Vésperas – Segunda-feira da 1ª Semana da Quaresma

Hino

Ficai presente agora à Igreja,
ficai presente à penitência,
pela qual vos suplicamos
para os pecados indulgência.

Por vossa graça, perdoai
as nossas culpas do passado;
contra as futuras protegei-nos,
manso Jesus, Pastor amado,

Para que nós, purificados
por esses ritos anuais,
nos preparemos, reverentes,
para gozar os dons pascais.

Todo o universo vos adore,
Trindade Santa, Sumo Bem.
Novos, por graça, vos cantemos
um canto novo e belo. Amém.

Salmodia

Ant. 1 Os olhos do Senhor se voltam para o pobre.

Salmo 10(11)

Confiança inabalável em Deus

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados (Mt 5,6).

=1 No Senhor encontro abrigo; †
como, então, podeis dizer-me: *
“Voa aos montes, passarinho!

2 Eis os ímpios de arcos tensos, *
pondo as flechas sobre as cordas,
– e alvejando em meio à noite *
os de reto coração!

=3 Quando os próprios fundamentos †
do universo se abalaram, *
o que pode ainda o justo?”  

4 Deus es no templo santo, *
e no céu tem o seu trono;
– volta os olhos para o mundo, *
seu olhar penetra os homens.

5 Examina o justo e o ímpio, *
e detesta o que ama o mal.
=6 Sobre os maus fará chover †
fogo, enxofre e vento ardente, *
como parte de seu cálice.

7 Porque justo é nosso Deus, *
o Senhor ama a justiça.
– Quem tem reto coração *
há de ver a sua face.

Ant. Os olhos do Senhor se voltam para o pobre.

Ant. 2 Felizes os de puro coração,
porque eles haverão de ver a Deus.

Salmo 14(15)

Quem é digno aos olhos de Deus?

Vós vos aproximastes do monte Sião e da Cidade do Deus vivo (Hb 12,22).

1 “Senhor, quem mora em vossa casa *
e em vosso Monte santo habitará?”

2 É aquele que caminha sem pecado *
e pratica a justiça fielmente;
– que pensa a verdade no seu íntimo *
3 e não solta em calúnias sua língua;

– que em nada prejudica o seu irmão, *
nem cobre de insultos seu vizinho;
4 que não  valor algum ao homem ímpio, *
mas honra os que respeitam o Senhor;

– que sustenta o que jurou, mesmo com dano; *
5 não empresta o seu dinheiro com usura,
– nem se deixa subornar contra o inocente. *
Jamais vacilará quem vive assim!

Ant. Felizes os de puro coração,
porque eles haverão de ver a Deus.

Ant. 3 No seu Filho o Pai nos escolheu,
para sermos seus filhos adotivos.

Nos cânticos que se seguem, o refrão entre parênteses é opcional.

Cântico Ef 1,3-10

O plano divino da salvação

3 Bendito e louvado seja Deus, *
Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,
– que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo *
com bênção espiritual de toda sorte!

(R. Bendito sejais vós, nosso Pai,
que nos abençoastes em Cristo!)

4 Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu, *
já bem antes de o mundo ser criado,
– para que fôssemos, perante a sua face, *
sem cula e santos pelo amor.

(R.)

=5 Por livre decisão de sua vontade, †
predestinou-nos, através de Jesus Cristo, *
a sermos nele os seus filhos adotivos,
6 para o louvor e para a glória de sua graça, *
que em seu Filho bem-amado nos doou.

(R.)

7 É nele que nós temos redenção, *
dos pecados remissão pelo seu sangue.
= Sua graça transbordante e inesgotável †
8 Deus derrama sobre nós com abundância, *
de saber e inteligência nos dotando.

(R.)

9 E assim, ele nos deu a conhecer *
o misrio de seu plano e sua vontade,
– que propusera em seu querer benevolente, *
10 na plenitude dos tempos realizar:
– o desígnio de, em Cristo, reunir *
todas as coisas: as da terra e as do céu.

(R.)

Ant. No seu Filho o Pai nos escolheu,
para sermos seus filhos adotivos.

Leitura breve             Rm 12,1-2

Pela misericórdia de Deus, eu vos exorto, irmãos, a vos oferecerdes em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus: Este é o vosso culto espiritual. Não vos conformeis com o mundo, mas transformai-vos, renovando vossa maneira de pensar e de julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, isto é, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito.

Responsório breve

R. 
Clamo de todo coração:
* Respondei-me, ó Senhor! R. Clamo.
V. Hei de fazer vossa vontade.* Respondei-me.
Glória ao Pai. R. Clamo.

Cântico evangélicoant.

O que fizestes ao menor dos meus irmãos,
foi a mim mesmo que o fizestes, diz Jesus.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor * 
47 e se alegrou o meu esrito em Deus, meu Salvador
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, * 
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

49 O Poderoso fez por mim maravilhas * 
Santo é o seu nome! 
50 Seu amor, de geração em geração, * 
chega a todos que o respeitam; 

51 demonstrou o poder de seu braço, * 
dispersou os orgulhosos; 
52 derrubou os poderosos de seus tronos * 
e os humildes exaltou;

53 De bens saciou os famintos, * 
e despediu, sem nada, os ricos. 
54 Acolheu Israel, seu servidor, * 
fiel ao seu amor

55 como havia prometido aos nossos pais, * 
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

= Demos glória a Deus Pai onipotente
e a seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso, †
e ao Esrito que habita em nosso peito, *
pelos culos dos culos. Amém.

Ant. O que fizestes ao menor dos meus irmãos,
foi a mim mesmo que o fizestes, diz Jesus.

Preces

Invoquemos ao Senhor Jesus Cristo que fez de nós o seu povo libertando-nos do pecado; e oremos humildemente:

R. Jesus, filho de Davi, tende piedade de nós!

Ó Cristo, lembrai-vos da vossa santa Igreja, pela qual vos entregastes à morte para santificá-la na água da purificação espiritual e na palavra da vida:
– renovai-a sem cessar e purificai-a pela penitência. R.

Bom Mestre, mostrai aos jovens o caminho que escolhestes para cada um deles,
– para que sigam generosamente o vosso chamado e sejam felizes. R.

Vós, que tivestes compaixão de todos os doentes que vos procuraram, dai esperança aos nossos enfermos e curai-os,
– e fazei-nos solícitos e generosos para com todos os que sofrem. R.

Despertai em nós a consciência da dignidade de filhos de Deus que recebemos pelo batismo,
– e tornai-nos cada vez mais conformes à vossa vontade. R.

(intenções livres)

Dai aos nossos irmãos e irmãs falecidos a vossa paz e a glória eterna,
– e reuni-nos um dia com eles no vosso reino. R.

Pai nosso.

 

Oração 

Convertei-nos, ó Deus, nosso salvador, e, para que a celebração da Quaresma nos seja útil, iluminai-nos com a doutrina celeste. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.