VISITAÇÃO DE NOSSA SENHORA Festa

Compartilhar:

 

31 de maio
VISITAÇÃO DE NOSSA SENHORA
Festa

Invitatório

Ant. do Invitatório: Louvemos a nosso Senhor, festejemos a Virgem Maria, na festa da Visitação. Aleluia.

 


V.
Vinde, ó Deus, em meu aulio.
R.
Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Esta introdução se omite quando o Invitatório precede imediatamente ao Ofício das Leituras.

Hino

Vem, ó Senhora nossa,

visita-nos, Maria,

que a casa de Isabel

encheste de alegria.

 

Vem, doce Mãe da Igreja,

vem visitar teu povo,

por nossas culpas roga,

fazendo tudo novo.

 

Vem, ó do mar Estrela,

de paz nos manda um raio;

perfuma a nossa vida,

suave flor de maio.

 

Vem ver os teus fiéis,

já prontos para a luta;

renova as suas forças:

não tombem na labuta.

 

Vem, Mãe da humanidade,

guiar passos errantes:

na mesma estrada um dia

sigamos exultantes.

 

Vem logo, e louvaremos

contigo o Pai e o Filho;

do Espírito tenhamos,

por teu amor o auxílio.

Salmodia

Ant. 1
Desceu a bênção do Senhor sobre Maria,
e a recompensa de Deus, seu Salvador.

Salmo 23(24)

Entrada do Senhor no templo

Na ascensão, as portas do céu se abriram para o Cristo (Sto. Irineu).

1 Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, *
o mundo inteiro com os seres que o povoam;

2
porque ele a tornou firme sobre os mares, *
e sobre as águas a mantém inabalável.

3 “Quem subi até o monte do Senhor, *
quem fica em sua santa habitação?”

=4
“Quem tem mãos puras e inocente coração, †
quem não dirige sua mente para o crime, *
nem jura falso para o dano de seu próximo.

5 Sobre este desce a bênção do Senhor *
e a recompensa de seu Deus e Salvador”.

6
“É assim a geração dos que o procuram, *
e do Deus de Israel buscam a face”.

=7 “Ó portas, levantai vossos frontões! †
Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *
a fim de que o Rei da glória possa entrar!”

=8 Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?” †
“É o Senhor, o valoroso, o onipotente, *
o Senhor, o poderoso nas batalhas!”

=9 “Ó portas, levantai vossos frontões! †
Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *
a fim de que o Rei da glória possa entrar!”

=10 Dizei-nos: “Quem é este Rei da glória?” †
“O Rei da glória é o Senhor onipotente, *
o Rei da glória é o Senhor Deus do universo!”

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo. *
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém.

Ant. Desceu a bênção do Senhor sobre Maria,
e a recompensa de Deus, seu Salvador.

Ant. 2 O Senhor santificou sua morada. 

Salmo 45(46)

2 O Senhor para nós é refúgio e vigor, *
sempre pronto, mostrou-se um socorro na angústia;
3 assim não tememos, se a terra estremece, *
se os montes desabam, caindo nos mares,
4 se as águas trovejam e as ondas se agitam, *
se, em feroz tempestade, as montanhas se abalam:

5 Os braços de um rio vêm trazer alegria *
à Cidade de Deus, à morada do Altíssimo.
6 Quem a pode abalar? Deus está no seu meio! *
Já bem antes da aurora, ele vem ajudá-la.
7 Os povos se agitam, os reinos desabam; *
troveja sua voz e a terra estremece.

8 Conosco está o Senhor do universo! *
O nosso refúgio é o Deus de Jacó!

9 Vinde ver, contemplai os prodígios de Deus *
e a obra estupenda que fez no universo:
= reprime as guerras na face da terra, †
10 ele quebra os arcos, as lanças destrói, *
e queima no fogo os escudos e as armas:
11 “Parai e sabei, conhecei que eu sou Deus, *
que domino as nações, que domino a terra!”

12 Conosco está o Senhor do universo! *
O nosso refúgio é o Deus de Jacó!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. O Senhor santificou sua morada. 

Ant. 3 Dizem coisas gloriosas sobre vós, Virgem Maria. 

Salmo 86(87)

1 O Senhor ama a cidade *
que fundou no Monte santo;
2 ama as portas de Sião *
mais que as casas de Jacó.

3 Dizem coisas gloriosas *
da Cidade do Senhor:
4 'Lembro o Egito e Babilônia *
entre os meus veneradores.

= Na Filistéia ou em Tiro †
ou no país da Etiópia, *
este ou aquele ali nasceu'.

=5 De Sião, porém, se diz: †
'Nasceu nela todo homem; *
Deus é sua segurança'.

=6 Deus anota no seu livro, †
onde inscreve os povos todos: *
'Foi ali que estes nasceram'.

7 E por isso todos juntos *
a cantar se alegrarão;
– e, dançando, exclamarão: *
'Estão em ti as nossas fontes!'

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  

 Ant.Dizem coisas gloriosas sobre vós, Virgem Maria. 

 

V. Maria guardava no seu coração.

R. As palavras e os fatos, e neles pensava.

 

Primeira leitura

Do Cântico dos Cânticos                 2,8-14; 8,6-7

 

A vinda do amado

2,8 É a voz do meu amado!

Eis que ele vem

saltando pelos montes,

pulando sobre as colinas.

9 O meu amado parece uma gazela,

ou um cervo ainda novo.

Eis que ele está de pé atrás de nossa parede,

espiando pelas janelas,

observando através das grades.

10 O meu amado me fala dizendo:

“Levanta-te, minha amada,

minha rola, formosa minha, e vem!

11 O inverno já passou,

as chuvas pararam e já se foram.

12 No campo aparecem as flores,

chegou o tempo das canções,

a rola já faz ouvir

seu canto em nossa terra.

13 Da figueira brotam os primeiros frutos,

soltam perfume as vinhas em flor.

Levanta-te, minha amada,

formosa minha, e vem!

14 Minha rola, que moras nas fendas da rocha,

no esconderijo escarpado,

mostra-me teu rosto,

deixa-me ouvir tua voz!

Pois a tua voz é tão doce,

e gracioso o teu semblante”.

8,6 Grava-me como um selo em teu coração,

como um selo em teu braço!

Porque o amor é forte como a morte

e a paixão é cruel como a morada dos mortos;

suas faíscas são de fogo,

uma labareda divina.

7 Águas torrenciais jamais apagarão o amor,

nem rios poderão afogá-lo.

Se alguém oferecesse todas as riquezas de sua casa

para comprar o amor,

seria tratado com desprezo.

 

Responsório Lc 1,41b-43.44

R. Isabel ficou cheia do Espírito Santo

e ela exclamou em alta voz:

És bendita entre todas as mulheres

e bendito é o fruto do teu ventre!

* Não mereço esta honra, que a Mãe do Senhor,

do meu Deus venha a mim! Aleluia.

V. Quando ouvi ressoar tua voz, ao saudar-me,

o menino saltou de alegria, em meu seio. * Não mereço.

 

Segunda leitura

Das Homilias de São Beda, o Venerável, presbítero

 

(Lib. 1,4: CCL 122,25-26.30)                (Séc.VIII)

 

Maria engrandece o Senhor que age nela

            Minha alma engrandece o Senhor e exulta meu espírito em Deus, meu Salvador (Lc 1,46). Com estas palavras, Maria reconhece, em primeiro lugar, os dons que lhe foram especialmente concedidos; em seguida, enumera os benefícios universais com que Deus favorece continuamente o gênero humano.

            Engrandece o Senhor a alma daquele que consagra todos os sentimentos da sua vida interior ao louvor e ao serviço de Deus; e, pela observância dos mandamentos, revela pensar sempre no poder da majestade divina. Exulta em Deus, seu Salvador, o espírito daquele que se alegra apenas na lembrança de seu Criador, de quem espera a salvação eterna.

            Embora estas palavras se apliquem a todas as almas santas, adquirem contudo a mais plena ressonância ao serem proferidas pela santa Mãe de Deus. Ela, por singular privilégio, amava com perfeito amor espiritual aquele cuja concepção corporal em seu seio era a causa de sua alegria.

            Com toda razão pôde ela exultar em Jesus, seu Salvador, com júbilo singular, mais do que todos os outros santos, porque sabia que o autor da salvação eterna havia de nascer de sua carne por um nascimento temporal; e sendo uma só e mesma pessoa, havia de ser ao mesmo tempo seu Filho e seu Senhor.

            O Poderoso fez em mim maravilhas, e santo é o seu nome! (Lc 1,49). Maria nada atribui a seus méritos, mas reconhece toda a sua grandeza como dom daquele que, sendo por essência poderoso e grande, costuma transformar os seus fiéis,pequenos e fracos, em fortes e grandes.

            Logo acrescentou: E santo é o seu nome! Exorta assim os que a ouviam, ou melhor, ensinava a todos os que viessem a conhecer suas palavras, que pela fé em Deus e pela invocação do seu nome também eles poderiam participar da santidade divina e da verdadeira salvação. É o que diz o Profeta: Então, todo aquele que invocar o nome do Senhor, será salvo (Jl 3,5). É precisamente este o nome a que Maria se refere ao dizer: Exulta meu espírito em Deus, meu Salvador.

            Por isso, se introduziu na liturgia da santa Igreja o costume belo e salutar, de cantarem todos, diariamente, este hino na salmodia vespertina. Assim, que o espírito dos fiéis, recordando frequentemente o mistério da encarnação do Senhor, se entregue com generosidade ao serviço divino e, lembrando-se constantemente dos exemplos da Mãe de Deus, se confirme na verdadeira santidade. E pareceu muito oportuno que isto se fizesse na hora das Vésperas, para que nossa mente fatigada e distraída ao longo do dia por pensamentos diversos, encontre o recolhimento e a paz de espírito ao aproximar-se o tempo do repouso.

 

Responsório Lc 1,45-46; Sl 65(66),16

 

R. És feliz porque creste, Maria,

pois em ti, a palavra de Deus

vai cumprir-se conforme ele disse.

Maria, então, exclamou:

* A minh’alma engrandece o Senhor. Aleluia.

V. Todos vós que a Deus temeis, vinde escutar:

Vou contar-vos todo o bem, que ele me fez!

* A minh’alma.

 

HINO TE DEUM (A VÓS, Ó DEUS, LOUVAMOS)

A vós, ó Deus, louvamos,

a vós, Senhor, cantamos.

A vós, Eterno Pai,

adora toda a terra.

 

A vós cantam os anjos,

os céus e seus poderes:

Sois Santo, Santo, Santo,

Senhor, Deus do universo!

 

Proclamam céus e terra

a vossa imensa glória.

A vós celebra o coro

glorioso dos Apóstolos,

 

Vos louva dos Profetas

a nobre multidão

e o luminoso exército

dos vossos santos Mártires.

 

A vós por toda a terra

proclama a Santa Igreja,

ó Pai onipotente,

de imensa majestade,

 

e adora juntamente

o vosso Filho único,

Deus vivo e verdadeiro,

e ao vosso Santo Espírito.

 

Ó Cristo, Rei da glória,

do Pai eterno Filho,

nascestes duma Virgem,

a fim de nos salvar.

 

Sofrendo vós a morte,

da morte triunfastes,

abrindo aos que têm fé

dos céus o reino eterno.

 

Sentastes à direita

de Deus, do Pai na glória.

Nós cremos que de novo

vireis como juiz.

 

Portanto, vos pedimos:

salvai os vossos servos,

que vós, Senhor, remistes

com sangue precioso.

 

Fazei-nos ser contados,

Senhor, vos suplicamos,

em meio a vossos santos

na vossa eterna glória.

 

(A parte que se segue pode ser omitida, se for oportuno).

Salvai o vosso povo.

Senhor, abençoai-o.

Regei-nos e guardai-nos

até a vida eterna.

 

Senhor, em cada dia,

fiéis, vos bendizemos,

louvamos vosso nome

agora e pelos séculos.

 

Dignai-vos, neste dia,

guardar-nos do pecado.

Senhor, tende piedade

de nós, que a vós clamamos.

