/

24

24 1No seu tempo, Nabucodonosor, rei de Babilônia, marchou contra ele, e Joaquim lheesteve sujeito durante três anos e depois se revoltou de novo contra ele. 2Este mandou contra ele bandos de caldeus, arameus, moabitas e amonitas; incitou-os contra Judá para destruí-lo, conforme a palavra que Iahweh havia pronunciado por intermédio de seus servos, os profetas. 3Isso aconteceu a Judá unicamente por causa da ira de Iahweh, que queria rejeitá-lo de sua presença, por causa dos pecados de Manassés, por tudo o que ele fez, 4e também por causa do sangue inocente que ele havia derramado, inundando Jerusalém de sangue inocente. Iahweh não quis perdoar. 5O resto da história de Joaquim, tudo o que fez, não está escrito no livro dos Anais dos reis de Judá? 6Joaquim

adormeceu com seus pais e Joaquin, seu filho, reinou em seu lugar. 7O rei do Egito não saiu mais de sua terra, pois o rei de Babilônia havia conquistado, desde a Torrente do Egito até o rio Eufrates, tudo o que pertencia ao rei do Egito .

Introdução ao reinado de Joaquin (598) 8Joaquin tinha dezoito anos quandocomeçou a reinar e reinou três meses em Jerusalém; sua mãe chamava-se Noesta; era filha de Elnatã e natural de Jerusalém. 9Ele fez o mal aos olhos de Iahweh, como o havia feito seu pai.

Primeira deportação 10Naquele tempo, os oficiais de Nabucodonosor, rei deBabilônia, marcharam contra Jerusalém e a cidade foi sitiada. 11Nabucodonosor, rei de Babilônia, veio em pessoa atacar a cidade, enquanto seus soldados a sitiavam. 12Então Joaquin, rei de Judá, foi ter com o rei de Babilônia, ele e sua mãe, seus oficiais, seus dignitários e seus eunucos, e o rei de Babilônia os fez prisioneiros; isso foi no oitavo ano de seu reinado. 13Nabucodonosor levou todos os tesouros do Templo de Iahweh e os tesouros do palácio real e quebrou todos os objetos de ouro que Salomão, rei de Israel, havia fabricado para o Templo de Iahweh, como Iahweh o havia anunciado. 14Levou para o cativeiro Jerusalém inteira, todos os dignitários e todos os notáveis, ou seja, dez mil exilados, e todos os ferreiros e artífices; só deixou a população mais pobre da terra. 15Deportou Joaquin para Babilônia;’ também deportou de Jerusalém para Babilônia a mãe do rei, suas mulheres, seus eunucos e os nobres da terra. 16Todos os homens valentes, em número de sete mil, os ferreiros e os artífices, em número de mil, e todos os homens capazes de empunhar armas, foram conduzidos para o exílio de Babilônia pelo rei de Babilônia.17E em lugar de Joaquin o rei de Babilônia constituiu rei a seu tio Matanias, cujo nome mudou para Sedecias.

Introdução ao reinado de Sedecias em Judá (598-587) 18Sedecias tinha vinte e umanos quando começou a reinar e reinou onze anos em Jerusalém; sua mãe chamava-se Hamital, filha de Jeremias, e era de Lebna. 19Ele fez o mal aos olhos de Iahweh, como o havia feito Joaquin. 20Isso aconteceu a Jerusalém e a Judá por causa da ira de Iahweh que, por fim, os rejeitou de sua presença.

Cerco de Jerusalém —Sedecias revoltou-se contra o rei de Babilônia.