao Deus vivo para sempre!


Ant. 3 Carregou sobre si nossas culpas
em seu corpo no lenho da cruz,
para que, mortos aos nossos pecados,
na justiça de Deus nós vivamos.

Cântico 1Pd 2,21-24 

A paixão voluntária de Cristo, Servo de Deus 

=21 O Cristo por nós padeceu, †
deixou-nos o exemplo a seguir. *
Sigamos,portanto, seus passos!
22 Pecado nenhum cometeu, *
nem houve engano em seus lábios. 

(R. Por suas chagas nós fomos curados.) 

=23 Insultado, ele não insultava; †
ao sofrer e ao ser maltratado, *
ele não ameaçava vingança;
– entregava, porém, sua causa *
Àquele que é justo juiz. 

(R.) 

24 Carregou sobre si nossas culpas *
em seu corpo, no lenho da cruz,
= para que, mortos aos nossos pecados, †
na justiça de Deus nós vivamos. *
Por suas chagas nós fomos curados. 

(R.)

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Carregou sobre si nossas culpas
em seu corpo no lenho da cruz,
para que, mortos aos nossos pecados,
na justiça de Deus nós vivamos.

Leitura breve                 At 13,26-30a

Irmãos, a nós foi enviada esta mensagem de salvação. Os habitantes de Jerusalém e seus chefes não reconheceram a Jesus e, ao condená-lo, cumpriram as profecias que se leem todos os sábados. Embora não encontrassem nenhum motivo para a sua condenação, pediram a Pilatos que fosse morto. Depois de realizarem tudo o que a Escritura diz a respeito de Jesus, eles o tiraram da cruz e o colocaram num túmulo. Mas Deus o ressuscitou dos mortos.

Responsório breve

R. Nós vos bendizemos e adoramos,
* Ó Jesus, nosso Senhor. R.Nós vos.
V. Por vossa cruz vós redimistes este mundo.* Ó Jesus.
Glória ao Pai. R. Nós vos.

Cântico evangélico, ant. Salve, ó Cristo, nosso Rei, salve, ó Filho de Davi!
Anunciado dos profetas, Redentor da humanidade!

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor * 
47 e se alegrou o meu esrito em Deus, meu Salvador
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, * 
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

49 O Poderoso fez por mim maravilhas * 
Santo é o seu nome! 
50 Seu amor, de geração em geração, * 
chega a todos que o respeitam; 

51 demonstrou o poder de seu braço, * 
dispersou os orgulhosos; 
52 derrubou os poderosos de seus tronos * 
e os humildes exaltou;

53 De bens saciou os famintos, * 
e despediu, sem nada, os ricos. 
54 Acolheu Israel, seu servidor, * 
fiel ao seu amor

55 como havia prometido aos nossos pais, * 
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

= Demos glória a Deus Pai onipotente
e a seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, †
e ao Esrito que habita em nosso peito, *
pelos culos dos culos. Amém.

Ant. Salve, ó Cristo, nosso Rei, salve, ó Filho de Davi!
Anunciado dos profetas, Redentor da humanidade!

Preces

Adoremos o Salvador do gênero humano, que subiu a Jerusalém para sofrer a Paixão e assim entrar na glória; e peçamos com humildade:

R. Santificai, Senhor, o povo que remistes com vosso sangue!

Jesus, nosso Redentor, concedei que, pela penitência, nos associemos cada vez mais plenamente à vossa Paixão,
– a fim de alcançarmos a glória da ressurreição.R.

Acolhei-nos sob a proteção de Maria,vossa Mãe, consoladora dos aflitos,
– para podermos confortar os tristes como mesmo auxílio que de vós recebemos. R.

Olhai para aqueles que por nossa culpa desfalecem no caminho;
– ajudai-os e corrigi-nos, para que prevaleçam a justiça e a caridade. R.

Senhor Jesus, que vos humilhastes na obediência até à morte e morte de cruz,
– ensinai-nos a ser obedientes e a sofrer com paciência. R.

(intenções livres)

Tornai os corpos de nossos irmãos e irmãs falecidos semelhantes à imagem do vosso corpo glorioso,
– e fazei-nos dignos de participar um dia, com eles, da vossa glória. R.

Pai nosso.

 

Oração

Deus eterno e todo-poderoso, para dar aos seres humanos um exemplo de humildade, quisestes que o nosso Salvador se fizesse homem e morresse na cruz. Concedei-nos aprender o ensinamento da sua Paixão e ressuscitar com ele em sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *