Hora Terça de 20 de Dezembro

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Mantendo a ordem certa,
do coração fiel,
na hora terça oremos
aos Três, fulgor do céu.

Queremos ser os templos
do Espírito Santo, outrora
descido sobre os Doze
em chamas, nesta hora.

Fiel aos seus desígnios,
do Reino o Autor divino
a tudo ornou de graça
segundo o seu destino.

Louvor e glória ao Pai,
ao Filho, Sumo Bem,
e ao seu divino Espírito,
agora e sempre. Amém.

Salmodia

Ant. Anunciaram os profetas,
que, da Virgem Maria, nascerá o Salvador.

Salmo 118(119),129-136

XVII (Phe)

Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

O amor é o cumprimento perfeito da Lei (Rm 13,10).

129 Maravilhosos são os vossos testemunhos, *
eis por que meu coração os observa!
130 Vossa palavra, ao revelar-se, me ilumina, *
ela  sabedoria aos pequeninos.

131 Abro a boca e aspiro largamente, *
pois estou ávido de vossos mandamentos.
132 Senhor, voltai-vos para mim, tende piedade, *
como fazeis para os que amam vosso nome!

133 Conforme a vossa lei firmai meus passos, *
para que não domine em mim a iniqüidade!
134 Libertai-me da opressão e da calúnia, *
para que eu possa observar vossos preceitos!

135 Fazei brilhar vosso semblante ao vosso servo, *
e ensinai-me vossas leis e mandamentos!
136 Os meus olhos derramaram rios de pranto, *
porque os homens não respeitam vossa lei.

Salmo 81(82)

Admoestação aos juízes iníquos

Não queirais julgar antes do tempo.  Aguardai que o Senhor venha (1Cor 4,5).

1 Deus se levanta no conselho dos juízes *
e profere entre os deuses a sentença:
2 “Até quando julgareis injustamente, *
favorecendo sempre a causa dos perversos?

3 Fazei justiça aos indefesos e aos órfãos, *
ao pobre e ao humilde absolvei!
4 Libertai o oprimido, o infeliz, *
da mão dos opressores arrancai-os!”

=5 Mas eles não percebem nem entendem, †
pois caminham numa grande escuridão, *
abalando os fundamentos do universo!
6 Eu disse: “Ó juízes, vós sois deuses, *
sois filhos todos vós do Deus Altíssimo!

7 E, contudo, como homens morrereis, *
caireis como qualquer dos poderosos!”
8 Levantai-vos, ó Senhor, julgai a terra, *
porque a vós é que pertencem as nações!

Salmo 119(120)

Desejo da paz

Sede fortes nas tribulações, perseverantes na oração (Rm 12,12).

1 Clamei pelo Senhor na minha angústia, *
ele me escutou, quando eu dizia:
2 “Senhor, livrai-me desses lábios mentirosos, *
e da língua enganadora libertai-me!

3 Qual se a tua paga, o teu castigo, *
ó língua enganadora, qual será?
4 Serão flechas aguçadas de guerreiros, *
acesas em carvões incandescentes.

5 Ai de mim! sou exilado em Mosoc, *
devo acampar em meio às tendas de Cedar!
6 Já se prolonga por demais o meu desterro *
entre este povo que não quer saber de paz!

7 Quando eu falo sobre paz, quando a promovo, *
é a guerra que eles tramam contra mim!”

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Anunciaram os profetas,
que, da Virgem Maria, nascerá o Salvador.

Leitura breve Jr 23,5

Eis que virão dias, diz o Senhor, em que farei nascer um descendente de Davi; reinará como rei e será sábio, fará valer a justiça e a retidão na terra.
 

V. As nações respeitarão o vosso nome.
R. E os reis de toda a terra, a vossa glória.


Oração

Senhor Deus, ao anúncio do Anjo, a Virgem imaculada acolheu vosso Verbo inefável e, como habitação da divindade, foi inundada pela luz do Espírito Santo.
Concedei que, a seu exemplo, abracemos humildemente a vossa vontade. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.