 

Que desça sobre nós,

Senhor, a vossa graça,

porque em vós pusemos

a nossa confiança.

 

Fazei que eu, para sempre,

não seja envergonhado:

Em vós, Senhor, confio,

sois vós minha esperança!

Oração 

Ó Deus todo-poderoso, que inspirastes à Virgem Maria sua visita a Isabel, levando no seio o vosso Filho, fazei-nos dóceis ao Espírito Santo, para cantar com ela o vosso louvor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.

 

 

Invitatorio

Ant. do Invitatório: Louvemos a nosso Senhor, festejemos a Virgem Maria, na festa da Visitação. Aleluia.

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.

R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo.
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Esta introdução se omite quando o Invitatório precede imediatamente às Laudes.

Hino

Vem, Mãe Virgem gloriosa,
visitar-nos, como a João,
com o dom do Santo Espírito
na terrena habitação.

Vem, trazendo o Pequenino
para o mundo nele crer.
A razão dos teus louvores,
possam todos conhecer.

Aos ouvidos da Igreja
soe tua saudação,
e ao ouvi-la, se levante,
com intensa exultação,

percebendo que contigo
chega o Cristo, o Salvador,
desejado pelos povos
como Guia e bom Pastor.

Ergue os olhos, ó Maria,
para o povo dos cristãos.
Para aqueles que procuram
traze auxílio e proteção.

Esperança verdadeira,
alegria dos mortais,
nosso Porto, vem levar-nos
às mansões celestiais.

Mãe, contigo nossas almas
engrandecem o Senhor,
que dos homens e dos anjos
te fez digna do louvor.

Salmodia

Ant. 1 Levantou-se Maria e dirigiu-se depressa
a uma cidade de Judá, na região montanhosa.
Aleluia.
Salmo 62 (63), 2-9.

Sede de Deus

Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

2Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!*
Desde a aurora ansioso vos busco!
= A minh'alma tem sede de vós,+
minha carne também vos deseja,*
como terra sedenta e sem água!

3Venho, assim, contemplar-vos no templo,*
para ver vossa glória e poder.
4Vosso amor vale mais do que a vida:*
e por isso meus lábios vos louvam.

5Quero, pois, vos louvar pela vida,*
e elevar para vós minhas mãos!
6A minh'alma será saciada,*
como em grande banquete de festa;
— cantará a alegria em meus lábios,*
ao cantar para vós meu louvor!

- 7Penso em vós no meu leito, de noite,*
nas vigílias suspiro por vós!
8Para mim fostes sempre um socorro;*
de vossas asas à sombra eu exulto!
9Minha alma se agarra em vós;*
com poder vossa mão me sustenta.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Levantou-se Maria e dirigiu-se depressa
a uma cidade de Judá, na região montanhosa.
Aleluia.

Ant. 2 Quando ouviu Isabel a saudação de Maria,
o menino saltou de alegria em seu seio,
e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Aleluia.

No cânticos que se segue o refrão entre parênteses é opcional.

Cântico Dn 3,57-88.56

Louvor das criaturas ao Senhor

Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5)

- 57Obras do Senhor, bendizei o Senhor,*
louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
- 58Céus do Senhor, bendizei o Senhor!
59Anjos do Senhor, bendizei o Senhor!

(R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
Ou
R.
A ele glória e louvor eternamente
)

- 60Águas do alto céu, bendizei o Senhor!*
61Potências do Senhor, bendizei o Senhor!
- 62Lua e sol, bendizei o Senhor!*
63Astros e estrelas bendizei o Senhor!
(R.)
- 64Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!*
65Brisas e ventos, bendizei o Senhor!
- 66Fogo e calor, bendizei o Senhor!*
67Frio e ardor, bendizei o Senhor!
(R.)
- 68Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!*
69Geada e frio, bendizei o Senhor!
- 70Gelos e neves, bendizei o Senhor!*
71Noites e dias, bendizei o Senhor!
(R.)
- 72Luzes e trevas, bendizei o Senhor!*
73Raios e nuvens, bendizei o Senhor!
-74Ilhas e terra, bendizei o Senhor!*
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
(R.)
- 75Montes e colinas, bendizei o Senhor!*
76Plantas da terra, bendizei o Senhor!
- 77Mares e rios, bendizei o Senhor!*
78Fontes e nascentes, bendizei o Senhor!
(R.)
- 79Baleias e peixes, bendizei o Senhor!*
80Pássaros do céu, bendizei o Senhor!
- 81Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!*
82Filhos dos homens, bendizei o Senhor!
(R.)
- 83Filhos de Israel, bendizei o Senhor!*
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
- 84Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!*
85Servos do Senhor, bendizei o Senhor!
(R.)
- 86Almas dos justos, bendizei o Senhor!*
87Santos e humildes, bendizei o Senhor!
- 88Jovens Misael, Ananias e Azarias, *
louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
(R.)
- ao Pai e ao Filho e ao espírito Santo*
louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim!
- 56Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!*
Sois digno de louvor e de glória eternamente!

(R.)

No fim deste cântico não se diz Glória ao Pai

Ant. Quando ouviu Isabel a saudação de Maria,
o menino saltou de alegria em seu seio,
e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Aleluia.

Ant. 3 És feliz porque creste, Maria,
pois em ti a Palavra de Deus vai cumprir-se. Aleluia.

Salmo 149

A alegria e o louvor dos santos

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

1Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*
e o seu louvor na assembleia dos fiéis!
2Alegre-se Israel em quem o fez,*
e Sião se rejubile no seu Rei!
3Com danças glorifiquem o seu nome,*
toquem harpa e tambor em sua honra!

4Porque, de fato, o Senhor ama seu povo*
e coroa com vitória os seus humildes.
5Exultem os fiéis por sua glória,*
e cantando se levantem de seus leitos,
6com louvores do Senhor em sua boca*
e espadas de dois gumes em sua mão,

7para exercer sua vingança entre as nações,*
e infligir o seu castigo entre os povos,
8colocando nas algemas os seus reis,*
e seus nobres entre ferros e correntes,
9para aplicar-lhes a sentença já escrita:*
Eis a glória para todos os seus santos.

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. És feliz porque creste, Maria,
pois em ti a Palavra de Deus vai cumprir-se. Aleluia.

Leitura breve                 Jl 2,27–3,1

Sabereis que eu estou no meio de Israel e que eu sou o Senhor, vosso Deus, e que não há outro; e nunca mais deixarei meu povo envergonhado. Acontecerá, depois disto, que derramarei o meu espírito sobre todo o ser humano, e vossos filhos e filhas profetizarão.

Responsório breve

R. O Senhor a escolheu, entre todas preferida.
* Aleluia, aleluia. R. O Senhor.
V. O Senhor a fez morar em sua santa habitação.
* Aleluia, aleluia. Glória ao Pai.R. O Senhor.

CÂNTICO EVANGÉLICO (BENEDICTUS) Lc 1,68-79

Ant. Quando ouviu Isabel a saudação de Maria,
exclamou em voz alta: Não mereço esta honra
que a Mãe do Senhor, do meu Deus, venha a mim! Aleluia. 

O Messias e seu Precursor

68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *
porque a seu povo visitou e libertou;
69 e fez surgir um poderoso Salvador *
na casa de Davi, seu servidor,

70 como falara pela boca de seus santos, *
os profetas desde os tempos mais antigos,
71 para salvar-nos do poder dos inimigos *
e da mão de todos quantos nos odeiam.

72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *
recordando a sua santa Aliança
73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, *
de conceder-nos
74 que, libertos do inimigo,
= a ele nós sirvamos sem temor †
75 em santidade e em justiça diante dele, *
enquanto perdurarem nossos dias.

=
76 Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †
pois irás andando à frente do Senhor *
para aplainar e preparar os seus caminhos,
77 anunciando ao seu povo a salvação, *
que está na remissão de seus pecados;

78 pela bondade e compaixão de nosso Deus, *
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,
79
para iluminar a quantos jazem entre as trevas *
= e na sombra da morte estão sentados 
e para dirigir os nossos passos, *
guiando-os no caminho da paz.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Quando ouviu Isabel a saudação de Maria,
exclamou em voz alta: Não mereço esta honra
que a Mãe do Senhor, do meu Deus, venha a mim! Aleluia. 

Preces

Celebremos nosso Salvador, que se dignou nascer da Virgem Maria; e peçamos:

R. Senhor, que a vossa Mãe interceda por nós!

Sol de justiça, a quem a Virgem Imaculada precedeu como aurora resplandecente,
concedei que caminhemos sempre à luz da vossa visitação. R.

Palavra eterna, que ensinastes vossa Mãe a escolher a melhor parte,
ajudai-nos a imitá-la buscando o alimento da vida eterna. R.

Salvador do mundo, que pelos méritos da redenção preservastes a vossa Mãe de toda a mancha de pecado,
livrai-nos também de todo pecado. R.

Redentor nosso, que fizestes da Imaculada Virgem Maria o tabernáculo puríssimo da vossa presença e o sacrário do Espírito Santo,
fazei de nós templos vivos do vosso Espírito.
R.

(intenções livres)

Pai nosso...

Oração

Ó Deus todo-poderoso, que inspirastes à Virgem Maria sua visita a Isabel, levando no seio o vosso Filho, fazei-nos dóceis ao Espírito Santo, para cantar com ela o vosso louvor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

 

Oração das nove horas

 

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.

R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo.
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Surge a hora terceira, em que Cristo
foi, por nós, elevado na cruz;
fuja a mente de toda soberba,
vá na prece buscar sua luz.

Quem o Cristo acolheu no seu íntimo,
deve ter sempre pura intenção,
implorando ao Espírito Santo
que ele habite no seu coração.

Esta hora pôs fim à velhice,
destruindo do crime as raízes;
e, a seguir, pela graça de Cristo,
começaram os tempos felizes.

Glória a vós, que vencestes a morte
e brilhais, com o Pai, Sumo Bem,
e a chama de Amor, Santo Espírito,
pelos séculos eternos. Amém.

Salmodia 

Ant. Aleluia, aleluia, aleluia.

Salmo 118(119),73-80

X (Iod)

Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

Meu Pai, se este cálice não pode passar sem que eu o beba, seja feita a tua vontade! (Mt 26,42).

73 Vossas mãos me modelaram, me fizeram, *
fazei-me bio e aprenderei a vossa lei!

74
Vossos fiéis hão de me ver com alegria, *
pois nas palavras que dissestes esperei.

75 Sei que os vossos julgamentos são corretos, *
e com justiça me provastes, ó Senhor!

76
Vosso amor seja um consolo para mim, *
conforme a vosso servo prometestes.

77 Venha a mim o vosso amor e viverei, *
porque tenho em vossa lei o meu prazer!

78
Humilhação para os soberbos que me oprimem! *
Eu, porém, meditarei vossos preceitos.

79 Que se voltem para mim os que vos temem *
e conhecem, ó Senhor, vossa Aliança!

80
Meu coração seja perfeito em vossa lei, *
e não serei, de modo algum, envergonhado!

Salmo 58(59),2-5.10-11.17-18

Oração do justo perseguido

Estas palavras ensinam a todos o amor filial do Salvador para com seu Pai (Eusébio de Cesaréia).

2 Libertai-me do inimigo, ó meu Deus, *
e protegei-me contra os meus perseguidores!

3
Libertai-me dos obreiros da maldade, *
defendei-me desses homens sanguirios!

4 Eis que ficam espreitando a minha vida, *
poderosos armam tramas contra mim.

=5
Mas eu, Senhor, não cometi pecado ou crime; †
eles investem contra mim sem eu ter culpa: *
despertai e vinde logo ao meu encontro!

=10 Minha força, é a vós que me dirijo, †
porque sois o meu refúgio e proteção, *

11 Deus clemente e compassivo, meu amor!
– Deus vi com seu amor ao meu encontro, *
e hei de ver meus inimigos humilhados.

17 Eu, então, hei de cantar vosso poder, *
e de manhã celebrarei vossa bondade,

– porque fostes para mim o meu abrigo, *
o meu regio no dia da aflição.

=18 Minha força, cantarei vossos louvores, †
porque sois o meu refúgio e proteção, *
Deus clemente e compassivo, meu amor!

