Hora Terça de Segunda-feira depois do Domingo da Epifania

0 comentário

Próprio do Tempo; II Semana do Saltério

Oração das Nove Horas

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Mantendo a ordem certa,
do coração fiel,
na hora terça oremos
aos Três, fulgor do céu.

Queremos ser os templos
do Espírito Santo, outrora
descido sobre os Doze
em chamas, nesta hora.

Fiel aos seus desígnios,
do Reino o Autor divino
a tudo ornou de graça
segundo o seu destino.

Louvor e glória ao Pai,
ao Filho, Sumo Bem,
e ao seu divino Espírito,
agora e sempre. Amém.

Salmodia
Ant. O misrio escondido desde os séculos
agora entre nós se manifesta.

Salmo 118 (119),41-48

VI (Vau)

Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a Palavra de Deus e a põem em prática (Lc 8,21).

41 Senhor, que desça sobre mim a vossa graça *
e a vossa salvação que prometestes!
42 Esta será minha resposta aos que me insultam: *
‘Eu conto com a palavra do Senhor!’

43 Não retireis vossa verdade de meus lábios, *
pois eu confio em vossos justos julgamentos!
44 Cumprirei constantemente a vossa lei; *
para sempre, eternamente a cumprirei!

45 É amplo e agradável meu caminho, *
porque busco e pesquiso as vossas ordens.
46 Quero falar de vossa lei perante os reis, *
e darei meu testemunho sem temor.

47 Muito me alegro com os vossos mandamentos, *
que eu amo, amo tanto, mais que tudo!
48 Elevarei as minhas mãos para louvar-vos *
e com prazer meditarei vossa vontade.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Salmo 39(40),2-14.17-18

Ação de graças e pedido de auxílio

Tu não quiseste vítima nem oferenda, mas formaste-me um corpo (Hb 10,5).

I

2 Esperando, esperei no Senhor, *
e inclinando-se, ouviu meu clamor.
3 Retirou-me da cova da morte *
e de um charco de lodo e de lama.

– Colocou os meus pés sobre a rocha, *
devolveu a firmeza a meus passos.
4 Canto novo ele pôs em meus lábios, *
um poema em louvor ao Senhor.

– Muitos vejam, respeitem, adorem *
e esperem em Deus, confiantes.
=5 É feliz quem a Deus se confia; †
quem não segue os que adoram os ídolos *
e se perdem por falsos caminhos.

6 Quão imensos, Senhor, vossos feitos! *
Maravilhas fizestes por nós!
– Quem a vós poderá comparar-se *
nos desígnios a nosso respeito?
– Eu quisera, Senhor, publicá-los, *
mas são tantos! Quem pode contá-los?

7 Sacrifício e oblação não quisestes, *
mas abristes, Senhor, meus ouvidos;
= não pedistes ofertas nem vítimas, †
holocaustos por nossos pecados. *
8 E então eu vos disse: ‘Eis que venho!’

= Sobre mim está escrito no livro: †
9 ‘Com prazer faço a vossa vontade, *
guardo em meu coração vossa lei!’  

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

II

=10 Boas-novas de vossa justiça †
anunciei numa grande assembleia; *
vós sabeis: não fechei os meus lábios!

=11 Proclamei toda a vossa justiça, †
sem retê-la no meu coração; *
vosso auxílio e lealdade narrei.
– Não calei vossa graça e verdade *
na presença da grande assembleia.

12 Não negueis para mim vosso amor! *
Vossa graça e verdade me guardem!
=13 Pois desgraças sem conta me cercam, †
minhas culpas me agarram, me prendem, *
e assim já nem posso enxergar.

= Meus pecados são mais numerosos †
que os cabelos da minha cabeça: *
desfaleço e me foge o alento!
14 Dignai-vos, Senhor, libertar-me, *
vinde logo, Senhor, socorrer-me!

17 Mas se alegre e em vós rejubile *
todo ser que vos busca, Senhor!
– Digam sempre: ‘É grande o Senhor!’ *
os que buscam em vós seu auxílio.

=18 Eu sou pobre, infeliz, desvalido, †
porém, guarda o Senhor minha vida, *
e por mim se desdobra em carinho.
– Vós me sois salvação e auxílio: *
vinde logo, Senhor, não tardeis!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. O misrio escondido desde os séculos
agora entre nós se manifesta.

Leitura breve             Dt 4,7

Qual é a grande nação cujos deuses lhe são tão próximos como o Senhor nosso Deus, sempre que o invocamos?

V. Deus foi visto na terra.
R. E viveu entre os homens.

Oração

Nós vos pedimos, ó Deus, que o esplendor da vossa glória ilumine os nossos corações, para que, passando pelas trevas deste mundo, cheguemos à pátria da luz que não se extingue. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.

Categorias
Helber Clayton é leigo católico, servidor público, escritor, casado, formado em Letras, com licenciatura em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e respectivas literaturas, Especialista em Língua Latina e Filologia Românica.
Mora em Teixeira de Freitas na Bahia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *