7

7 1Quando a muralha ficou reconstruída e eu fixei os batentes, os porteiros (os cantorese os levitas) foram colocados nos seus postos. 2Confiei a administração de Jerusalém a Hanani, meu irmão, e a Hananias, comandante da cidadela, pois era um homem fiel e que temia a Deus mais do que muitos outros; 3e eu disse: “As portas de Jerusalém não serão abertas antes que o sol comece a esquentar; e ele estará ainda alto quando se deverá fechar e passar a chave nos batentes; estabelecer-se-ão piquetes de guarda escolhidos dentre os habitantes de Jerusalém, ficando cada um em seu posto, cada um diante de sua casa.”

O repovoamento de Jerusalém 4A cidade era espaçosa e grande, mas sua populaçãoera minguada e não havia famílias constituídas. 5Meu Deus inspirou-me então que reunisse os nobres, os magistrados e o povo, para fazer o recenseamento genealógico. Tomei o registro genealógico dos que tinham regressado no início, e lá encontrei escrito:

Lista dos primeiros sionistas 6Estes são os cidadãos da província que regressaram docativeiro e do Exílio. Depois de terem sido deportados por Nabucodonosor, rei de Babilônia, regressaram a Jerusalém e a Judá, cada qual à sua cidade. 7Chegaram com Zorobabel, Josué, Neemias, Azarias, Raamias, Naamani, Mardoqueu, Belsã, Mesfarat, Beguai, Naum e Baana. Número dos homens do povo de Israel: 8filhos de Faros: dois mil cento e setenta e dois; 9filhos de Safatias: trezentos e setenta e dois; 10filhos de Area: seiscentos e cinqüenta e dois; 11filhos de Faat-Moab, isto e, filhos de Josué e de Joab: dois mil oitocentos e dezoito; 12filhos de Elam: mil duzentos e cinqüenta e quatro; 13filhos de Zetua: oitocentos e quarenta e cinco; 14filhos de Zacai: setecentos e sessenta; 15filhos de Benui: seiscentos e quarenta e oito; 16filhos de Bebai: seiscentos e vinte e oito; 17filhos de Azgad: dois mil trezentos e vinte e dois; 18filhos de Adonicam: seiscentos e sessenta e sete; 19filhos de Beguai: dois mil e sessenta e sete; 20filhos de Adin: seiscentos e cinqüenta e cinco; 21filhos de Ater, isto é, de Ezequias, noventa e oito; 22filhos de Hasum: trezentos e vinte e oito; 23filhos de Besai: trezentos e vinte e quatro; 24filhos de Haref: cento e doze; 25filhos de Gabaon: noventa e cinco; 26homens de Belém e de Netofa: cento e oitenta e oito; 27homens de Anatot: cento e vinte e oito; 28homens de Bet-Azmot: quarenta e dois; 29homens de Cariat-Iarim, Cafira e Beerot:

setecentos  e quarenta e três; 30homens de Ramá e Gaba: seiscentos  e vinte e um;

31homens de Macmas: cento e vinte e dois; 32homens de Betel e Hai: cento e vinte e três;

33homens de outro Nebo: cinqüenta e dois; 34filhos de outro Elam: mil duzentos e

cinqüenta e quatro; 35filhos de Harim: trezentos e vinte; 36filhos de Jericó: trezentos e

quarenta e cinco; 37filhos de Lod, Hadid e Ono: setecentos e vinte e um; 38filhos de

Senaá: três mil novecentos e trinta. 39Sacerdotes: filhos de Jedaías, isto é, a casa de

Josué: novecentos e setenta e três; 40filhos de Emer: mil e cinqüenta e dois; 41filhos de

Fasur: mil duzentos e quarenta e sete; 42filhos de Harim: mil e dezessete. 43Levitas:

filhos de Josué, isto é, Cadmiel, filhos de Odovias: setenta e quatro. 44Cantores: filhos

de Asaf: cento e quarenta e oito. 45Porteiros: filhos de Selum, filhos de Ater, filhos de

Telmon, filhos de Acub, filhos de Hatita, filhos de Sobai: cento e trinta e oito. 46“Doados”: filhos de Siaá, filhos de Hasufa, filhos de Tabaot, 47filhos de Ceros, filhos de Sia, filhos de Fadon, 48filhos de Lebana, filhos de Hagaba, filhos de Selmai, 49filhos de Hanã, filhos de Gidel, filhos de Gaar, 50filhos de Raaías, filhos de Rasin, filhos de Necoda, 51filhos de Gazam, filhos de Oza, filhos de Fasea, 52filhos de Besai, filhos dos meunitas, filhos dos nefusitas, 53filhos de Bacbuc, filhos de Hacufa, filhos de Harur, 54filhos de Baslut, filhos de Meida, filhos de Harsa, 55filhos de Berços, filhos de Sisara, filhos de Tema, 56filhos de Nasias, filhos de Hatifa. 57Filhos dos escravos de Salomão: filhos de Sotai, filhos de Soferet, filhos de Feruda, 58filhos de Jaala, filhos de Darcon, filhos de Gidel, 59filhos de Safatias, filhos de Hatil, filhos de Foqueret-Assebaim, filhos de Amon. Total dos “doados” e dos filhos dos escravos de Salomão: trezentos e noventa e dois. 61As pessoas seguintes, que vinham de Tel-Mela, Tel Harsa, Querub, Adon e Emer, não puderam demonstrar se sua família e sua raça eram de origem israelita: 62fiIhos de Dalaías, filhos de Tobias, filhos de Necoda: seiscentos e quarenta e dois. 63E entre os sacerdotes, os filhos de Hobias, os filhos de Acos, os filhos de Berzelai — este havia desposado uma das filhas de Berzelai, o galaadita, cujo nome adotou. Esses procuraram seu registro genealógico, mas não foi encontrado: foram afastados, pois, do

sacerdócio, como impuros, 65Sua Excelência proibiu-lhes comer dos alimentos sagrados até que se apresentasse um sacerdote para o Urim e o Tummim. 66Toda a assembléia reunida era de quarenta e duas mil trezentas e sessenta pessoas, 67sem contar seus escravos e escravas, em número de sete mil trezentos e trinta e sete. Tinham também duzentos e quarenta e cinco cantores e cantoras, 68quatrocentos e trinta e cinco camelos e seis mil setecentos e vinte jumentos. 69Certo número de chefes de família fizeram doações para as obras. Sua Excelência depôs no cofre mil dracmas de ouro, cinqüenta cálices e trinta túnicas sacerdotais.70Alguns chefes de família depuseram no cofre das obras vinte mil dracmas de ouro e duas mil e duzentas minas de prata. 71As doações feitas pelo resto do povo atingiram o montante de vinte mil dracmas de ouro, duas mil minas de prata e sessenta e sete túnicas sacerdotais.72 Sacerdotes, levitas e uma parte do povo se ins- talaram em Jerusalém; porteiros, cantores, “doados”, em suas cidades, e todo o Israel em suas cidades.

Dia do nascimento do judaísmo: Esdras faz a leitura da Lei. A festa das Tendas —Ora, quando chegou o sétimo mês — os filhos de Israel estavam assim instalados em suas cidades,