Salmo 59(60)

Oração depois de uma derrota

No mundo tereis tribulações. Mas tende coragem! Eu venci o mundo! (Jo 16,33).

=3 Rejeitastes, ó Deus, vosso povo †
e arrasastes as nossas fileiras; *
vós esveis irado: voltai-vos!

4
Abalastes, partistes a terra, *
reparai suas brechas, pois treme.

5 Duramente provastes o povo, *
e um vinho atordoante nos destes.

6 Aos fiéis um sinal indicastes, *
e os pusestes a salvo das flechas.

7
Sejam livres os vossos amados, *
vossa mão nos ajude: ouvi-nos!

=8 Deus falou em seu santo lugar: †
“Exultarei, repartindo Siquém, *
e o vale em Sucot medirei.

=9
Galaad, Manassés me pertencem, †
Efraim é o meu capacete, *
e Ju, o meu cetro real.

=10 É Moab minha bacia de banho, †
sobre Edom eu porei meu calçado, *
vencerei a nação Filistéia!”

11 Quem me leva à cidade segura, *
e a Edom quem me vai conduzir,

12
se vós, Deus, rejeitais vosso povo *
e não mais conduzis nossas tropas?

– Dai-nos, Deus, vosso auxílio na angústia; *
nada vale o socorro dos homens!

13
Mas com Deus nós faremos proezas, *
e ele vai esmagar o opressor.

Ant. Aleluia, aleluia, aleluia.

Leitura breve             Jt 13,18-19

Ó filha, tu és bendita pelo Deus Altíssimo, mais que todas as mulheres da terra! E bendito é o Senhor Deus, que criou o céu e a terra, e te levou a decepar a cabeça do chefe de nossos inimigos! Porque nunca o teu louvor se afastará do coração dos homens, que se lembrarão do poder de Deus para sempre.

V.
Felizes os que ouvem a palavra do Senhor. Aleluia.
R.
Felizes os que a vivem e a praticam cada dia. Aleluia.

Oração

Ó Deus todo-poderoso, que inspirastes à Virgem Maria sua visita a Isabel, levando no seio o vosso Filho, fazei-nos dóceis ao Espírito Santo, para cantar com ela o vosso louvor. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R.
Graças a Deus.

Oração das doze horas

 

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.

R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo.
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

 

Hino

Vinde, servos suplicantes,
elevai a mente e a voz:
celebrai com vossos cantos,
o amor de Deus por nós.

Porque foi neste momento
que a sentença de um mortal
entregou à morte injusta
o Juiz universal.

E nós, súditos humildes,
por amor e por temor,
contra todo mau desígnio
do perverso tentador,

imploremos a clemência
de Deus Pai, eterno Bem,
do seu Filho, nosso Rei,
e do Espírito Santo. Amém.

Salmodia 

Ant. Aleluia, aleluia, aleluia.

Salmo 118(119),73-80

X (Iod)

Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

Meu Pai, se este cálice não pode passar sem que eu o beba, seja feita a tua vontade! (Mt 26,42).

73 Vossas mãos me modelaram, me fizeram, *
fazei-me bio e aprenderei a vossa lei!

74
Vossos fiéis hão de me ver com alegria, *
pois nas palavras que dissestes esperei.

75 Sei que os vossos julgamentos são corretos, *
e com justiça me provastes, ó Senhor!

76
Vosso amor seja um consolo para mim, *
conforme a vosso servo prometestes.

77 Venha a mim o vosso amor e viverei, *
porque tenho em vossa lei o meu prazer!

78
Humilhação para os soberbos que me oprimem! *
Eu, porém, meditarei vossos preceitos.

79 Que se voltem para mim os que vos temem *
e conhecem, ó Senhor, vossa Aliança!

80
Meu coração seja perfeito em vossa lei, *
e não serei, de modo algum, envergonhado!

Salmo 58(59),2-5.10-11.17-18

Oração do justo perseguido

Estas palavras ensinam a todos o amor filial do Salvador para com seu Pai (Eusébio de Cesaréia).

2 Libertai-me do inimigo, ó meu Deus, *
e protegei-me contra os meus perseguidores!

3
Libertai-me dos obreiros da maldade, *
defendei-me desses homens sanguirios!

4 Eis que ficam espreitando a minha vida, *
poderosos armam tramas contra mim.

=5
Mas eu, Senhor, não cometi pecado ou crime; †
eles investem contra mim sem eu ter culpa: *
despertai e vinde logo ao meu encontro!

=10 Minha força, é a vós que me dirijo, †
porque sois o meu refúgio e proteção, *

11 Deus clemente e compassivo, meu amor!
– Deus vi com seu amor ao meu encontro, *
e hei de ver meus inimigos humilhados.

17 Eu, então, hei de cantar vosso poder, *
e de manhã celebrarei vossa bondade,

– porque fostes para mim o meu abrigo, *
o meu regio no dia da aflição.

=18 Minha força, cantarei vossos louvores, †
porque sois o meu refúgio e proteção, *
Deus clemente e compassivo, meu amor!

Salmo 59(60)

Oração depois de uma derrota

No mundo tereis tribulações. Mas tende coragem! Eu venci o mundo! (Jo 16,33).

=3 Rejeitastes, ó Deus, vosso povo †
e arrasastes as nossas fileiras; *
vós esveis irado: voltai-vos!

4
Abalastes, partistes a terra, *
reparai suas brechas, pois treme.

5 Duramente provastes o povo, *
e um vinho atordoante nos destes.

6 Aos fiéis um sinal indicastes, *
e os pusestes a salvo das flechas.

7
Sejam livres os vossos amados, *
vossa mão nos ajude: ouvi-nos!

=8 Deus falou em seu santo lugar: †
“Exultarei, repartindo Siquém, *
e o vale em Sucot medirei.

=9
Galaad, Manassés me pertencem, †
Efraim é o meu capacete, *
e Ju, o meu cetro real.

=10 É Moab minha bacia de banho, †
sobre Edom eu porei meu calçado, *
vencerei a nação Filistéia!”

11 Quem me leva à cidade segura, *
e a Edom quem me vai conduzir,

12
se vós, Deus, rejeitais vosso povo *
e não mais conduzis nossas tropas?

– Dai-nos, Deus, vosso auxílio na angústia; *
nada vale o socorro dos homens!

13
Mas com Deus nós faremos proezas, *
e ele vai esmagar o opressor.

Ant. Aleluia, aleluia, aleluia.

Leitura breve                 Tb 12,6b

Bendizei a Deus e dai-lhe graças, diante de todos os viventes, pelos benefícios que vos concedeu. Bendizei e cantai o seu nome.

V. Felizes entranhas da Virgem Maria. Aleluia.
R.
Que trouxeram o Filho de Deus, Pai eterno. Aleluia.

Oração

Ó Deus todo-poderoso, que inspirastes à Virgem Maria sua visita a Isabel, levando no seio o vosso Filho, fazei-nos dóceis ao Espírito Santo, para cantar com ela o vosso louvor. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R.
Graças a Deus.

 

Oração das quinze horas

 

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.

R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo.
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.
 

Hino

Esta hora brilhou e, esplendente,
afastou toda nuvem da cruz.
Despojando das trevas o mundo,
restitui às nações nova luz.

Nesta hora Jesus ressuscita
do sepulcro os que haviam morrido
e, a morte vencendo, eles saem
com um novo espírito infundido.

Temos fé nessa aurora dos tempos,
das cadeias da morte libertos,
e nas graças da vida, que jorram
como fonte a correr nos desertos.

Glória a vós, que vencestes a morte,
e no céu com o Pai, Sumo Bem,
refulgindo na glória do Espírito
reinais hoje e nos séculos. Amém.

Salmodia 

Ant. Aleluia, aleluia, aleluia.

Salmo 118(119),73-80

X (Iod)

Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei

Meu Pai, se este cálice não pode passar sem que eu o beba, seja feita a tua vontade! (Mt 26,42).

73 Vossas mãos me modelaram, me fizeram, *
fazei-me bio e aprenderei a vossa lei!

74
Vossos fiéis hão de me ver com alegria, *
pois nas palavras que dissestes esperei.

75 Sei que os vossos julgamentos são corretos, *
e com justiça me provastes, ó Senhor!

76
Vosso amor seja um consolo para mim, *
conforme a vosso servo prometestes.

77 Venha a mim o vosso amor e viverei, *
porque tenho em vossa lei o meu prazer!

78
Humilhação para os soberbos que me oprimem! *
Eu, porém, meditarei vossos preceitos.

79 Que se voltem para mim os que vos temem *
e conhecem, ó Senhor, vossa Aliança!

80
Meu coração seja perfeito em vossa lei, *
e não serei, de modo algum, envergonhado!

Salmo 58(59),2-5.10-11.17-18

Oração do justo perseguido

Estas palavras ensinam a todos o amor filial do Salvador para com seu Pai (Eusébio de Cesaréia).

2 Libertai-me do inimigo, ó meu Deus, *
e protegei-me contra os meus perseguidores!

3
Libertai-me dos obreiros da maldade, *
defendei-me desses homens sanguirios!

4 Eis que ficam espreitando a minha vida, *
poderosos armam tramas contra mim.

=5
Mas eu, Senhor, não cometi pecado ou crime; †
eles investem contra mim sem eu ter culpa: *
despertai e vinde logo ao meu encontro!

=10 Minha força, é a vós que me dirijo, †
porque sois o meu refúgio e proteção, *

11 Deus clemente e compassivo, meu amor!
– Deus vi com seu amor ao meu encontro, *
e hei de ver meus inimigos humilhados.

17 Eu, então, hei de cantar vosso poder, *
e de manhã celebrarei vossa bondade,

– porque fostes para mim o meu abrigo, *
o meu regio no dia da aflição.

=18 Minha força, cantarei vossos louvores, †
porque sois o meu refúgio e proteção, *
Deus clemente e compassivo, meu amor!

Salmo 59(60)

Oração depois de uma derrota

No mundo tereis tribulações. Mas tende coragem! Eu venci o mundo! (Jo 16,33).

=3 Rejeitastes, ó Deus, vosso povo †
e arrasastes as nossas fileiras; *
vós esveis irado: voltai-vos!

4
Abalastes, partistes a terra, *
reparai suas brechas, pois treme.

5 Duramente provastes o povo, *
e um vinho atordoante nos destes.

6 Aos fiéis um sinal indicastes, *
e os pusestes a salvo das flechas.

7
Sejam livres os vossos amados, *
vossa mão nos ajude: ouvi-nos!

=8 Deus falou em seu santo lugar: †
“Exultarei, repartindo Siquém, *
e o vale em Sucot medirei.

=9
Galaad, Manassés me pertencem, †
Efraim é o meu capacete, *
e Ju, o meu cetro real.

=10 É Moab minha bacia de banho, †
sobre Edom eu porei meu calçado, *
vencerei a nação Filistéia!”

11 Quem me leva à cidade segura, *
e a Edom quem me vai conduzir,

12
se vós, Deus, rejeitais vosso povo *
e não mais conduzis nossas tropas?

– Dai-nos, Deus, vosso auxílio na angústia; *
nada vale o socorro dos homens!

13
Mas com Deus nós faremos proezas, *
e ele vai esmagar o opressor.

Ant. Aleluia, aleluia, aleluia.

Leitura breve                 Sb 7,27b-28

A sabedoria, sendo única, tudo pode; permanecendo imutável, renova tudo; e comunicando-se às almas santas de geração em geração, forma os amigos de Deus e os profetas. Pois Deus ama tão-somente aquele que vive com a Sabedoria.

V. És bendita entre todas as mulheres da terra. Aleluia.
R. E bendito é o fruto que nasceu do teu ventre. Aleluia.

Oração

Ó Deus todo-poderoso, que inspirastes à Virgem Maria sua visita a Isabel, levando no seio o vosso Filho, fazei-nos dóceis ao Espírito Santo, para cantar com ela o vosso louvor. Por Cristo, nosso Senhor.

Conclusão da Hora

V. Bendigamos ao Senhor.
R.
Graças a Deus.

 

 

V. Vinde, ó Deus, em meu aulio.

R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Esrito Santo.
Como era no prinpio, agora e sempre. Amém. Aleluia.

Hino

Eis que apressada sobes a montanha,
ó Virgem que o Senhor por Mãe escolhe!
Outra mãe vais servir, já tão idosa,
que nos braços te acolhe.

Mal ouve a tua voz, sente em seu seio
a alegria do filho que se agita,
e então, Mãe do Senhor já te saúda,
entre todas bendita.

E bendita tu mesma te proclamas,
prorrompendo num hino de vitória,
onde ao sopro do Espírito engrandeces
a Deus, Senhor da História.

Contigo se alegrando, todo o povo
exulta e canta pela terra inteira,
de Deus, ó Mãe e Filha, Escrava, e Esposa,
dos homens Medianeira!

Trazendo o Cristo, quantos dons nos trazes,
ó Virgem que nos tiras da orfandade!
Ao Deus Trino contigo engrandecemos,
ó Mãe da Humanidade!

Salmodia

Ant. 1 Então Maria entrou na casa de Zacarias
e saudou a sua prima Isabel. Aleluia.

Salmo 121(122)

1 Que alegria, quando ouvi que me disseram: *
'Vamos à casa do Senhor!'
2 E agora nossos pés já se detêm, *
Jerusalém, em tuas portas.

3 Jerusalém, cidade bem edificada *
num conjunto harmonioso;
4 para lá sobem as tribos de Israel, *
as tribos do Senhor.

– Para louvar, segundo a lei de Israel, *
o nome do Senhor.
5 A sede da justiça lá está *
e o trono de Davi.

6 Rogai que viva em paz Jerusalém, *
e em segurança os que te amam!
7 Que a paz habite dentro de teus muros, *
tranqüilidade em teus palácios!

8 Por amor a meus irmãos e meus amigos, *
peço: 'A paz esteja em ti!'
9 Pelo amor que tenho à casa do Senhor, *
eu te desejo todo bem!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Então Maria entrou na casa de Zacarias
e saudou a sua prima Isabel. Aleluia.

Ant. 2 Quando ouvi ressoar tua voz ao saudar-me,
o menino saltou de alegria em meu seio. Aleluia.

Salmo 126(127)

1 Se o Senhor não construir a nossa casa, *
em vão trabalharão seus construtores;
– Se o Senhor não vigiar nossa cidade, *
em vão vigiarão as sentinelas!

2 É inútil levantar de madrugada, *
ou à noite retardar vosso repouso,
– para ganhar o pão sofrido do trabalho, *
que a seus amados Deus concede enquanto dormem.

3 Os filhos são a bênção do Senhor, *
o fruto das entranhas, sua dádiva.
4 Como flechas que um guerreiro tem na mão, *
são os filhos de um casal de esposos jovens.

5 Feliz aquele pai que com tais flechas *
consegue abastecer a sua aljava!
– Não será envergonhado ao enfrentar *
seus inimigos junto às portas da cidade.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.


Ant. 2 Quando ouvi ressoar tua voz ao saudar-me,
o menino saltou de alegria em meu seio. Aleluia.

Ant. 3 És bendita entre todas as mulheres da terra,
e bendito é o fruto que nasceu do teu ventre. Aleluia.

Cântico Ef 1,3-10

3 Bendito e louvado seja Deus, *
o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,
– que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo *
com bênção espiritual de toda sorte!

(R. Bendito sejais vós, nosso Pai,
que nos abençoastes em Cristo!)

4 Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu, *
já bem antes de o mundo ser criado,
– para que fôssemos, perante a sua face, *
sem mácula e santos pelo amor.(R.)

=5 Por livre decisão de sua vontade, †
predestinou-nos, através de Jesus Cristo, *
a sermos nele os seus filhos adotivos,
6 para o louvor e para a glória de sua graça,*
que em seu Filho bem-amado nos doou.(R.)

7 É nele que nós temos redenção, *
dos pecados remissão pelo seu sangue.
= Sua graça transbordante e inesgotável †
8 Deus derrama sobre nós com abundância, *
de saber e inteligência nos dotando.(R.)

9 E assim, ele nos deu a conhecer *
o mistério de seu plano e sua vontade,
– que propusera em seu querer benevolente, *
10 na plenitude dos tempos realizar:
– o desígnio de, em Cristo, reunir *
todas as coisas: as da terra e as do céu. (R.)

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
 Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

Ant. És bendita entre todas as mulheres da terra,
e bendito é o fruto que nasceu do teu ventre. Aleluia.

Leitura breve                 1Pd 5,5b-7

Revesti-vos todos de humildade no relacionamento mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes. Rebaixai-vos, pois, humildemente, sob a poderosa mão de Deus, para que, na hora oportuna, ele vos exalte. Lançai sobre ele toda a vossa preocupação, pois é ele quem cuida de vós.

Responsório breve

R.
Maria, alegra-te, ó cheia de graça;
o Senhor é contigo!

*
Aleluia, aleluia. R. Maria.
V.
És bendita entre todas as mulheres da terra
e bendito é o fruto que nasceu do teu ventre!

*
Aleluia, aleluia. Glória ao Pai.
R.
Maria, alegra-te, ó cheia de graça;
O Senhor é contigo!

CÂNTICO EVANGÉLICO (MAGNIFICAT) Lc 1,46-55

Ant. Doravante as gerações hão de chamar-me de bendita,
porque o Senhor voltou os olhos
para a humildade de sua serva. Aleluia.

A alegria da alma no Senhor

46 A minha alma engrandece ao Senhor *
47 e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,
48 pois ele viu a pequenez de sua serva, *
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

49 O Poderoso fez por mim maravilhas *
e Santo é o seu nome!
50 Seu amor, de geração em geração, *
chega a todos que o respeitam.

51 Demonstrou o poder de seu braço, *
dispersou os orgulhosos.
52 Derrubou os poderosos de seus tronos *
e os humildes exaltou.

53 De bens saciou os famintos, *
e despediu, sem nada, os ricos.
54 Acolheu Israel, seu servidor, *
fiel ao seu amor,

55 como havia prometido aos nossos pais, *
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

 

Ant. Doravante as gerações hão de chamar-me de bendita,
porque o Senhor voltou os olhos
para a humildade de sua serva. Aleluia.


Preces
 

Proclamemos a grandeza de Deus Pai todo-poderoso: Ele quis que Maria, Mãe de seu Filho, fosse celebrada por todas as gerações. Peçamos humildemente:

R. Cheia de graça, intercedei por nós!

Vós, que nos destes Maria por Mãe, concedei, por sua intercessão, saúde aos doentes, consolo aos tristes, perdão aos pecadores,
e a todos a salvação e a paz. R.

Fazei, Senhor, que a vossa Igreja seja, na caridade, um só coração e uma só alma,
–  e que todos os fiéis perseverem unânimes na oração com Maria, Mãe de Jesus. R.

Vós, que fizestes de Maria a Mãe da misericórdia,
concedei a todos os que estão em perigo sentirem o seu amor materno. R.

Vós, que confiastes a Maria a missão de mãe de família no lar de Jesus e José,
fazei que, por sua intercessão, todas as mães vivam em família o amor e a santidade. R.

(intenções livres)

Vós, que coroastes Maria como rainha do céu,
fazei que nossos irmãos e irmãs falecidos se alegrem eternamente em vosso reino, na companhia dos santos. R.

Pai nosso...

Oração

Ó Deus todo-poderoso, que inspirastes à Virgem Maria sua visita a Isabel, levando no seio o vosso Filho, fazei-nos dóceis ao Espírito Santo, para cantar com ela o vosso louvor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora

O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna. Amém.

 

 

 



V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio.
R. Socorrei-me sem demora.
Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.


Depois, recomenda-se o exame de consciência (...)

 

Hino

Ó Jesus Redentor,
do universo Senhor,
Verbo eterno do Pai,
Luz da Luz invisível,
que dos vossos remidos
vigilante cuidais.

Vós, artista do mundo,
e de todos os tempos
o sinal divisor,
no silêncio da noite
renovai nosso corpo
que lutando cansou.

Afastai o inimigo,
vós, que os fundos abismos
destruís, ó Jesus!
Não consiga o Maligno
seduzir os remidos
pelo sangue da Cruz

Quando o corpo cansado
for de noite embalado
pelo sono e a calma,
de tal modo adormeça,
que ao dormir nossa carne
não cochile nossa alma.

Escutai-nos, ó Verbo,
por quem Deus fez o mundo,
e o conduz e mantém.
Com o Pai e o Espírito,
vós reinais sobre os vivos
pelos séculos. Amém.

Salmodia

Ant. Aleluia, aleluia, aleluia.

Salmo 142(143),1-11

Prece na aflição

Ninguém é justificado por observar a Lei de Moisés, mas por crer em Jesus Cristo (Gl 2,16).

1 Ó Senhor, escutai minha prece, *
ó meu Deus, atendei minha súplica!
– Respondei-me, ó vós, Deus fiel, *
escutai-me por vossa justiça! –

=2 Não chameis vosso servo a juízo, †
pois diante da vossa presença *
não é justo nenhum dos viventes.

3 O inimigo persegue a minha alma, *
ele esmaga no chão minha vida
– e me faz habitante das trevas, *
como aqueles que há muito morreram.
4 Já em mim o alento se extingue, *
o coração se comprime em meu peito!

=5 Eu me lembro dos dias de outrora †
e repasso as vossas ações, *
recordando os vossos prodígios.
=6 Para vós minhas mãos eu estendo; †
minha alma tem sede de vós, *
como a terra sedenta e sem água.

7 Escutai-me depressa, Senhor, *
o espírito em mim desfalece!
= Não escondais vossa face de mim! †
Se o fizerdes, já posso contar-me *
entre aqueles que descem à cova!

8 Fazei-me cedo sentir vosso amor, *
porque em vós coloquei a esperança!
– Indicai-me o caminho a seguir, *
pois a vós eu elevo a minha alma!
9 Libertai-me dos meus inimigos, *
porque sois meu refúgio, Senhor!

10 Vossa vontade ensinai-me a cumprir, *
porque sois o meu Deus e Senhor!
– Vosso Espírito bom me dirija *
e me guie por terra bem plana!

11 Por vosso nome e por vosso amor *
conservai, renovai minha vida!
– Pela vossa justiça e clemência, *
arrancai a minha alma da angústia!

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Aleluia, aleluia, aleluia.

Leitura breve 1Pd 5,8-9a
Sede sóbrios e vigilantes. O vosso adversário, o diabo, rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar. Resisti-lhe, firmes na fé.

Responsório breve
R.
Senhor, em vossas mãos
Eu entrego o meu espírito. * Aleluia, aleluia. R. Senhor.
V. Vós sois o Deus fiel, que salvastes vosso povo.
* Aleluia, aleluia. Glória ao Pai. R. Senhor.

Cântico evangélico, ant.

Salvai-nos, Senhor, quando velamos,
guardai-nos também quando dormimos!
Nossa mente vigie com o Cristo,
nosso corpo repouse em sua paz!

Cântico de Simeão Lc 2,29-32

Cristo, luz das nações e glória de seu povo

29 Deixai, agora, vosso servo ir em paz, *
conforme prometestes, ó Senhor.

30 Pois meus olhos viram vossa salvação *
31 que preparastes ante a face das nações:

32 uma Luz que brilhará para os gentios *
e para a glória de Israel, o vosso povo.

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *
Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Salvai-nos, Senhor, quando velamos,
guardai-nos também quando dormimos!
Nossa mente vigie com o Cristo,
nosso corpo repouse em sua paz!

Oração

Concedei, Senhor, aos nossos corpos um sono restaurador, e fazei germinar para a messe eterna as sementes do Reino, que hoje lançamos com nosso trabalho. Por Cristo, nosso Senhor.  Amém.

O Senhor todo-poderoso nos conceda uma noite tranquila
e, no fim da vida, uma morte santa.
R. Amém.

Antífona final de Nossa Senhora

Rainha do céu, alegrai-vos, aleluia,
pois o senhor que merecestes trazer em vosso seio, aleluia,
ressuscitou, como disse, aleluia;
rogai a Deus por nós, aleluia.