I Vésperas – 18º Domingo do Tempo Comum

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Ó Deus, fonte de todas as coisas,
vós enchestes o mundo de dons
e, depois de criar o universo,
concluístes que tudo era bom.

Terminando tão grande trabalho,
decidistes entrar em repouso,
ensinando aos que cansam na luta,
que o descanso é também dom precioso.

Concedei aos mortais que suplicam,
os seus erros lavarem no pranto
e andarem nos vossos caminhos,
descobrindo da vida o encanto.

Deste modo, ao chegar para a terra
a aflição do temível Juiz,
possam todos, repletos de paz,
se alegrar pela vida feliz.

Esse dom concedei-nos, Deus Pai,
pelo Filho Jesus, Sumo Bem,
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmodia

Ant. 1 Vossa palavra, Senhor,
é uma luz para os meus passos. Aleluia.

Salmo 118(119),105-112
XIV (Nun)

Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros (Jo 15,12).

105 Vossa palavra é uma luz para os meus passos, *
é uma lâmpada luzente em meu caminho.
106 Eu fiz um juramento e vou cumpri-lo: *
‘Hei de guardar os vossos justos julgamentos!’

107 Ó Senhor, estou cansado de sofrer; *
vossa palavra me devolva a minha vida!
108 Que vos agrade a oferenda dos meus lábios; *
ensinai-me, ó Senhor, vossa vontade!

109 Constantemente está em perigo a minha vida, *
mas não esqueço, ó Senhor, a vossa lei.
110 Os pecadores contra mim armaram laços; *
eu porém não reneguei vossos preceitos.

111 Vossa palavra é minha herança para sempre, *
porque ela é que me alegra o coração!
112 Acostumei meu coração a obedecer-vos, *
a obedecer-vos para sempre, até o fim!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Vossa palavra, Senhor,
é uma luz para os meus passos. Aleluia.


Ant. 2 Junto a vós, felicidade sem limites, aleluia.

Salmo 15(16)

O Senhor é minha herança

Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24).

=1 Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio! †
2 Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: *
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’

3 Deus me inspirou uma admirável afeição*
pelos santos que habitam sua terra.

4 Multiplicam, no entanto, suas dores *
os que correm para os deuses estrangeiros;
– seus sacrifícios sanguinários não partilho, *
nem seus nomes passarão pelos meus lábios.

5 Ó Senhor, sois minha herança e minha taça, *
meu destino está seguro em vossas mãos!
6 Foi demarcada para mim a melhor terra, *
e eu exulto de alegria em minha herança!

7 Eu bendigo o Senhor, que me aconselha, *
e até de noite me adverte o coração.
8 Tenho sempre o Senhor ante meus olhos, *
pois se o tenho a meu lado não vacilo.

=9 Eis por que meu coração está em festa, †
minha alma rejubila de alegria, *
e até meu corpo no repouso está tranquilo;

10 pois não haveis de me deixar entregue à morte, *
nem vosso amigo conhecer a corrupção.

=11 Vós me ensinais vosso caminho para a vida; †
junto a vós, felicidade sem limites, *
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Junto a vós, felicidade sem limites, aleluia.

Ant. 3 Ao nome de Jesus, nosso Senhor,
se dobre reverente todo joelho,
seja nos céus, seja na terra, aleluia.

Cântico Fl 2,6-11

Cristo, o Servo de Deus

=6 Embora fosse de divina condição, †
Cristo Jesus não se apegou ciosamente *
a ser igual em natureza a Deus Pai.

(R. Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai!)

=7 Porém esvaziou-se de sua glória †
e assumiu a condição de um escravo, *
fazendo-se aos homens semelhante. (R.)

= Reconhecido exteriormente como homem, †
8 humilhou-se, obedecendo até à morte, *
até à morte humilhante numa cruz. (R.)

=9 Por isso Deus o exaltou sobremaneira †
e deu-lhe o nome mais excelso, mais sublime, *
e elevado muito acima de outro nome. (R.)

=10 Para que perante o nome de Jesus †
se dobre reverente todo joelho, *
seja nos céus, seja na terra ou nos abismos. (R.)

=11 E toda língua reconheça, confessando, †
para a glória de Deus Pai e seu louvor: *
‘Na verdade Jesus Cristo é o Senhor!’ (R.)

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Ant. Ao nome de Jesus, nosso Senhor,
se dobre reverente todo joelho,
seja nos céus, seja na terra, aleluia.

Leitura breve             Cl 1,2b-6a

A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Responsório breve

R. Do nascer do sol até o seu ocaso,
* Louvado seja o nome do Senhor! R. Do nascer.
V. Sua glória vai além dos altos céus. * Louvado.
Glória ao Pai. R. Do nascer.

CÂNTICO EVANGÉLICO (MAGNIFICAT) Lc1,46-55

Ant. Trabalhai, não pelo pão que é perecível,
mas por aquele que perdura eternamente.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor *
47 e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, *
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

49 O Poderoso fez por mim maravilhas *
e Santo é o seu nome!
50 Seu amor, de geração em geração, *
chega a todos que o respeitam;

51 demonstrou o poder de seu braço, *
dispersou os orgulhosos;
52 derrubou os poderosos de seus tronos *
e os humildes exaltou;

53 De bens saciou os famintos, *
e despediu, sem nada, os ricos.
54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

55 como havia prometido aos nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.



Ant. Trabalhai, não pelo pão que é perecível,
mas por aquele que perdura eternamente

Preces

Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo:

R. Senhor, nós confiamos em vós!

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa N. e pelo nosso bispo N.;
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça.R.

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos,
– para que sintam continuamente a sua consolação.R.

Olhai com amor para os que não têm onde morar,
– e fazei que encontrem uma digna habitação.R.

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra,
– para que a ninguém falte o pão de cada dia.R.
Ou:
(Defendei o nosso povo de todo mal,
– para que desfrute da vossa paz e prosperidade).R.

(intenções livres)

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram,
– e dai-lhes um lugar no céu. R.

Pai nosso.

Oração

Manifestai, ó Deus, vossa inesgotável bondade para com os filhos e filhas que vos imploram e se gloriam de vos ter como criador e guia, restaurando para eles a vossa criação, e conservando-a renovada. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *