Arquivo da categoria: Hinos

Partitura e Cifras – Hino das Vésperas de Quinta-feira Santa

Cm                              Bb         Eb                                Fm                        Cm
Memória da morte de Cristo Senhor, Pão vivo, que ao homem dá vida e valor,

              Fm                    Cm                           Bb                     Cm
fazei-me viver de vossa ternura, sentindo nos lábios a vossa doçura.

Cm                Bb                 Eb                           Fm                    Cm
Fiel pelicano, Jesus, meu Senhor, lavai-me no sangue, a mim pecador;

                       Fm                     Cm                        Bb                        Cm
pois dele uma gota já salva e redime a todo o Universo dos laços do crime.

Cm                                   Bb           Eb                     Fm                  Cm
Enfim, contemplando na glória dos céus o vosso semblante, sem sombras nem véus,

              Fm                           Cm                          Bb                         Cm
irei bendizer-vos, Jesus, Sumo Bem, ao Pai e ao Espírito nos séculos. Amém.

Deus de Supremo Poder

Hino

Deus de supremo poder,
da água os seres gerastes.
Com uns enchestes os mares,
de outros o ar povoastes.

Uns mergulhastes nas águas,
outros soltastes no ar,
com o impulso que os leva
a toda a terra ocupar.

Dai graça a todos os servos,
no vosso sangue lavados,
para vencermos o tédio,
a morte e todo pecado.

Não nos deprimam as culpas,
nem nos inflame a vaidade;
não caia a mente abatida,
nem caia a mente elevada.

Ouvi-nos, Pai piedoso,
e vós, Imagem do Pai,
que com o Espírito Santo
eternamente reinais.

Cristo aos Servos Suplicantes

Hino

II. Quando se diz o Ofício das Leituras durante o dia:

Cristo, aos servos suplicantes
voltai hoje vosso olhar.
Entre as trevas deste mundo
nossa fé fazei brilhar.

Não pensemos em maldades,
não lesemos a ninguém,
nem o mal retribuamos,
mas paguemos mal com bem.

Iras, fraudes, nem soberba
haja em nossos corações.
Defendei-nos da avareza,
que é raiz de divisões.

Guarde todos nós na paz
a sincera caridade.
Seja casta a nossa vida,
em total fidelidade.

A vós, Cristo, Rei clemente,
e a Deus Pai, Eterno Bem,
com o vosso Santo Espírito,
honra e glória sempre. Amém.

A noite Escura Apaga

Hino

I. Quando se diz o Ofício das Leituras durante a noite ou de madrugada:

A noite escura apaga
da treva toda a cor.
Juiz dos corações,
a vós nosso louvor.

E para que das culpas
lavemos nossa mente,
ó Cristo, dai a graça
que os crimes afugente.

A nós, que vos buscamos,
tirai do mal escuro.
Já dorme a mente ímpia
que o fruto morde impuro.

As trevas expulsai
do nosso interior.
Felizes exultemos
à luz do vosso amor.

A vós, ó Cristo, a glória
e a vós, ó Pai, também,
com vosso Santo Espírito
agora e sempre. Amém.

Hino de Pentecostes: Veni Creator Spiritus

A Igreja concede a indulgência plenária, seja para si mesmo ou para alguma alma do Purgatório, àquele que, durante a Solenidade de Pentecostes, rezar ou cantar o hino Veni Creator Spiritus, bem como possuir firme intenção de não voltar a cair em pecado, inclusive pecados veniais, confessar sacramentalmente todos os pecados, receber a Eucaristia e rezar pelas intenções do Papa. (Cf. Manual das Indulgências, n. 61; Divinum Illud Munus, 13)

Veni, Creator Spíritus,
mentes tuórum visita,
imple supérna grátia,
quae tu creásti péctora. 

Qui díceris Paráclitus,
donum Dei altíssimi,
fons vivus, ignis, cáritas,
et spiritális únctio. 

Tu septifórmis múnere,
dextrae Dei tu dígitus,
tu rite promíssum Patris,
sermóne ditans gúttura. 

Accénde lumen sénsibus;
infunde amórem córdibus,
infírma nostri córporis
virtúte firmans pérpeti. 

Hostem repéllas lóngius,
pacémque dones prótinus;
ductóre sic te praevio
vitemus omne noxium.

Per te sciámus da Patrem,
noscamus atque Filium;
te utriúsque Spíritum
credamus omni témpore.

Amen


Letra: Liturgia das Horas
Melodia: Fr. Fabreti, OFM

Fm Bbm
Oh vinde, Espírito Criador,
Eb Ab
as nossas almas visitai
Db Bbm
e enchei os nossos corações
C Fm
com vossos dons celestiais.

Vós sois chamado o Intercessor,
do Deus excelso o dom sem par,
a fonte viva, o fogo, o amor,
a unção divina e salutar.

Sois doador dos sete dons,
e sois poder na mão do Pai,
por ele prometido a nós,
por nós seus feitos proclamais.

A nossa mente iluminai,
os corações enchei de amor,
nossa fraqueza encorajai,
qual força eterna e protetor.

Nosso inimigo repeli,
e concedei-nos vossa paz;
se pela graça nos guiais,
o mal deixamos para trás.

Ao Pai e ao Filho Salvador
por vós possamos conhecer.
Que procedeis do seu amor
fazei-nos sempre firmes crer.


Hino de Quinta-feira na Ceia do Senhor

Letra e Cifra:

Dm                   
Memória da morte

     C              Bb
de Cristo Senhor,

                            Gm
Pão vivo, que ao homem

                  Dm 
dá vida e valor,

                 C
fazei-me viver

                      Dm 
de vossa ternura,

                    C
sentindo nos lábios

                 Dm 
a vossa doçura.

Fiel pelicano,
Jesus, meu Senhor,
lavai-me no sangue,
a mim pecador;
pois dele uma gota
já salva e redime
a todo o Universo
dos laços do crime.

Enfim, contemplando
na glória dos céus
o vosso semblante,
sem sombras nem véus,
irei bendizer-vos,
Jesus, Sumo Bem,
ao Pai e ao Espírito
nos séculos. Amém.

Veni Creator Spiritus


Veni, Creator Spíritus,
mentes tuórum visita,
imple supérna grátia,
quae tu creásti péctora. 

Qui díceris Paráclitus,
donum Dei altíssimi,
fons vivus, ignis, cáritas,
et spiritális únctio. 

Tu septifórmis múnere,
dextrae Dei tu dígitus,
tu rite promíssum Patris,
sermóne ditans gúttura. 

Accénde lumen sénsibus;
infunde amórem córdibus,
infírma nostri córporis
virtúte firmans pérpeti. 

Hostem repéllas lóngius,
pacémque dones prótinus;
ductóre sic te praevio
vitemus omne noxium.

Per te sciámus da Patrem,
noscamus atque Filium;
te utriúsque Spíritum
credamus omni témpore.

Amen