Ofício das Leituras de Quarta-feira da 3ª Semana do Advento

0 comentário

Ofício das Leituras

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

O Verbo eterno do Pai,
da luz do Pai emanado,
nascendo eleva a história,
caída pelo pecado.

Nos corações, vosso amor
queime, qual fogo candente.
Ao escutar vosso anúncio,
fuja a mentira da mente.

As profundezas dos seres,
Juiz, vireis penetrar
e, castigando o culpado,
o Reino ao justo entregar.

Enfim, liberto das culpas,
fruto de nossas malícias,
no céu possamos gozar
vossas eternas delícias.

Ó Cristo, Rei piedoso,
a vós e ao Pai toda a glória,
com o Espírito Santo,
eterna honra e vitória.

Salmodia

Ant. 1 O amor e a verdade vão andando à vossa frente.

Salmo 88(89),2-38

As misericórdias do Senhor
com a descendência de Davi

Conforme prometera, da descendência de Davi, Deus fez surgir um Salvador, que é Jesus (At 13,22.23).

I

2 Ó Senhor, eu cantarei eternamente o vosso amor, *
de geração em geração eu cantarei vossa verdade!
3 Porque dissestes: “O amor é garantido para sempre!” *
E a vossa lealdade é tão firme como os céus.

4 “Eu firmei uma Aliança com meu servo, meu eleito, *
e eu fiz um juramento a Davi, meu servidor:
5 Para sempre, no teu trono, firmarei tua linhagem, *
de geração em geração garantirei o teu reinado!”

6 Anuncia o firmamento vossas grandes maravilhas, *
e o vosso amor fiel, a assembléia dos eleitos,
7 pois, quem pode, lá nas nuvens, ao Senhor se comparar*
e quem pode, entre seus anjos, ser a ele semelhante?

8 Ele é o Deus temível no conselho dos seus santos, *
ele é grande, ele é terrível para quantos o rodeiam.
9 Senhor Deus do universo, quem se igual a vós? *
Ó Senhor, sois poderoso, irradiais fidelidade!

10 Dominais sobre o orgulho do oceano furioso, *
quando as ondas se levantam, dominando as acalmais.
11 Vós feristes a Raab e o deixastes como morto, *
vosso braço poderoso dispersou os inimigos.

12 É a vós que os céus pertencem, e a terra é também vossa!*
Vós fundastes o universo e tudo aquilo que contém.
13 Vós criastes no princípio tanto o norte como o sul; *
o Tabor e o Hermon em vosso nome rejubilam.

14 Vosso braço glorioso se revela com poder! *
Poderosa é vossa mão, é sublime a vossa destra!
15 Vosso trono se baseia na justiça e no direito, *
vão andando à vossa frente o amor e a verdade.

16 Quão feliz é aquele povo que conhece a alegria; *
segui pelo caminho, sempre à luz de vossa face!
17 Exulta de alegria em vosso nome dia a dia, *
e com grande entusiasmo exalta vossa justiça.

18 Pois sois vós, ó Senhor Deus, a sua força e sua glória, *
é por vossa proteção que exaltais nossa cabeça.
19 Do Senhor é o nosso escudo, ele é nossa proteção, *
ele reina sobre nós, é o Santo de Israel!

Ant. O amor e a verdade vão andando à vossa frente.

Ant. 2 O Filho de Deus se fez homem
e nasceu da falia de Davi.

II

=20 Outrora vós falastes em visões a vossos santos: †
“Coloquei uma coroa na cabeça de um herói *
e do meio deste povo escolhi o meu Eleito.

21 Encontrei e escolhi a Davi, meu servidor, *
e o ungi, para ser rei, com meu óleo consagrado.
22 Esta sempre com ele minha mão onipotente, *
e meu braço poderoso há de ser a sua força.

23 Não se surpreendido pela força do inimigo, *
nem o filho da maldade pode prejudicá-lo.
24 Diante dele esmagarei seus inimigos e agressores, *
ferirei e abaterei todos aqueles que o odeiam.

25 Minha verdade e meu amor estarão sempre com ele, *
sua força e seu poder por meu nome crescerão.
26 Eu farei que ele estenda sua mão por sobre os mares, *
e a sua mão direita estenderei por sobre os rios.

27 Ele, então, me invocará: ‘Ó Senhor, vós sois meu Pai, *
sois meu Deus, sois meu Rochedo onde encontro a salvação!’
28 E por isso farei dele o meu filho primogênito, *
sobre os reis de toda a terra farei dele o Rei altíssimo.

29 Guardarei eternamente para ele a minha graça *
e com ele firmarei minha Aliança indissolúvel.
30 Pelos culos sem fim conservarei sua descendência, *
e o seu trono, tanto tempo quanto os céus, há de durar”.

Ant. O Filho de Deus se fez homem
e nasceu da falia de Davi.

Ant. 3 Eu jurei uma só vez a Davi, meu servidor:
Eis que a tua descendência dura eternamente.

III

31 “Se seus filhos, porventura, abandonarem minha lei *
e deixarem de andar pelos caminhos da Aliança;
32 se, pecando, violarem minhas justas prescrições *
e se não obedecerem aos meus santos mandamentos:

33 eu, então, castigarei os seus crimes com a vara, *
com açoites e flagelos punirei as suas culpas.
34 Mas não hei de retirar-lhes minha graça e meu favor *
e nem hei de renegar o juramento que lhes fiz.

35 Eu jamais violarei a Aliança que firmei, *
e jamais hei de mudar o que meus bios proferiram!
36 Eu jurei uma só vez por minha própria santidade, *
e portanto, com certeza, a Davi não mentirei!

37 Eis que a sua descendência dura eternamente *
e seu trono ficará à minha frente como o sol;
38 como a lua que perdura sempre firme pelos séculos, *
e no alto firmamento é testemunha verdadeira”.

