Quinta-feira da 27ª Semana do Tempo Comum

Antífona de Entrada

Senhor, tudo está em vosso poder e ninguém pode resistir à vossa vontade. Vós fizestes todas as coisas: o céu, a terra e tudo o que eles contêm; sois o Deus do universo! (Est 1,9ss)

Oração do dia

Ó Deus eterno e todo-poderoso, que nos concedeis, no vosso imenso amor de Pai, mais do que merecemos e pedimos, derramai sobre nós a nossa misericórdia, perdoando o que nos pesa na consciência e dando-nos mais do que ousamos pedir. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

1ª Leitura – Gl 3,1-5

Recebestes o Espírito pela prática da Lei
ou pela fé através da pregação?

Leitura da Carta de São Paulo aos Gálatas 3,1-5

1Ó gálatas insensatos, quem é que vos fascinou?
Diante de vossos olhos, não foi acaso representado,
como que ao vivo,
Jesus Cristo crucificado?
2Só isto quero saber de vós:
Recebestes o Espírito pela prática da Lei
ou pela fé através da pregação?
3Sois assim tão insensatos?
A ponto de, depois de terdes começado pelo espírito,
quererdes terminar pela carne?
4Foi acaso em vão que sofrestes tanto?
Se é que foi mesmo em vão!
5Aquele que vos dá generosamente o Espírito
e realiza milagres entre vós,
faz isso porque praticais a Lei
ou porque crestes, através da pregação?
Palavra do Senhor.

Salmo – Lc 1,69-70. 71-72. 73-75 (R. Cf. 68)

R. Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou!


69Fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor,
70como falara pela boca de seus santos, *
os profetas desde os tempos mais antigos.R.

71para salvar-nos do poder dos inimigos *
e da mão de todos quantos nos odeiam.
72Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *
recordando a sua santa Aliança.R.

73e o juramento a Abraão, o nosso pai, *
de conceder-nos 74que, libertos do inimigo,
a ele nós sirvamos sem temor +
75em santidade e em justiça diante dele, *
enquanto perdurarem nossos dias.R.

Evangelho – Lc 11,5-13

Aleluia, aleluia, aleluia.

Abri-nos, ó Senhor, o coração para ouvirmos a palavra de Jesus! (At 16,14)

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 11,5-13

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
5E Jesus acrescentou:
‘Se um de vós tiver um amigo
e for procurá-lo à meia-noite e lhe disser:
‘Amigo, empresta-me três pães,
6porque um amigo meu chegou de viagem
e nada tenho para lhe oferecer’,
7e se o outro responder lá de dentro:
‘Não me incomoda! Já tranquei a porta,
e meus filhos e eu já estamos deitados;
não me posso levantar para te dar os pães’;
8eu vos declaro:
mesmo que o outro não se levante
para dá-los porque é seu amigo,
vai levantar-se ao menos por causa da impertinência dele
e lhe dará quanto for necessário.
9Portanto, eu vos digo:
pedi e recebereis; procurai e encontrareis;
batei e vos será aberto.
10Pois quem pede, recebe; quem procura, encontra;
e, para quem bate, se abrirá.
11Será que algum de vós que é pai,
se o filho pedir um peixe, lhe dará uma cobra?
12Ou ainda, se pedir um ovo, lhe dará um escorpião?
13Ora, se vós que sois maus,
sabeis dar coisas boas aos vossos filhos,
quanto mais o Pai do Céu dará o Espírito Santo
aos que o pedirem! ‘
Palavra da Salvação.

Antífona da Comunhão

Bom é o Senhor para quem confia nele, para aquele que o procura (Lm 3,25).

Depois da Comunhão

Possamos, ó Deus onipotente, saciar-nos do pão celeste e inebriar-nos do vinho sagrado, para que sejamos transformados naquele que agora recebemos. Por Cristo, nosso Senhor.