I Vésperas do Natal do Senhor

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino 

Ó Redentor do mundo,
do eterno Pai gerado
já antes do universo,
qual Filho bem-amado.

Do Pai luz e esplendor,
nossa esperança eterna,
ouvi dos vossos servos
a prece humilde e terna.

Lembrai, autor da vida,
nascido de Maria,
que nossa forma humana
tomastes, neste dia.

A glória deste dia
atesta um fato novo,
que vós, do Pai descendo,
salvastes vosso povo.

Saúdam vossa vinda
o céu, a terra, o mar,
e todo ser que vive
entoa o seu cantar.

E nós, por vosso sangue
remidos como povo,
vos celebramos hoje,
cantando um canto novo.

A glória a vós, Jesus,
nascido de Maria
com vosso Pai e o Espírito
louvores cada dia.

Salmodia 

Ant. 1 O Príncipe da paz foi exaltado:
deseja toda a terra a sua face.

Salmo 112(113) 

1 Louvai, louvai, ó servos do Senhor, *
louvai, louvai o nome do Senhor!
2 Bendito seja o nome do Senhor, *
agora e por toda a eternidade!
3 Do nascer do sol até o seu ocaso, *
louvado seja o nome do Senhor! 

4 O Senhor está acima das nações, *
sua glória vai além dos altos céus.
=5 Quem pode comparar-se ao nosso Deus, †
ao Senhor, que no alto céu temo seu trono *
6
 e se inclina para olhar o céu e a terra? 

7 Levanta da poeira o indigente *
e do lixo ele retira o pobrezinho,
8 para fazê-lo assentar-se com os nobres, *
assentar-se com os nobres do seu povo.
9 Faz a estéril, mãe feliz em sua casa, *
vivendo rodeada de seus filhos. 

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
 Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  

Ant. O Príncipe da paz foi exaltado:
deseja toda a terra a sua face.

Ant. 2 Deus envia suas ordens para a terra,
e a Palavra que ele diz corre veloz.

Salmo 147(147B) 

12Glorifica o Senhor, Jerusalém! *
Ó Sião, canta louvores ao teu Deus! 

13Pois reforçou com segurança as tuas portas, *
e os teus filhos em teu seio abençoou;
14apaz em teus limites garantiu *
e te dá como alimento a flor do trigo. 

15Ele envia suas ordens para a terra, *
e a palavra que ele diz corre veloz;
16 ele faz cair a neve como lã *
e espalha a geada como cinza. 

17Como de pão lança as migalhas do granizo, *
a seu frio as águas ficam congeladas.
18Ele envia sua palavra e as derrete, *
sopra o vento e de novo as águas correm. 

19Anuncia a Jacó sua palavra, *
seus preceitos e suas leis a Israel.
20Nenhum povo recebeu tanto carinho, *
a nenhum outro revelou os seus preceitos. 

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
 Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  

Ant. Deus envia suas ordens para a terra,
e a Palavra que ele diz corre veloz.

Ant. 3 Hoje o Verbo Divino, gerado pelo Pai
já bem antes dos tempos,
humilhou-se a si mesmo e, por nós, se fez homem. 

Cântico Fl 2,6-11 

Cristo, o Servo de Deus 

=6 Embora fosse de divina condição, † 
Cristo Jesus não se apegou ciosamente * 
a ser igual em natureza a Deus Pai. 

(R. Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai!) 

=7 Porém esvaziou-se de sua glória † 
e assumiu a condição de um escravo, * 
fazendo-se aos homens semelhante. (R.) 

= Reconhecido exteriormente como homem, † 
8 humilhou-se, obedecendo até à morte, * 
até à morte humilhante numa cruz. (R.) 

=9 Por isso Deus o exaltou sobremaneira † 
e deu-lhe o nome mais excelso, mais sublime, * 
e elevado muito acima de outro nome. (R.) 

=10 Para que perante o nome de Jesus † 
se dobre reverente todo joelho, * 
seja nos céus, seja na terra ou nos abismos. (R.) 

=11 E toda língua reconheça, confessando, † 
para a glória de Deus Pai e seu louvor: * 
‘Na verdade Jesus Cristo é o Senhor!’ (R.)

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * 
Como era no princípio, agora e sempre. Amém

Ant. Hoje o Verbo Divino, gerado pelo Pai
já bem antes dos tempos,
humilhou-se a si mesmo e, por nós, se fez homem. 

Leitura breve Gl 4,4-5

Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher, nascido sujeito à Lei, a fim de resgatar os que eram sujeitos à Lei e para que todos recebêssemos a filiação adotiva.

Responsório breve

R. Hoje sabereis:
* O Senhor mesmo virá. R. Hoje.
V. E amanhã haveis de ver sua glória em nosso meio.
* O Senhor. Glória ao Pai. R. Hoje.

CÂNTICO EVANGÉLICO (MAGNIFICAT) Lc1,46-55

Ant. Quando o sol aparecer no horizonte,
contemplareis o Rei dos reis sair do Pai
como o esposo de seu quarto nupcial.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor * 
47 e se alegrou o meu esrito em Deus, meu Salvador
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, * 
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

49 O Poderoso fez por mim maravilhas * 
Santo é o seu nome! 
50 Seu amor, de geração em geração, * 
chega a todos que o respeitam; 

51 demonstrou o poder de seu braço, * 
dispersou os orgulhosos; 
52 derrubou os poderosos de seus tronos * 
e os humildes exaltou;

53 De bens saciou os famintos, * 
e despediu, sem nada, os ricos. 
54 Acolheu Israel, seu servidor, * 
fiel ao seu amor

55 como havia prometido aos nossos pais, * 
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Quando o sol aparecer no horizonte,
contemplareis o Rei dos reis sair do Pai
como o esposo de seu quarto nupcial.

Preces 

Adoremos a Cristo, que aniquilou a si mesmo, assumindo a condição de servo, e foi igual a nós em tudo, exceto no pecado. Com toda a nossa fé, peçamos:

R. Pelo vosso natal, socorrei os que remistes!

Ao entrardes no mundo, inaugurastes os novos tempos anunciados pelos profetas;
– fazei que de geração em geração a Igreja se rejuvenesça. R.

Vós, que assumistes a fragilidade da natureza humana,
– Sede a luz dos cegos, a força dos fracos, o auxílio de todos os que padecem. R.

Vós, que nascestes pobre e humilde,
– olhai para os pobres e confortai-os com bondade. R.

Vós, que, nascendo na terra, anunciais a todos a alegria da eternidade prometida,
– confortai os corações dos agonizantes com a esperança da nascimento para o céu. R.

(intenções livres)

Vós, que descestes à terra para levar todos para o céu,
– associai a vós na glória os nossos irmão e irmãs que morreram. R.

Pai nosso. 

Oração

Ó Deus, que reacendeis em nós cada ano a jubilosa esperança da salvação, dai-nos contemplar com toda a confiança, quando vier como Juiz, o Redentor que recebemos com alegria. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.