/

9

9 A nova ordem do mundo 1Deus abençoou Noé e seus filhos, e lhes disse: “Sedefecundos, multiplicai-vos, enchei a terra. 2Sede o medo e o pavor de todos os animais da terra e de todas as aves do céu, como de tudo o que se move na terra e de todos os peixes do mar: eles são entregues nas vossas mãos.3Tudo o que se move e possui a vida vos servirá de alimento, tudo isso eu vos dou, como vos dei a verdura das plantas. 4Mas não comereis a carne com sua alma, isto é, o sangue. 5Pedirei contas porém, do sangue de cada um de vós. Pedirei contas a todos os animais e ao homem, aos homens entre si, eu pedirei contas da alma do homem. 6Quem derrama o sangue do homem pelo homem terá seu sangue derramado. Pois à imagem de Deus o homem foi feito. 7Quanto a vós, sede fecundos, multiplicai-vos, povoai a terra e dominai-a.” 8Deus falou assim a Noé e a seus filhos: 9“Eis que estabeleço minha aliança convosco e com os vossos descendentes depois de vós, 10e com todos os seres animados que estão convosco: aves, animais, todas as feras, tudo o que saiu da arca convosco, todos os animais da terra. 11Estabeleço minha aliança convosco: tudo o que existe não será mais destruído pelas águas do dilúvio; não haverá mais dilúvio para devastar a terra.” 12Disse Deus: “Eis o sinal da aliança que instituo entre mim e vós e todos os seres vivos que estão convosco, para todas as gerações futuras: 13porei meu arco na nuvem e ele se tornará um sinal da aliança entre mim e a terra. 14Quando eu reunir as nuvens sobre a terra e o arco aparecer na nuvem, 15eu me lembrarei da aliança que há entre mim e vós e todos os seres vivos: toda carne e as águas não mais se tornarão um dilúvio para destruir toda carne. 16Quando o arco estiver na nuvem, eu o verei e me lembrarei da aliança eterna que há entre Deus e os seres vivos com toda carne que existe sobre a terra.” 17Deus disse a Noé: “Este é o sinal da aliança que estabeleço entre mim e toda carne que existe sobre a terra.”

3. DO DILÚVIO A ABRAÃO

Noé e seus filhos 18Os filhos de Noé, que saíram da arca, foram Sem, Cam e Jafé;Cam é o pai de Canaã. 19Esses três foram os filhos de Noé e a partir deles se fez o povoamento de toda a terra. 20Noé, o cultivador, começou a plantar a vinha. 21Bebendo vinho, embriagou-se e ficou nu dentro de sua tenda. 22Cam, pai de Canaã, viu a nudez de seu pai e advertiu, fora, a seus dois irmãos. 23Mas Sem e Jafé tomaram o manto, puseram-no sobre os seus próprios ombros e, andando de costas, cobriram a nudez de seu pai; seus rostos estavam voltados para trás e eles não viram a nudez de seu pai. 24Quando Noé acordou de sua embriaguez, soube o que lhe fizera seu filho mais jovem. 25E disse: “Maldito seja Canaã! Que ele seja, para seus irmãos, o último dos escravos!” 26E disse também: “Bendito seja Iahweh, o Deus de Sem, e que Canaã seja seu escravo! 27Que Deus dilate Jafé, que ele habite nas tendas de Sem, e que Canaã seja seu escravo!” 28Depois do dilúvio, Noé viveu trezentos e cinqüenta anos. 29Toda a duração da vida de Noé foi de novecentos e cinqüenta anos, depois morreu.