/

45

45 José se dá a conhecer 1Então José não pôde se conter diante de todos os homensde seu séquito e gritou: “Fazei sair a todos de minha presença.” E ninguém ficou junto dele quando José se deu a conhecer a seus irmãos; 2mas ele chorou tão alto que todos os egípcios o ouviram, e a notícia chegou ao palácio do Faraó. 3José disse a seus irmãos: “Eu sou José! Vive ainda meu pai?” E seus irmãos não puderam lhe responder, pois estavam conturbados ao vê-lo.4Então disse José a seus irmãos: “Aproximai-vos de mim!” E eles se aproximaram. Ele disse: “Eu sou José, vosso irmão, que vendestes para o Egito. 5Mas agora não vos entristeçais nem vos aflijais por me terdes vendido para cá, porque foi para preservar vossas vidas que Deus me enviou adiante de vós. 6Há dois anos, com efeito, que a fome se instalou na terra e ainda haverá cinco anos sem semeadura e sem colheita. 7Deus me enviou adiante de vós para assegurar a permanência de vossa raça na terra e salvar vossas vidas para uma grande libertação. 8Assim, não fostes vós que me enviastes para cá, mas Deus, e ele me estabeleceu como pai para o Faraó, como senhor de toda a sua casa, como governador de todas as regiões do Egito. 9“Subi depressa à casa de meu pai e dizei-lhe: ‘Assim fala teu filho José: Deus me estabeleceu senhor de todo o Egito. Desce sem tardar para junto de mim. 10Tu habitarás na terra de Gessen, e estarás junto de mim, tu, teus filhos, teus netos, tuas ovelhas e teus bois, e tudo o que te pertence. 11Ali eu te manterei, pois a fome durará ainda cinco anos, a fim de que não fiqueis na indigência, tu, tua família e tudo o que tens.’ 12Vedes com vossos próprios olhos e meu irmão Benjamim vê que é minha boca que vos fala. 13Narrai a meu pai toda a glória que tenho no Egito e tudo o que vistes, e apressai-vos em fazer meu pai descer para cá.” 14Então ele se lançou ao pescoço de seu irmão Benjamim e chorou. Benjamim também chorou em seu pescoço. 15Em seguida ele cobriu de beijos todos os seus irmãos e, abraçando-os, chorou. Depois disso seus irmãos se entretiveram com ele.

O convite do Faraó 16A notícia de que os irmãos de José tinham vindo chegou aopalácio do Faraó, e tanto o Faraó quanto seus oficiais viram isso com bons olhos. 17Assim falou o Faraó a José: “Dize a teus irmãos: ‘Fazei assim: carregai vossos animais e ide à terra de Canaã. 18Tomai vosso pai e vossas famílias e voltai para mim; eu vos darei a’ melhor terra do Egito e comereis da fartura da terra.’ 19Quanto a ti, dá-lhes esta ordem: ‘Fazei assim: levai da terra do Egito carros para vossos filhos pequenos e vossas mulheres, tomai vosso pai e vinde. 20Não tenhais nenhum pesar pelo que deixardes, porque será vosso o que houver de melhor na terra do Egito.’ “

O retorno a Canaã 21Assim fizeram os filhos de Israel. José lhes providenciou carrosconforme a ordem do Faraó, e lhes deu provisões para a viagem. 22A cada um deles deu uma roupa de festa, mas a Benjamim deu trezentos siclos de prata e cinco roupas de festa. 23 A seu pai enviou dez jumentos carregados com os melhores produtos do Egito e dez jumentas carregadas de trigo, pão e víveres para a viagem de seu pai. 24Depois despediu seus irmãos, que partiram, não antes que lhes dissesse: “Não vos exciteis no caminho!” 25Eles subiram, pois, do Egito, e chegaram à terra de Canaã, à casa de seu pai Jacó. 26Eles lhe anunciaram: “José ainda vive, é ele quem governa toda a terra do Egito!” Mas seu coração não palpitava, pois ele não acreditava. 27Entretanto, quando repetiram todas as palavras que José lhes dissera, quando viu os carros que José enviara para levá-lo, então reanimou-se o espírito de seu pai Jacó. 28E Israel disse: “Basta! José, meu filho, ainda está vivo! Que eu vá vê-lo antes de morrer!”