I Vésperas – Solenidade de São Pedro e São Paulo, apóstolos

0 comentário

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Ó áurea luz, ó esplendor de rosa,
o azul vestis de sangue e de fulgor,
quando, tombando, os príncipes sagrados,
abrem do céu a porta ao pecador.

Doutor das gentes e do Céu Porteiro,
luzeiros sois, Juízes das Nações;
um pela espada, o outro pela cruz,
sobem do céu às eternais mansões.

Ó feliz Roma, por precioso sangue
cingida assim de púrpura e nobreza;
não por ti mesma, mas por tal martírio,
o mundo inteiro excedes em beleza.

Dupla oliveira, Pedro, Paulo viestes
na eterna Roma uma fronde erguer:
numa só fé e caridade acesos,
após a morte, dai-nos reviver!

Dê-se à Trindade sempiterna glória,
honra, poder e júbilo também;
pois na Unidade tudo e a todos rege,
agora e sempre, eternamente. Amém.

Salmodia

Ant. 1 Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo!
Tu és feliz, ó Simão, filho de Jonas!

Salmo 116(117)

1 Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes, *
povos todos, festejai-o!
2 Pois comprovado é seu amor para conosco, *
para sempre ele é fiel!
 
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo!
Tu és feliz, ó Simão, filho de Jonas!


Ant. 2 Tu és Pedro, e sobre esta pedra
eu irei construir a minha Igreja.

Salmo 147(147B) 

12Glorifica o Senhor, Jerusalém! *
Ó Sião, canta louvores ao teu Deus! 

13Pois reforçou com segurança as tuas portas, *
e os teus filhos em teu seio abençoou;
14apaz em teus limites garantiu *
e te dá como alimento a flor do trigo. 

15Ele envia suas ordens para a terra, *
e a palavra que ele diz corre veloz;
16 ele faz cair a neve como lã *
e espalha a geada como cinza. 

17Como de pão lança as migalhas do granizo, *
a seu frio as águas ficam congeladas.
18Ele envia sua palavra e as derrete, *
sopra o vento e de novo as águas correm. 

19Anuncia a Jacó sua palavra, *
seus preceitos e suas leis a Israel.
20Nenhum povo recebeu tanto carinho, *
a nenhum outro revelou os seus preceitos. 

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
 Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  

Ant. Tu és Pedro, e sobre esta pedra
eu irei construir a minha Igreja.


Ant. 3 São Paulo, Apóstolo das Gentes,
vós sois instrumento escolhido,
pregador da verdade em todo o mundo.

Cântico Ef 1,3-10

3 Bendito e louvado seja Deus, *
o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,
– que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo *
com bênção espiritual de toda sorte!

(R. Bendito sejais vós, nosso Pai,
que nos abençoastes em Cristo!)

4 Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu, *
já bem antes de o mundo ser criado,
– para que fôssemos, perante a sua face, *
sem mácula e santos pelo amor.(R.)

=5 Por livre decisão de sua vontade, †
predestinou-nos, através de Jesus Cristo, *
a sermos nele os seus filhos adotivos,
6 para o louvor e para a glória de sua graça,*
que em seu Filho bem-amado nos doou.(R.)

7 É nele que nós temos redenção, *
dos pecados remissão pelo seu sangue.
= Sua graça transbordante e inesgotável †
8 Deus derrama sobre nós com abundância, *
de saber e inteligência nos dotando.(R.)

9 E assim, ele nos deu a conhecer *
o mistério de seu plano e sua vontade,
– que propusera em seu querer benevolente, *
10 na plenitude dos tempos realizar:
– o desígnio de, em Cristo, reunir *
todas as coisas: as da terra e as do céu. (R.)

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
 Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. São Paulo, Apóstolo das Gentes,
vós sois instrumento escolhido,
pregador da verdade em todo o mundo.

Leitura breve                 Rm 1,1-3a.7

Paulo, servo de Jesus Cristo, apóstolo por vocação, escolhido para o Evangelho de Deus, que pelos profetas havia prometido, nas Escrituras, e que diz respeito a seu Filho: A vós todos que morais em Roma, amados de Deus e santos por vocação,graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e de nosso Senhor, Jesus Cristo.

Responsório breve

R. Os Apóstolos, com grande coragem,
* Anunciavam a Palavra de Deus.R. Os Apóstolos.
V. Testemunhavam a ressurreição
de Nosso Senhor Jesus Cristo.
* Anunciavam. Glória ao Pai. R. Os Apóstolos.


CÂNTICO EVANGÉLICO (MAGNIFICAT) Lc1,46-55

Ant. Gloriosos Apóstolos de Cristo,
como em vida os uniu grande afeto,
assim na morte não ficaram separados.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor *
47 e exulta meu esrito em Deus, meu Salvador;
48 porque olhou para humildade de sua serva, *
doravante as gerações hão de chamar-me de bendita.

49 O Poderoso fez em mim maravilhas *
Santo é o seu nome!
50 Seu amor para sempre se estende *
sobre aqueles que o temem;

51 manifestou o poder de seu braço, *
dispersou os soberbos;
52 derrubou os poderosos de seus tronos *
e elevou os humildes;

53 saciou de bens os famintos, *
despediu os ricos sem nada.
54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

55 como havia prometido a nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

= Demos glória a Deus Pai onipotente
e a seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, †
e ao Espírito que habita em nosso peito *
pelos séculos dos séculos. Amém.


Em Latim

Magnificat anima mea Dominum
Et exultavit spiritus meus in Deo salvatóre meo.
Quia respexit humilitatem ancillæ suæ: ecce enim ex hoc beatam me dicent omnes generationes.
Quia fecit mihi magna qui potens est, et sanctum nomen eius.
Et misericordia eius a progenie in progenies timentibus eum.
Fecit potentiam in brachio suo, dispersit superbos mente cordis sui.
Deposuit potentes de sede et exaltavit humiles.
Esurientes implevit bonis et divites dimisit inanes,
Suscepit Israel puerum suum recordatus misericordiæ suæ,
Sicut locutus est ad patres nostros, Abraham et semini eius in sæcula.

Gloria Patri, et Filio, et Spiritui Sancto
Sicut erat in principio, et nunc, et semper, et in saecula saeculorum.
Amen.

Ant. Gloriosos Apóstolos de Cristo,
como em vida os uniu grande afeto,
assim na morte não ficaram separados.

Preces

Oremos a Cristo, que edificou sua Igreja sobre o alicerce dos apóstolos e dos profetas; e digamos com fé:

R. Socorrei, Senhor, o vosso povo!

Vós, que chamastes o pescador Simão para dele fazerdes pescador de homens,
– continuai chamando operários para que levem a vossa salvação à humanidade inteira. R.

Vós, que acalmastes a tempestade do mar para que a barca dos discípulos não afundasse,
– defendei a vossa Igreja de toda perturbação e fortalecei o Santo Padre. R.

Bom Pastor que, depois da ressurreição, reunistes ao redor de Pedro o rebanho que estava disperso,
– congregai o vosso povo num só rebanho e sob um só pastor. R.

Vós, que enviastes o apóstolo Paulo para evangelizar as nações pagãs,
– fazei que a palavra da salvação seja pregada a toda criatura. R.

(intenções livres)

Vós, que entregastes à Igreja as chaves do reino dos céus,
– abri as portas do céu a todos aqueles que, durante a vida, confiaram na vossa misericórdia. R.

Pai nosso.


Em Latim:

Pater noster, qui es in caelis
Sanctificétur nomen tuum
Advéniat regnum tuum
Fiat volúntas tua
Sicut in caelo, et in terra

Panem nostrum quotidiánum da nobis hódie
Et dimítte nobis débita nostra
Sicut et nos dimíttimus debitóribus nostris
Et ne nos indúcas in tentatiónem
Sed líbera nos a malo

Amem

Oração

Ó Deus, que hoje nos concedeis a alegria de festejar São Pedro e São Paulo, concedei à vossa Igreja seguir em tudo os ensinamentos destes Apóstolos que nos deram as primícias da fé. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Categorias
Helber Clayton é leigo católico, servidor público, escritor, casado, formado em Letras, com licenciatura em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas literaturas, Especialista em Língua Latina e Filologia Românica.
Mora em Teixeira de Freitas na Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *