Hora Sexta – Solenidade da Imaculada Conceição de Nossa Senhora

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Ó Deus, verdade e força
que o mundo governais,
da aurora ao meio-dia,
a terra iluminais.

De nós se afaste a ira,
discórdia e divisão.
Ao corpo dai saúde,
e paz ao coração.

Ouvi-nos, Pai bondoso,
por Cristo Salvador,
que vive com o Espírito
convosco pelo Amor.

Salmodia

Ant. O Senhor se agradou muito de ti,
e serás a alegria do teu Deus.

Salmo 119(120)

Desejo da paz

Sede fortes nas tribulações, perseverantes na oração (Rm 12,12).

1 Clamei pelo Senhor na minha angústia, *
e ele me escutou, quando eu dizia:
2 ‘Senhor, livrai-me desses lábios mentirosos, *
e da língua enganadora libertai-me!
acesas em carvões incandescentes.

3 Qual será a tua paga, o teu castigo, *
ó língua enganadora, qual será?
4 Serão flechas aguçadas de guerreiros, *
acesas em carvões incandescentes.

5 Ai de mim! sou exilado em Mosoc, *
devo acampar em meio às tendas de Cedar!
6 Já se prolonga por demais o meu desterro *
entre este povo que não quer saber de paz!

7 Quando eu falo sobre paz, quando a promovo, *
é a guerra que eles tramam contra mim!’

Salmo 120(121)

 

Deus protetor de seu povo

Nunca mais terão fome nem sede. Nem os molestará o sol nem algum calor ardente (Ap 7,16).

1 Eu levanto os meus olhos para os montes: *
de onde pode vir o meu socorro?
2 ‘Do Senhor é que me vem o meu socorro, *
do Senhor que fez o céu e fez a terra!’

3 Ele não deixa tropeçarem os meus pés, *
e não dorme quem te guarda e te vigia.
4 Oh! não! ele não dorme nem cochila, *
aquele que é o guarda de Israel!

5 O Senhor é o teu guarda, o teu vigia, *
é uma sombra protetora à tua direita.
6 Não vai ferir-te o sol durante o dia, *
nem a lua através de toda a noite.

7 O Senhor te guardará de todo o mal, *
ele mesmo vai cuidar da tua vida!
8 Deus te guarda na partida e na chegada. *
Ele te guarda desde agora e para sempre!

Salmo 128(129)

A renovada esperança do povo oprimido

A Igreja fala dos sofrimentos que ela suporta (Sto. Agostinho).

1 Quanto eu fui perseguido desde jovem, *
que o diga Israel neste momento!
2 Quanto eu fui perseguido desde jovem, *
mas nunca me puderam derrotar!

3 Araram lavradores o meu dorso, *
rasgando longos sulcos com o arado.
4 Mas o Senhor, que sempre age com justiça, *
fez em pedaços as correias dos malvados.

5 Que voltem para trás envergonhados *
todos aqueles que odeiam a Sião!
6 Sejam eles como a erva dos telhados, *
que bem antes de arrancada já secou!

7 Esta jamais enche a mão do ceifador *
nem o regaço dos que juntam os seus feixes;
=8 para estes nunca dizem os que passam: †
“Sobre vós desça a bênção do Senhor! *
Em nome do Senhor vos bendizemos!”

Ant. O Senhor se agradou muito de ti,
e serás a alegria do teu Deus.

Leitura breve             Cf. Ef 1,11-12a

Em Cristo, em quem também nós recebemos a nossa parte, fomos predestinados segundo o projeto daquele que conduz tudo conforme a decisão de sua vontade, a sermos para o louvor de sua glória

V. c
R. E exultam de alegria no Deus vivo.
 

Oração

Ó Deus, que preparastes uma digna habitação para o vosso Filho pela Imaculada Conceição da Virgem Maria, preservando-a de todo o pecado em previsão dos méritos de Cristo, concedei-nos chegar até vós, purificados também de toda a culpa, por sua materna intercessão. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.