Hora Terça da Festa da Cátedra de São Pedro, apóstolo

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém

Hino

Na fé em Deus, por quem vivemos,
na esperança do que cremos,
no dom da santa caridade,
de Cristo as glórias entoemos.

Ao sacrifício da Paixão
na hora terça conduzido,
Jesus levando a cruz às costas,
arranca às trevas o perdido.

Vós nos livrastes do decreto
duma total condenação;
do mundo mau livrai o povo,
fruto da vossa redenção.

A Cristo, ao Pai e ao Santo Espírito,
Trindade Santa, Eterno Bem,
nosso louvor e ação de graças
hoje e nos séculos. Amém.

Salmodia 

Ant. Chegou o tempo de penincia,
de conversão e de salvação.

Salmo 18 B(19 B)

Hino a Deus, Senhor da lei

Sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito (Mt 5,48).

8 A lei do Senhor Deus é perfeita, *
conforto para a alma!
– O testemunho do Senhor é fiel, *
sabedoria dos humildes.

9 Os preceitos do Senhor são precisos, *
alegria ao coração.
– O mandamento do Senhor é brilhante, *
para os olhos é uma luz.

10 É puro o temor do Senhor, *
imuvel para sempre.
– Os julgamentos do Senhor são corretos *
justos igualmente.

11 Mais deseveis do que o ouro são eles, *
do que o ouro refinado.
– Suas palavras são mais doces que o mel, *
que o mel que sai dos favos.

12 E vosso servo, instruído por elas, *
se empenha em guardá-las.
13 Mas quem pode perceber suas faltas? *
Perdoai as que não vejo!

14 E preservai o vosso servo do orgulho: *
não domine sobre mim!
– E assim puro, eu serei preservado *
dos delitos mais perversos.

15 Que vos agrade o cantar dos meus lábios *
e a voz da minha alma;
– que ela chegue até vós, ó Senhor, *
meu Rochedo e Redentor!

Salmo 7

Oração do justo caluniado

Eis que o Juiz está às portas (Tg 5,9).

I

2 Senhor meu Deus, em vós procuro o meu regio: *
vinde salvar-me do inimigo, libertai-me!
=3 Não aconteça que agarrem minha vida †
como um leão que despedaça a sua presa, *
sem que ninguém venha salvar-me e libertar-me!

4 Senhor Deus, se algum mal eu pratiquei, *
se manchei as minhas mãos na iniqüidade,
5 se acaso fiz o mal a meu amigo, *
eu que poupei quem me oprimia sem razão;

=6 que o inimigo me persiga e me alcance, †
que esmague minha vida contra o pó, *
e arraste minha honra pelo chão!
7 Erguei-vos, ó Senhor, em vossa ira; *
levantai-vos contra a fúria do inimigo!

– Levantai-vos, defendei-me no juízo, *
porque vós já decretastes a sentença!
=8 Que vos circunde a assembléia das nações; †
tomai vosso lugar acima dela! *
9 O Senhor é o juiz dos povos todos.

– Julgai-me, Senhor Deus, como eu mereço *
e segundo a inocência que há em mim!
=10 Ponde um fim à iniqüidade dos perversos, †
e confirmai o vosso justo, ó Deus-justiça, *
vós que sondais os nossos rins e corações.

II

11 O Deus vivo é um escudo protetor, *
e salva aqueles que têm reto coração.
12 Deus é juiz, e ele julga com justiça, *
mas é um Deus que ameaça cada dia.

=13 Se para ele o coração não converterem, †
prepara a sua espada e o seu arco, *
e contra eles voltará as suas armas.
14 Setas mortais ele prepara e os alveja, *
e dispara suas flechas como raios.

15 Eis que o ímpio concebeu a iniqüidade, *
engravidou e deu à luz a falsidade.
16 Um buraco ele cavou e aprofundou, *
mas ele mesmo nessa cova foi cair.

17 O mal que fez lhe cairá sobre a cabeça, *
recai sobre seu crânio a violência!
18 Mas eu darei graças a Deus que fez justiça, *
e cantarei salmodiando ao Deus Altíssimo.

Ant. Chegou o tempo de penincia,
de conversão e de salvação.

Leitura breve Is 22,22
Eu o farei portar aos ombros a chave da casa de Davi; ele abrirá, e ninguém poderá fechar; ele fechará, e ninguém poderá abrir.

V. Em toda a terra se espalha o seu anúncio,
R. E sua voz, pelos confins do universo.

Oração

Concedei, ó Deus todo-poderoso, que nada nos possa abalar, pois edificastes a vossa Igreja sobre aquela pedra que foi a profissão de fé do apóstolo Pedro. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *