/

17

17 Imolações e sacrifícios 1Iahweh falou a Moisés e disse:2Fala a Aarão, a seus

filhos e a todos os filhos de Israel. Tu lhes dirás: Isto é o que ordena Iahweh: 3Todo homem da casa de Israel que, no acampamento ou fora dele, imolar novilho, cordeiro ou cabra, 4sem o trazer à entrada da Tenda da Reunião, para fazer dele uma oferenda a Iahweh, diante do seu tabernáculo, tal homem responderá pelo sangue derramado e será eliminado do meio do seu povo. 5Deste modo os filhos de Israel trarão ao sacerdote, para Iahweh, à entrada da Tenda da Reunião, os sacrifícios que desejarem fazer no campo, e os farão para Iahweh, como sacrifícios de comunhão. 6O sacerdote derramará o sangue sobre o altar de Iahweh que se encontra à entrada da Tenda da Reunião, e queimará a gordura em perfume de agradável odor a Iahweh. 7Não mais oferecerão os seus sacrifícios aos sátiro, com os quais se prostituem. Isto é uma lei perpétua para eles e para os seus descendentes. 8E dir-lhes-ás ainda: Todo homem da casa de Israel, ou todo estrangeiro residente no meio de vós, que oferecer um holocausto ou um sacrifício 9sem o trazer à entrada da Tenda da Reunião, para o oferecer a Iahweh, esse homem será exterminado do seu povo. 10Todo homem da casa de Israel ou todo estrangeiro residente entre vós que comer sangue, qualquer que seja a espécie de sangue, voltar-me-ei contra esse que comeu sangue e o exterminarei do meio do seu povo. 11Porque a vida da carne está no sangue. E este sangue eu vo-lo tenho dado para fazer o rito de expiação sobre o altar, pelas vossas vidas; pois é o sangue que faz expiação pela vida. 12Esta é a razão pela qual eu disse aos filhos de Israel: “Nenhum dentre vós comerá sangue e o estrangeiro que habita no meio de vós também não comerá sangue.” 13Qualquer pessoa, filho de Israel ou estrangeiro residente entre vós, que caçar um animal ou ave que é permitido comer, deverá derramar o seu sangue e recobri-lo com terra. 14Pois a vida de toda carne é o sangue, e eu disse aos filhos de Israel: “Não comereis o sangue de carne alguma, pois a vida de toda carne é o sangue, e todo aquele que o comer será exterminado.” 15Toda pessoa, cidadão ou estrangeiro, que comer um animal morto ou dilacerado, deverá lavar suas vestes e banhar-se com água; ficará impuro até à tarde, e depois ficará puro. 16Mas se ele não as lavar e não banhar o seu corpo, levará o peso da sua falta.