Ant. Eu jurei uma só vez a Davi, meu servidor:
Eis que a tua descendência dura eternamente.

V. Convertei-nos ó Senhor, Deus do universo.
R. Mostrai-nos vossa face e nos salvai!

Primeira leitura
Do Livro do Profeta Isaías 31,1-3; 32,1-8

O reino da verdadeira justiça

31,1 Ai dos que viajam ao Egito em busca de ajuda,
esperando nos cavalos,
confiando nos carros de guerra, muito numerosos,
e nos cavaleiros, muito afamados,
em vez de recorrerem ao Santo de Israel
e procurarem o Senhor.
Ele, porém, sábio, permite o mal,
e não retira a sua palavra;
há de erguer-se contra a casa dos ímpios
e contra a ajuda dos que praticam iniqüidades.
O egípcio é homem, e não deus;
os seus cavalos são carne, e não espírito;
se o Senhor abaixar a mão,
vai ao chão o protetor,
cai o protegido
e todos se acabam juntamente.
32,1
 Eis que o rei deve reinar com justiça
e os príncipes devem presidir com eqüidade.
Os homens devem ser como pára-ventos
e abrigos contra a tempestade,
ou como veios d’água em terra sedenta
e sombra de grande rochedo em terra seca.
Os olhos dos videntes não ficarão embaçados
e os ouvidos dos que ouvem ouvirão com atenção,
a mente dos simples compreenderá a ciência
e a língua dos gagos falará rápido e claro.
Não mais se chamará nobre a um insensato
nem grande homem a um trapaceiro;
o insensato fala insensatez,
tem o pensamento voltado para o mal
e para a prática da impiedade:
pronuncia blasfêmias contra o Senhor,
deixa o pobre morrer de fome
e nega água ao que tem sede.
O trapaceiro causa os piores danos;
ele vive inventando planos
para prejudicar com mentiras os humildes,
mesmo quando o pobre apela à justiça.
A pessoa bem formada dá bons conselhos
e cresce em estima pessoal.

 Responsório Is 32,3.4; Jr 23,5

R. Os olhos dos que em não irão se escurecer
e os ouvidos dos que ouvem, ouvirão com atenção,

* E o coração dos insensatos aprende sabedoria.

V. De Davi farei brotar um rebento de justiça;
será rei e será bio. * E o coração.

Segunda leitura
Do Tratado contra as heresias, de Santo Irineu, bispo

(Lib. 4,20, 4-5: SCh 100, 634-640) (Séc. II)

Com a vinda de Cristo, Deus torna-se visível aos homens

Há um só Deus que, por sua Palavra e Sabedoria, criou e harmonizou todas as coisas.

Sua Palavra é nosso Senhor Jesus Cristo, que nos últimos tempos se fez homem entre os homens, para unir o fim ao princípio, isto é, o homem a Deus.

Por isso, os profetas, que tinham recebido dessa mesma Palavra o carisma profético, anunciaram sua vinda segundo a carne; mediante essa vinda, realizou-se a união e a comunhão de Deus com o homem, conforme a vontade do Pai. Desde o começo a Palavra de Deus tinha anunciado que Deus seria visto pelos homens, que viveria e conversaria com eles na terra, que se faria presente à sua criatura, para salvá-la e ser percebido por ela, livrando-nos das mãos de todos os que nos odeiam (Lc 1,71), isto é, de todo o espírito de pecado, e fazendo que o sirvamos em justiça e santidade enquanto perdurarem nossos dias (Lc 1,74-75). E assim, unido ao Espírito de Deus, o homem tenha acesso à glória do Pai.

Os profetas anunciavam que Deus seria visto pelos homens, conforme diz também o Senhor: Felizes os puros de coração, porque verão a Deus (Mt 5,8).

Contudo, ninguém pode ver a Deus na sua grandeza e glória inenarrável e continuar vivendo (cf. Ex 33,20), porque o Pai é inacessível. Mas em seu amor, sua bondade e sua onipotência, ele chega a conceder aos que o amam o dom de ver a Deus; é isto que anunciavam os profetas, pois o que é impossível aos homens, é possível a Deus (Lc 18,27).

O homem, por si mesmo, não poderá ver a Deus. Mas Deus, se quiser, será visto pelos homens, por aqueles que ele quiser, quando e como quiser. Deus, que tudo pode, foi visto outrora em visão profética por meio do Espírito, deixa-se ver agora por meio de seu Filho, graças à adoção filial, e será visto finalmente no reino dos céus como Pai. Com efeito, o Espírito prepara o homem para o Filho de Deus, o Filho conduz o homem para o Pai e o Pai lhe dá a imortalidade na vida eterna, que é fruto da contemplação de Deus.

Assim como os que vêem a luz estão na luz e recebem a sua claridade, também os que vêem a Deus estão em Deus e recebem a sua claridade. A claridade de Deus vivifica; portanto, os que vêem a Deus recebem a vida.

 Responsório Dt 18,18; Lc 20,9; cf. Jo 6,14

R. Farei surgir para o meu povo um profeta,
colocarei minhas palavras em seus bios.

* Anuncia todas as coisas que eu disser.

V. O meu Filho muito amado enviarei.
É este realmente o profeta,
que todos esperavam vir ao mundo. * Anuncia.

Oração

Concedei-nos, ó Deus onipotente, que as próximas festas do vosso Filho nos sejam remédio nesta vida e prêmio na vida eterna. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.

Categorias
Helber Clayton é leigo católico, servidor público, escritor, casado, formado em Letras, com licenciatura em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas literaturas, Especialista em Língua Latina e Filologia Românica.
Mora em Teixeira de Freitas na Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.