I Vésperas da Solenidade da Santíssima Trindade

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.


V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino 

Ó Trindade imensa e una,
vossa força tudo cria;
vossa mão, que rege os tempos,
antes deles existia.

Vós, feliz, num gozo pleno,
totalmente vos bastais.
Pura, simples, generosa,
terra e espaços abraçais.

Pai, da graça fonte viva,
Luz da glória de Deus Pai
Santo Espírito da vida,
que no Amor os enlaçais.

Só por vós, Trindade Santa,
suma origem, todo bem,
todo ser, toda beleza,
toda vida se mantém.

Nós os filhos adotivos,
pela graça consagrados,
nos tornemos templos vivos,
a vós sempre dedicados.

Ó Luz viva, reuni-nos
com os anjos, lá nos céus,
no louvor da vossa glória
que veremos, sem ter véus.

Salmodia 

Ant. 1 Glória a vós, Trindade Santa,
um só Deus em três Pessoas
desde sempre, neste instante,
e nos séculos sem fim.

Salmo 112(113) 

1 Louvai, louvai, ó servos do Senhor, *
louvai, louvai o nome do Senhor!
2 Bendito seja o nome do Senhor, *
agora e por toda a eternidade!
3 Do nascer do sol até o seu ocaso, *
louvado seja o nome do Senhor! 

4 O Senhor está acima das nações, *
sua glória vai além dos altos céus.
=5 Quem pode comparar-se ao nosso Deus, †
ao Senhor, que no alto céu temo seu trono *
6
 e se inclina para olhar o céu e a terra? 

7 Levanta da poeira o indigente *
e do lixo ele retira o pobrezinho,
8 para fazê-lo assentar-se com os nobres, *
assentar-se com os nobres do seu povo.
9 Faz a estéril, mãe feliz em sua casa, *
vivendo rodeada de seus filhos. 

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
 Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  

Ant. Glória a vós, Trindade Santa,
um só Deus em três Pessoas
desde sempre, neste instante,
e nos séculos sem fim. 

Ant. 2 Sede bendita, ó Santíssima Trindade
e indivisa Unidade 
nós vos louvamos, pois foi grande para nós
vosso amor e compaixão.

Salmo 147(147B) 

12Glorifica o Senhor, Jerusalém! *
Ó Sião, canta louvores ao teu Deus! 

13Pois reforçou com segurança as tuas portas, *
e os teus filhos em teu seio abençoou;
14apaz em teus limites garantiu *
e te dá como alimento a flor do trigo. 

15Ele envia suas ordens para a terra, *
e a palavra que ele diz corre veloz;
16 ele faz cair a neve como lã *
e espalha a geada como cinza. 

17Como de pão lança as migalhas do granizo, *
a seu frio as águas ficam congeladas.
18Ele envia sua palavra e as derrete, *
sopra o vento e de novo as águas correm. 

19Anuncia a Jacó sua palavra, *
seus preceitos e suas leis a Israel.
20Nenhum povo recebeu tanto carinho, *
a nenhum outro revelou os seus preceitos. 

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
 Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  

Ant. Sede bendita, ó Santíssima Trindade
e indivisa Unidade 
nós vos louvamos, pois foi grande para nós
vosso amor e compaixão.

Ant. 3 Seja a Deus glória e louvor na Unidade da Trindade:
Pai e Filho e Santo Espírito, pelos séculos sem fim!

Cântico Ef 1,3-10

3 Bendito e louvado seja Deus, *
o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,
– que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo *
com bênção espiritual de toda sorte!

(R. Bendito sejais vós, nosso Pai,
que nos abençoastes em Cristo!)

4 Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu, *
já bem antes de o mundo ser criado,
– para que fôssemos, perante a sua face, *
sem mácula e santos pelo amor.(R.)

=5 Por livre decisão de sua vontade, †
predestinou-nos, através de Jesus Cristo, *
a sermos nele os seus filhos adotivos,
6 para o louvor e para a glória de sua graça,*
que em seu Filho bem-amado nos doou.(R.)

