II Vésperas da Ascensão do Senhor

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Esperado com ânsia por todos,
hoje o dia sagrado brilhou
em que Cristo, esperança do mundo,
Deus e Homem, ao céu se elevou.

Triunfou sobre o príncipe do mundo,
vencedor num combate gigante,
e apresenta a Deus Pai,no seu rosto,
toda a glória da carne triunfante.

Dos fiéis ele é a esperança,
numa nuvem de luz elevado,
e de novo abre aos homens o céu
que seus pais lhes haviam fechado.

Ó imensa alegria de todos,
quando o Filho que a Virgem gerou,
logo após o flagelo e a cruz,
à direita do Pai se assentou.

Demos graças a tal defensor
que nos salva, que vida nos deu,
e consigo no céu faz sentar-se
nosso corpo no trono de Deus.

Com aqueles que habitam o céu
partilhamos tão grande alegria.
Cristo a eles se deu para sempre,
mas conosco estará cada dia.

Cristo, agora elevado às alturas,
nossa mente convosco elevai,
e, do alto, enviai-nos depressa
vosso Espírito, o Espírito do Pai.

Salmodia

Ant. 1 Subiu aos céus e está sentado
à direita de Deus Pai. Aleluia.

Salmo 109(110),1-5.7

1 Palavra do Senhor ao meu Senhor: *
‘Assenta-te ao meu lado direito
– até que eu ponha os inimigos teus *
como escabelo por debaixo de teus pés!’

=2 O Senhor estenderá desde Sião †
vosso cetro de poder, pois Ele diz: *
‘Domina com vigor teus inimigos;

=3 tu és príncipe desde o dia em que nasceste; †
na glória e esplendor da santidade, *
como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!’

=4 Jurou o Senhor e manterá sua palavra: †
‘Tu és sacerdote eternamente, *
segundo a ordem do rei Melquisedec!’

5 À vossa destra está o Senhor, Ele vos diz: *
‘No dia da ira esmagarás os reis da terra!
7 Beberás água corrente no caminho, *
por isso seguirás de fronte erguida!’

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Subiu aos céus e está sentado
à direita de Deus Pai. Aleluia.

Ant. 2 Por entre aclamações Deus se elevou.
O Senhor subiu ao toque da trombeta. Aleluia.

Salmo 46(47) 

– 2Povos todos do universo, batei palmas, *
gritai a Deus aclamações de alegria!
– 3Porque sublime é o Senhor, o Deus Altíssimo, *
o soberano que domina toda a terra. 

– 4Os povos sujeitou ao nosso jugo *
e colocou muitas nações aos nossos pés.
– 5Foi ele que escolheu a nossa herança, *
a glória de Jacó, seu bem-amado. 

– 6Por entre aclamações Deus se elevou, *
o Senhor subiu ao toque da trombeta.
– 7Salmodiai ao nosso Deus ao som da harpa, *
salmodiai ao som da harpa ao nosso Rei!  

– 8Porque Deus é o grande Rei de toda a terra, *
ao som da harpa acompanhai os seus louvores!
– 9Deus reina sobre todas as nações, *
está sentado no seu trono glorioso. 

– 10Os chefes das nações se reuniram *
com o povo do Deus santo de Abraão,
– pois só Deus é realmente o Altíssimo, *
e os poderosos desta terra lhe pertencem! 

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Por entre aclamações Deus se elevou.
O Senhor subiu ao toque da trombeta. Aleluia. 

Ant. 3 Agora foi glorificado o Filho do Homem,
e Deus Pai nele foi glorificado. Aleluia. 

Cântico Ap 11,17-18; 12, 10b-12a 

– 1,17 Graças vos damos, Senhor Deus onipotente, *
a Vós que sois, a Vós que éreis e sereis,
– porque assumistes o poder que vos pertence, *
e enfim tomastes posse como rei! 

(R. Nós vos damos graças, nosso Deus!) 

18As nações se enfureceram revoltadas, †
mas chegou a vossa ira contra elas *
e o tempo de julgar vivos e mortos,
= e de dar a recompensa aos vossos servos, †
aos profetas e aos que temem vosso nome, *
aos santos, aos pequenos e aos grandes.

(R.)

=12,10 Chegou agora a salvação e o poder †
e a realeza do Senhor e nosso Deus, *
e o domínio de seu Cristo, seu Ungido.
– Pois foi expulso o delator que acusava *
nossos irmãos, dia e noite, junto a Deus.

(R.)

=11Mas o venceram pelo sangue do Cordeiro †
e o testemunho que eles deram da Palavra, *
pois desprezaram sua vida até à morte.
– 12Por isso, ó céus, cantai alegres e exultai *
e vós todos os que neles habitais!

 (R.)

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Agora foi glorificado o Filho do Homem,
e Deus Pai nele foi glorificado. Aleluia.

Leitura breve 1Pd 3,18.21b-22

Cristo morreu, uma vez por todas, por causa dos pecados, o justo, pelos injustos, a fim de vos conduzir a Deus. Sofreu a morte, na sua existência humana, mas recebeu nova vida pelo Espírito. Pois o batismo não serve para limpar o corpo da imundície, mas é um pedido a Deus para obter uma boa consciência, em virtude da ressurreição de Jesus Cristo. Ele subiu ao céu e está à direita de Deus, submetendo-se a ele anjos, dominações e potestades.

Responsório breve

R. Subo a meu Pai e vosso Pai.
* Aleluia, aleluia. R. Subo a meu.
V. Subo a meu Deus e vosso Deus.* Aleluia.
Glória ao Pai. R. Subo a meu.

CÂNTICO EVANGÉLICO (MAGNIFICAT) Lc 1,46-55

Ant. Jesus, ó Rei da glória, Senhor do universo,
que, hoje glorioso, subistes para os céus:
Mandai-nos vosso Espírito Prometido pelo Pai
e não nos deixeis órfãos. Aleluia.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor * 
47 e se alegrou o meu esrito em Deus, meu Salvador
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, * 
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

49 O Poderoso fez por mim maravilhas * 
Santo é o seu nome! 
50 Seu amor, de geração em geração, * 
chega a todos que o respeitam; 

51 demonstrou o poder de seu braço, * 
dispersou os orgulhosos; 
52 derrubou os poderosos de seus tronos * 
e os humildes exaltou;

53 De bens saciou os famintos, * 
e despediu, sem nada, os ricos. 
54 Acolheu Israel, seu servidor, * 
fiel ao seu amor

55 como havia prometido aos nossos pais, * 
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

= Demos glória a Deus Pai onipotente
e a seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, †
e ao Esrito que habita em nosso peito, *
pelos culos dos culos. Amém.

Ant. Jesus, ó Rei da glória, Senhor do universo,
que, hoje glorioso, subistes para os céus:
Mandai-nos vosso Espírito Prometido pelo Pai
e não nos deixeis órfãos. Aleluia.


Em Latim

Magnificat anima mea Dominum
Et exultavit spiritus meus in Deo salvatóre meo.
Quia respexit humilitatem ancillæ suæ: ecce enim ex hoc beatam me dicent omnes generationes.
Quia fecit mihi magna qui potens est, et sanctum nomen eius.
Et misericordia eius a progenie in progenies timentibus eum.
Fecit potentiam in brachio suo, dispersit superbos mente cordis sui.
Deposuit potentes de sede et exaltavit humiles.
Esurientes implevit bonis et divites dimisit inanes,
Suscepit Israel puerum suum recordatus misericordiæ suæ,
Sicut locutus est ad patres nostros, Abraham et semini eius in sæcula.

Gloria Patri, et Filio, et Spiritui Sancto
Sicut erat in principio, et nunc, et semper, et in saecula saeculorum.
Amen.

Preces

Aclamemos a Jesus Cristo, que está sentado à direita do Pai na glória do céu; e digamos na alegria do Espírito:

R. Cristo, rei da glória, nós vos louvamos!

Rei da glória, que elevastes convosco a fragilidade da nossa carne para ser glorificada no céu,
– apagai a maldade da antiga culpa e devolvei-nos a dignidade original que havíamos perdido. R.

Vós, que descestes até nós pelo caminho do amor,
– pelo mesmo caminho, fazei-nos subir até vós. R.

Vós, que prometestes atrair para vós a humanidade inteira,
– não permitais que nenhum de nós fique separado da unidade do vosso corpo.R.

Fazei-nos desde agora viver de corpo e alma no céu,
– para onde subistes cheio de glória como Senhor do universo.R.

(intenções livres)

Senhor, a quem esperamos como juiz dos vivos e dos mortos,
– fazei que, um dia, juntamente com nossos irmãos e irmãs falecidos, posamos contemplar eternamente a vossa infinita misericórdia. R.

Pai nosso…

Oração

Ó Deus todo-poderoso, a ascensão do vosso Filho já é nossa vitória. Fazei-nos exultar de alegria e fervorosa ação de graças, pois, membros de seu corpo, somos chamados na esperança a participar da sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias
Helber Clayton é leigo católico, servidor público, escritor, casado, formado em Letras, com licenciatura em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas literaturas, Especialista em Língua Latina e Filologia Românica.
Mora em Teixeira de Freitas na Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *