Hora Nona de Quarta-feira na Oitava da Páscoa (Oração das Quinze Horas)

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Esta hora brilhou e, esplendente,
afastou toda nuvem da cruz.
Despojando das trevas o mundo,
restitui às nações nova luz.

Nesta hora Jesus ressuscita
do sepulcro os que haviam morrido
e, a morte vencendo, eles saem
com um novo espírito infundido.

Temos fé nessa aurora dos tempos,
das cadeias da morte libertos,
e nas graças da vida, que jorram
como fonte a correr nos desertos.

Glória a vós, que vencestes a morte,
e no céu com o Pai, Sumo Bem,
refulgindo na glória do Espírito
reinais hoje e nos séculos. Amém.

Salmodia

Ant. Se com Cristo ressurgistes,
procurai o que é do alto. Aleluia.

Salmo 118(119),9-16

II (Beth)

 9Como um jovem poderá ter vida pura? *
Observando, ó Senhor, vossa palavra.
– 10De todo o coração eu vos procuro, *
não deixeis que eu abandone a vossa lei!

– 11Conservei no coração vossas palavras, *
a fim de que eu não peque contra vós.
 12Ó Senhor, vós sois bendito para sempre; *
os vossos mandamentos ensinai-me!

– 13Com meus lábios, ó Senhor, eu enumero *
os decretos que ditou a vossa boca.
– 14Seguindo vossa lei me rejubilo *
muito mais do que em todas as riquezas.

– 15Eu quero meditar as vossas ordens, *
eu quero contemplar vossos caminhos!
– 16Minha alegria é fazer vossa vontade; *
eu não poso esquecer vossa palavra.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Salmo 27(28),1-3.6-9

– 1A vós eu clamo, ó Senhor, ó meu rochedo, *
não fiqueis surdo à minha voz!
– Se não me ouvirdes, eu terei a triste sorte *
dos que descem ao sepulcro!

– 2Escutai o meu clamor, a minha súplica, *
quando eu grito para vós;
– quando eu elevo, ó Senhor, as minhas mãos *
para o vosso santuário.

– 3Não deixeis que eu pereça com os malvados, *
com quem faz a iniquidade;
– eles falam sobre paz como seu próximo, *
mas têm o mal no coração.

– 6Bendito seja o Senhor, porque ouviu *
o clamor da minha súplica!
– 7Minha força e escudo é o Senhor; *
meu coração nele confia.
– Ele ajudou-me e alegrou meu coração; *
eu canto em festa o seu louvor.

 8O Senhor é a fortaleza do seu povo *
e a salvação do seu Ungido.
– 9Salvai o vosso povo e libertai-o; *
abençoai a vossa herança!
– Sede vós o seu pastor e o seu guia *
pelos séculos eternos!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Salmo 115(116B)

– 10Guardei a minha fé, mesmo dizendo: *
“É demais o sofrimento em minha vida!”
– 11Confiei, quando dizia na aflição: *
“Todo homem é mentiroso! Todo homem!”

– 12Que poderei retribuir ao Senhor Deus *
por tudo aquilo que ele fez em meu favor?
– 13Elevo o cálice da minha salvação, *
invocando o nome santo do Senhor.
– 14Vou cumprir minhas promessas ao Senhor *
na presença de seu povo reunido.

– 15É sentida por demais pelo Senhor *
a morte de seus santos, seus amigos.
=16Eis que sou o vosso servo, ó Senhor, ?
vosso servo que nasceu de vossa serva; *
mas me quebrastes os grilhões da escravidão!

– 17Por isso oferto um sacrifício de louvor, *
invocando o nome santo do Senhor.
 18Vou cumprir minhas promessas ao Senhor *
na presença de seu povo reunido;
– 19nos átrios da casa do Senhor, *
em teu meio, ó cidade de Sião!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Se com Cristo ressurgistes,
procurai o que é do alto. Aleluia.

Leitura breve Cf. Ef 4,23-24

Renovai o vosso espírito e a vossa mentalidade. Revesti o homem novo, criado à imagem de Deus, em verdadeira justiça e santidade.

V. Este é o dia que o Senhor fez para nós. Aleluia.
R. Alegremo-nos e nele exultemos. Aleluia.

Oração

Ó Deus, que nos alegrais todos os anos com a solenidade da ressurreição do Senhor, concedei-nos, pelas festas que celebramos nesta vida, chegar às eternas alegrias. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *