Vésperas de São José Operário (Memória Facultativa)

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Celebre a José a corte celeste,
prossiga o louvor o povo cristão:
Só ele merece à Virgem se unir
em casta união.

Ao ver sua Esposa em Mãe transformar-se,
José quer deixar Maria em segredo.
Um anjo aparece: “É obra de Deus!”
Afasta-lhe o medo.

Nascido o Senhor, nos braços o estreitas.
A ti tem por guia, a Herodes fugindo.
Perdido no templo, és tu que o encontras,
chorando e sorrindo.

Convívio divino a outros, somente
após dura morte é dado gozar.
Mas tu, já em vida, abraças a Deus,
e o tens no teu lar!

Ó dai-nos, Trindade, o que hoje pedimos:
Um dia no céu, cantarmos também
o canto que canta o esposo da Virgem
sem mácula. Amém.

Salmodia
 
Ant. 1 Após três dias encontraram, no templo, o Menino
sentado entre os doutores, ouvindo e interrogando-os. Aleluia.

Salmo 14(15) 

1 “Senhor, quem morará em vossa casa *
e em vosso Monte santo habitará?” 

2 É aquele que caminha sem pecado *
e pratica a justiça fielmente;
– que pensa a verdade no seu íntimo *
3
 e não solta em calúnias sua língua; 

– que em nada prejudica o seu irmão, *
nem cobre de insultos seu vizinho;
4 que não dá valor algum ao homem ímpio, *
mas honra os que respeitam o Senhor; 

– que sustenta o que jurou, mesmo com dano; *
5
 não empresta o seu dinheiro com usura,
– nem se deixa subornar contra o inocente. *
Jamais vacilará quem vive assim!

 Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Após três dias encontraram, no templo, o Menino
sentado entre os doutores, ouvindo e interrogando-os. Aleluia.

Ant. 2 Maria, sua Mãe, disse a Jesus:
Meu filho, por que agiste assim conosco?
Eu e teu pai te procurávamos aflitos. Aleluia.

Salmo 111(112) 

1 Feliz o homem que respeita o Senhor *
e que ama com carinho a sua lei!
2 Sua descendência será forte sobre a terra, *
abençoada a geração dos homens retos! 

3 Haverá glória e riqueza em sua casa, *
e permanece para sempre o bem que fez.
4 Ele é correto, generoso e compassivo, *
como luz brilha nas trevas para os justos. 

5 Feliz o homem caridoso e prestativo, *
que resolve seus negócios com justiça.
6 Porque jamais vacilará o homem reto, *
sua lembrança permanece eternamente! 

7 Ele não teme receber notícias más: *
confiando em Deus, seu coração está seguro.
8 Seu coração está tranquilo e nada teme, *
e confusos há de ver seus inimigos. 

=9 Ele reparte com os pobres os seus bens, †
permanece para sempre o bem que fez, *
e crescerão a sua glória e seu poder. 

=10 O ímpio, vendo isto, se enfurece, †
range os dentes e de inveja se consome; *
mas os desejos do malvado dão em nada.

  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Maria, sua Mãe, disse a Jesus:
Meu filho, por que agiste assim conosco?
Eu e teu pai te procurávamos aflitos. Aleluia.

Ant. 3 Jesus voltou a Nazaré com os seus pais
e era-lhes submisso. Aleluia.

Cântico Ap 15,3-4 

3 Como são grandes e admiráveis vossas obras, *
ó Senhor e nosso Deus onipotente!
– Vossos caminhos são verdade, são justiça, *
ó Rei dos povos todos do universo! 

(R.São grandes vossas obras, ó Senhor!) 

=4 Quem, Senhor, não haveria de temer-vos, †
e quem não honraria o vosso nome? *
Pois somente vós, Senhor, é que sois santo! 

(R.) 

= As nações todas hão de vir perante vós, †
e prostradas haverão de adorar-vos, *
pois vossas justas decisões são manifestas! 

(R.)

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Jesus voltou a Nazaré com os seus pais
e era-lhes submisso. Aleluia.

Leitura breve             Cl 3,23-24
Tudo o que fizerdes, fazei-o de coração, como para o Senhor e não para os homens. Pois vós bem sabeis que recebereis do Senhor a herança como recompensa. Servi a Cristo, o Senhor!

Responsório breve

R. O justo como o lírio brotará.
* Aleluia, aleluia. R. O justo.
V. E florirá ante o Senhor eternamente.* Aleluia.
Glória ao Pai. R. O justo.

CÂNTICO EVANGÉLICO (MAGNIFICAT) Lc1,46-55

Ant. Jesus Cristo quis ser tido como filho de José,
o carpinteiro, aleluia.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor *
47 e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, *
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

49 O Poderoso fez por mim maravilhas *
e Santo é o seu nome!
50 Seu amor, de geração em geração, *
chega a todos que o respeitam;

51 demonstrou o poder de seu braço, *
dispersou os orgulhosos;
52 derrubou os poderosos de seus tronos *
e os humildes exaltou;

53 De bens saciou os famintos, *
e despediu, sem nada, os ricos.
54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

55 como havia prometido aos nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Jesus Cristo quis ser tido como filho de José,
o carpinteiro, aleluia. .

Preces
Invoquemos humildemente a Deus, fonte de toda a paternidade no céu e na terra; e digamos:

R. Pai santo, que estais nos céus, ouvi-nos!

Pai santo, que revelastes a São José o mistério de Cristo, escondido desde toda a eternidade,
– fazei-nos conhecer melhor o vosso Filho, Deus e Homem. R.

Pai celeste, que alimentais as aves do céu e vestis a erva dos campos,
– dai a todos os seres humanos o pão do corpo e da alma. R.

Criador de todas as coisas, que nos confiastes a obra de vossas mãos,
– fazei que os operários possam honestamente usufruir a recompensa dos seus trabalhos. R.

Deus de toda justiça, que amais os justos,
– dai-nos, por intercessão de São José, a graça de caminhar na vida praticando o que vos agrada. R.

(intenções livres)

Concedei benignamente a vossa misericórdia aos agonizantes e aos que já partiram desta vida,
– por intercessão de vosso Filho, junto com sua mãe Maria e São José. R.

Pai nosso… 

Oração

Ó Deus, criador do universo, que destes aos homens a lei do trabalho, concedei-nos, pelo exemplo e a proteção de São José, cumprir as nossas tarefas e alcançar os prêmios prometidos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém

Categorias
Helber Clayton é leigo católico, servidor público, escritor, casado, formado em Letras, com licenciatura em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas literaturas, Especialista em Língua Latina e Filologia Românica.
Mora em Teixeira de Freitas na Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *