/

22

SALMO 22 (21)

Sofrimentos e esperanças do justo

1Do mestre de canto. Sobre “A corça da manhã.”  Salmo. De Davi.

2Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste? As palavras do meu rugir estão longe de me salvar! 3Meus Deus, eu grito de dia, e não me respondes, de noite, e nunca tenho descanso. 4E tu és o Santo, habitando os louvores de Israel! 5Nossos pais confiavam em ti, confiavam e tu os salvavas; 6eles gritavam a ti e escapavam, confiavam em ti e nunca se envergonharam. 7Quanto a mim, sou verme, não homem, riso dos homens e desprezo do povo; 8todos os que me vêem caçoam de mim, abrem a boca e meneiam a cabeça:9“Voltou-se1 a Iahweh, que ele o liberte, que o salve, se é que o ama!” 10Pois és tu quem me tirou do ventre e me confiou aos peitos de minha mãe; 11eu fui lançado a ti ao sair das entranhas, tu és o meu Deus desde o ventre materno. 12Não fiques longe de mim, pois a angústia está perto e não há quem me socorra. 13Cercam-me touros numerosos, touros fortes de Basã me rodeiam; 14escancaram sua boca contra mim, como leão que dilacera e ruge. 15Eu me derramo como água e meus ossos todos se desconjuntam; meu coração está como a cera, derretendo-se dentro de mim; 16seco está meu paladar, como um caco, e minha língua colada ao maxilar; tu me colocas na poeira da morte. 17Cercam-me cães numerosos, um bando de malfeitores me envolve, como para retalhar minhas mãos e meus pés. 18Posso contar meus ossos todos, as pessoas me olham e me vêem; 19repartem entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica tiram sorte. 20Tu, porém, Iahweh, não fiques longe! Força minha, vem socorrer-me depressa! 21Salva minha vida da espada, meu único ser da pata do cão! 22Salva-me da goela do leão, dos chifres do búfalo minha pobre vida! 23Vou anunciar teu nome aos meus irmãos, louvar-te no meio da assembléia: 24“Vós que temeis a Iahweh, louvai-o! Glorificai-o, descendência toda de Jacó! Temei-o, descendência toda de Israel!” 25Sim, pois ele não desprezou, não desdenhou a pobreza do pobre, nem lhe ocultou sua face, mas ouviu-o, quando a ele gritou.26De ti vem meu louvor na grande assembléia, cumprirei meus votos frente àqueles que o temem. 27Os pobres comerão e ficarão saciados, louvarão a Iahweh aqueles que o buscam: “Que vosso coração viva para sempre!” 28Todos os confins da terra se lembrarão e voltarão a Iahweh; todas as famílias das nações diante dele se prostrarão. 29Pois a Iahweh pertence a realeza: ele governa as nações. 30Sim, só diante dele todos os poderosos da terra se prostrarão, perante ele se curvarão todos os que descem ao pó; e por quem não vive mais,31 sua descendência o servirá e anunciará o Senhor à geração 32 que virá, contando a sua justiça ao povo que vai nascer: ele a realizou!