7 É nele que nós temos redenção, *
dos pecados remissão pelo seu sangue.
= Sua graça transbordante e inesgotável †
8 Deus derrama sobre nós com abundância, *
de saber e inteligência nos dotando.(R.)

9 E assim, ele nos deu a conhecer *
o mistério de seu plano e sua vontade,
– que propusera em seu querer benevolente, *
10 na plenitude dos tempos realizar:
– o desígnio de, em Cristo, reunir *
todas as coisas: as da terra e as do céu. (R.)

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
 Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. Seja a Deus glória e louvor na Unidade da Trindade:
Pai e Filho e Santo Espírito, pelos séculos sem fim!

Leitura breve        Rm 11, 33-36

Ó profundidade da riqueza, da sabedoria e da ciência de Deus! Como são inescrutáveis os seus juízos e impenetráveis os seus caminhos! De fato, quem conheceu o pensamento do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem se antecipou em dar-lhe alguma coisa, de maneira a ter direito a uma retribuição? Na verdade, tudo é dele, por ele, e para ele. A ele, a glória para sempre. Amém!

 Responsório breve

R. Bendigamos ao Pai e ao Filho,
bendigamos ao Espírito Santo.
*Louvemos a Deus para sempre. R. Bendigamos.
V. Só a Deus honra, glória e louvor! * Louvemos.
Glória ao Pai. R. Bendigamos.

CÂNTICO EVANGÉLICO (MAGNIFICAT) Lc 1,46-55

Ant. Louvores e graças a Deus, verdadeira e una Trindade.
Divindade suprema e única, indivisa e santa Trindade!

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor *
47 e exulta meu esrito em Deus, meu Salvador;
48 porque olhou para humildade de sua serva, *
doravante as gerações hão de chamar-me de bendita.

49 O Poderoso fez em mim maravilhas *
Santo é o seu nome!
50 Seu amor para sempre se estende *
sobre aqueles que o temem;

51 manifestou o poder de seu braço, *
dispersou os soberbos;
52 derrubou os poderosos de seus tronos *
e elevou os humildes;

53 saciou de bens os famintos, *
despediu os ricos sem nada.
54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

55 como havia prometido a nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém.

Ant. Louvores e graças a Deus, verdadeira e una Trindade.
Divindade suprema e única, indivisa e santa Trindade!

Preces 

Deus Pai, por meio do Espírito Santo, vivificou o corpo de Cristo, seu Filho, e tornou-o fonte de vida para nós. Elevemos nossa aclamação ao Deus Uno e Trino; e digamos:

R. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo!

Deus Pai, todo-poderoso e eterno, em nome de vosso Filho enviai sobre a Igreja o Espírito Santo Consolador,

– para que a conserve na unidade do amor e na verdade perfeita. R.


Enviai, Senhor, operários à vossa messe, para que anunciem o evangelho a todos os povos e os batizem em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo,

– confirmando-os na fé.    R.


Senhor, vinde em auxílio de todos os que são perseguidos pelo nome de vosso Filho,

– que prometeu o Espírito da verdade para falar por eles. R.  

Pai todo-poderoso, dai a todos conhecerem que vós, o Verbo e o Espírito Santo sois um só Deus,

– para que vivam na fé, na esperança e na caridade.        R.  

(intenções livres)

Pai dos viventes, fazei que os nossos irmãos e irmãs faleci­dos participem da vossa glória,

– onde vosso Filho e o Espírito Santo reinam convosco eternamente.          R. 

Pai nosso.


Em Latim:

Pater noster, qui es in caelis
Sanctificétur nomen tuum
Advéniat regnum tuum
Fiat volúntas tua
Sicut in caelo, et in terra

Panem nostrum quotidiánum da nobis hódie
Et dimítte nobis débita nostra
Sicut et nos dimíttimus debitóribus nostris
Et ne nos indúcas in tentatiónem
Sed líbera nos a malo

Amem

Oração 

Ó Deus, nosso Pai, enviando ao mundo a Palavra da verdade e o Espírito santificador, revelastes o vosso inefável mistério. Fazei que, professando a verdadeira fé, reconheçamos a glória da Trindade e adoremos a Unidade onipotente. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.